“Repreenderei o devorador,

para que não vos consuma”

—Malaquias 3:11

 

Uma vez que o Senhor revelou a enorme lacuna na parede de minhas finanças, devido à minha falta de dízimo no ministério, comecei a perceber que todas as frustrações que estava enfrentando eram devidas ao “devorador” que chegava e pegava o que era por direito dele roubar!

Podemos ignorá-lo, mas o fato é que Deus diz que devemos “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na Minha casa, e depois fazei prova de Mim, diz o Senhor dos Exércitos, se Eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos advenha a maior abastança.  E, por causa de vós, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; e a vide no campo não vos será estéril, diz o Senhor dos Exércitos” Malaquias 3:10-12.

Parecia que tudo o que eu possuía, de repente, estava em mau estado de conservação ou quebrado: um computador, nossas luzes da varanda da frente, nossa mesa da cozinha, nosso bebedouro, nossa lava-louças, nosso filtro de água da cozinha e muitas outras coisas que eu não me lembro agora. O devorador também entrou e roubou-nos, com razão, algo que era muito querido para mim, fotos no meu laptop, que incluía todas as fotos dos nossos quatro anos em nossa fazenda e, mais tarde, minhas fotos de viagens ao redor do mundo, elas desapareceram.

Chegou ao auge quando, em apenas um dia, minha filha(que coração maravilhoso ela tem) quebrou a cortina da janela do meu quarto e em poucos minutos retirou o acabamento do ventilador de teto em nossa sala de estar. Foi quando eu percebi, estávamos sendo DEVORADOS VIVOS!

Meu Marido Celestial foi tão paciente, bom, gracioso e amoroso (como sempre), pois me conduziu através de cheques anteriores para confirmar o que havia posto em meu coração, que eu não tinha dado o dízimo da segunda grande doação ao nosso ministério. Então, Ele me mostrou quando todos os meus livros em meu estoque e ministério foram destruídos. E, não surpreendentemente, foi aí que percebi que minha falta de fundos era parte das consequências de minha falta de conhecimento, porque Deus disse: "O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento" Oséias 4:6.

E, no entanto, eu preciso lhe dizer o quão bom e gracioso Deus é?!?

Só o fato de saber que eu precisava entregar o dízimo do meu ministério não resultou em poder dar automaticamente. Você pode estar pensando: "Bem, é claro, já que você está em uma crise financeira, como poderia entregar o dízimo?!" Mas esse realmente não era o problema. Desde o momento em que coloquei meu coração aos dízimos, descobri muitas coisas que começaram a me bloquear!

Tudo começou com o primeiro dízimo que eu devia. O Senhor me mostrou que enviaria uma missionária para a África. No entanto, de repente, no último minuto, ela não tinha onde ficar, então esperamos; esperando um total de doze semanas. Enquanto isso, tudo o que eu podia fazer era pensar em como (sem esse dízimo pago) o devorador continuaria a causar estragos em nossa casa.

Algumas pessoas que sabiam o que estava acontecendo me disseram para simplesmente pagar em outro lugar; Quero dizer, por que não? A razão é simples: quando Deus lhe diz para fazer algo específico, você nunca deve se desviar disso. E eu vou lhe contar um pequeno segredo que ajudará você, esteja preparada para as pessoas que surgirem do nada para tentar fazer com que você mude o caminho que Ele está levando você. Isso não é novidade, vemos no livro de Primeiro Samuel 15:22–24(ARC), quando diz…

“Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.  Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.  Então, disse Saul a Samuel: Pequei, porquanto tenho traspassado o dito do Senhor e as tuas palavras; porque temi o povo e dei ouvidos à sua voz”.

Algumas pessoas levam isso de qualquer maneira, eu não. Eu escolhi viver de acordo com cada princípio que Ele me revelou e isso me custou. No entanto, tudo o que perdi, ganhei dez vezes. A maior parte do que perdi é minha reputação e meus amigos. As pessoas tendem a pensar que você é louca quando você segue o Senhor sem questionar. Saul fez e custou sua coroa.

Claro, eu queria comprar a passagem da missionaria, mas para poder corrigir minha situação de “devolver o dízimo”, mas não havia nada que eu pudesse fazer até que as portas se abrissem novamente para a África. Entregar o dízimo em outro lugar seria eu mesma abrir (e meu ministério) à destruição.

Se você pensa por um momento que eu arriscaria tudo tentando me desviar da liderança do Senhor, você não leu o suficiente os meus livros. Além disso, aprendi o segredo desse conhecido e temido "período de espera". Observando o que aconteceu, como resultado, essa espera em particular será gravada para sempre em minha mente para me ajudar a ver o futuro, além da espera, para o que está esperando por mim do outro lado (mas, cara leitora, você terá que esperar para ler em um capítulo futuro).

Foi durante a espera que o Senhor começou a me mostrar gentilmente que eu precisava começar a consertar minha situação de dízimo pagando o dízimo "atual". Sei que não faz sentido para você, talvez, mas para mim sim, foi uma revelação emocionante! Naquele momento, senti meu Marido Celestial dizer que o último lote de doações precisava ser dizimado para onde a missionária estaria indo, um orfanato para bebês com AIDS na África do Sul.

