E se alguém quiser processá-lo e tirar-lhe a túnica,

deixe que leve também a capa.

—Mateus 5:40

Durante o meu primeiro divórcio o Senhor me ajudou a aprender como “concordar com o meu adversário” (Mateus 5:25), mas desta vez Ele escolheu trazer a mim (e a você) para um nível mais elevado. Subir mais alto com Deus significa ter uma maior intimidade, maiores bênçãos, e alcançar o prêmio—e também maiores testes e provações mais profundas.

O princípio que eu aprendi a usar desta vez diz, “Mas eu lhes digo: Não resistam ao perverso. Se alguém o ferir na face direita, ofereça-lhe também a outra. E se alguém quiser processá-lo e tirar-lhe a túnica, deixe que leve também a capa. Se alguém o forçar a caminhar com ele uma milha, vá com ele duas. Dê a quem lhe pede, e não volte as costas àquele que deseja pedir-lhe algo emprestado. ” (Mateus 5:39-42).

Este único princípio tem trazido sempre imensas bênçãos para a minha vida, mas nenhuma como na época em que enfrentei o divórcio desta vez. Este princípio de ir além do que nos é pedido, aliado ao de fazer as coisas “com entusiasmo”, trarão bênçãos que você jamais sonhou—exatamente como Ele fez por mim!

Embora tenha sido Deus quem tenha começado a me guiar a fazer isto, assim que eu consegui ser capaz de conscientemente procurar por oportunidades, eu tirei um momento um dia e fui para o meu cantinho de oração para me certificar de que eu compreendia total e completamente sobre quando deveria aplicar este princípio de dar além do que me foi pedido: de caminhar a segunda milha, de dar a capa quando me fora pedido somente a túnica, de dar a outra face.

A resposta do Senhor foi tão simples; Ele disse que seria quando me fosse pedido! Bem, isto está claro, não??!! Mas às vezes as coisas mais simples escapam à nossa capacidade de compreendê-las.

Eu deveria dar ao meu marido mais do que ele estava pedindo todas as vezes em que ele me “pedisse” alguma coisa. E o incrível é que quando estamos caminhando no Espírito do Senhor, conduzidos pela Sua vontade, e estamos sensíveis a Ele porque passamos muito tempo em Sua presença, nós nem mesmo temos que parar e pensar sobre o que doar além quando nos é pedido, isto já estará na ponta da nossa língua!!

A maioria dos Cristãos, ao contrário disso, resiste diante do que lhes é pedido, ou finalmente dão em meio a algum tipo de barganha, com segundas intenções! É de se admirar que os casamentos Cristãos fracassem a uma taxa ainda maior do que os dos descrentes? É hora dos crentes viverem de acordo com o exemplo que Cristo deixou para que seguíssemos, e de tomar o poder do Santo Espírito, e seguir aquilo que Ele