No entanto, quando tentei doar lá, descobri que eles estavam no processo de criar seu novo site! Apenas tentar fazer o que era certo não provocou nada além de atrasos, um após o outro! Soa familiar? Muitos cristãos pensam que, uma vez que passam pelo obstáculo de lutar contra a carne para fazer o que é certo, o resto vem facilmente. Pode ser para um bebê cristão, mas para a maioria de nós, começar a fazer o que Deus nos chamou para fazer é apenas o começo da batalha. Portanto, não desista, ou pior, acredite que não era a vontade de Deus, afinal; que de alguma forma você sentiu falta de Deus. Se você quer fazer grandes coisas para Deus, então, quando a oposição vem contra você, é um sinal de que você está no caminho certo, afinal.

Embora eu estivesse sendo parada, o maior mistério é: Deus sempre verá a intenção e os desejos de nossos corações. Você sabia disso? A graça Dele não está além da compreensão humana às vezes? Embora eu não tenha pago nem o dízimo atrasado e nem o dízimo atual, as coisas em minha casa e minha vida começaram a melhorar. Não porque eu cumpri a "tarefa ou dever" propriamente, mas apenas porque, como sempre, Ele olha para o nosso coração "porque o homem olha para a aparência exterior, mas o SENHOR olha para o coração" (1 Samuel 16:7).

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus.  Não vem das obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2:8–10)

Verificando meu dízimo atrasado e pagando, experimentei todos os dias que eles eram, para mim, impossíveis. E isso querida leitora foi realmente uma ótima notícia! Você sabe por quê? Pois “Eis que eu sou o SENHOR, Deus de toda a carne; há algo muito difícil para Mim?” (Jeremias 32:27). Para o qual eu amo gritar...

“Ah, Senhor DEUS! Eis que fizeste os céus e a terra pelo teu grande poder e pelo teu braço estendido! Nada é muito difícil para Você!” (Jeremias 32:17).

Finanças e Salvação

Agora, deixe-me levar isso para um plano superior. Na Bíblia, Deus sempre compara nossas finanças à salvação. Isso significa que, da mesma maneira que sou incapaz de pagar minha dívida por meus pecados, Ele me permitiu ver que sou totalmente incapaz de pagar minhas dívidas, que agora incluíam voltar e entregar os dízimos devidos a Ele.

Assim como seria tolice eu partir em uma jornada para pagar pelos meus pecados passados, também seria tolice tentar pagar minha dívida, devido a Ele, pelos dízimos passados.

O Senhor então me encorajou (o que significa que Ele me deu coragem) usando um de meus próprios testemunhos. Ele me lembrou da primeira tarefa, depois do meu divórcio, que depositou em meu coração sobre a promessa de doar a construção da igreja que meu marido (na época) não havia pago. O Senhor não colocou isso no meu coração como um fardo, mas como uma bênção, enquanto eu assistia Ele providenciar os milhões ainda não pagos. Eu sabia que não podia fazer isso, mas Deus poderia, e Ele fez dentro de um período de duas semanas. Impossível? Sim, mas mais uma vez, nada, nem uma coisa, é impossível para Deus.

Lemos em Romanos 13:8 que nos diz para “Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros”.

Como o Senhor poderia nos dizer algo que nos causaria um fardo, quando Ele veio a ser o nosso Ajudador em carregar os fardos? Quando Ele nos diz para não devermos a ninguém, de modo que somos livres para amá-los, isso não é um fardo, mas uma bênção! Porque Ele providenciou os meios para pagar essa dívida (como a esperamos), bem como o amor com o qual devemos amar os outros!! O que poderia ser mais bonito?!

A pergunta que eu tinha que perguntar era "Por quê?" Por que eu perdi isso? Por que eu não sabia (fui iluminada, tive uma revelação) para dar o dízimo do ministério quando assumi o ministério? A resposta é porque Deus cria calamidade. “Eu formo a luz e crio as trevas; eu faço a paz e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas essas coisas” (Isaías 45:7).

Deus cria calamidade em nossas vidas, não para que possamos nos sentir abandonados, envergonhados, ou para que possamos trabalhar dessa maneira, mas para que Ele possa provar aos outros, através de nossas vidas, que Ele está lá para nós e nos verá através quando outros acreditarem que era o fim!! E você poderá gritar: "Obrigado, Senhor!"

Deus criou calamidade na vida de muitos de nossos heróis da Bíblia; apenas sente-se por um momento e pense sobre isso. Se Israel não estivesse na calamidade da escravidão, os israelitas nunca teriam visto o poder e a compaixão de Deus; portanto, não haveria necessidade de Moisés ou de seu irmão Arão. Onde você e eu estaríamos sem o testemunho do Mar Vermelho? Sendo alimentado com maná? E, depois de anos vagando, onde estaríamos sem o testemunho dos israelitas finalmente cruzando o Jordão na Terra Prometida?

Estar em um lugar como esse, então, deve ser emocionante e não assustador!

Quantas de vocês estão neste lugar? Eu acredito que muitas de vocês estão.

Se você é como eu, e está roubando a Deus por não pagar o dízimo e, de repente, isso é uma revelação para você. E pagá-lo pode parecer o sonho impossível, mas Deus abre caminho quando parece que não há caminho. Tudo o que você precisa fazer é dar a Ele de novo, de novo e de novo!

Foi isso que fiz e, no próximo capítulo, compartilharei com você esta parte da minha jornada de mudança de vida.

Atualização: Anos depois que este capítulo foi escrito, as fotos dos nossos quatro anos em nossa fazenda e as minhas fotos de viagens pelo mundo, de repente foram recuperadas. Sem olhar, sem reclamar, de repente elas estavam de volta.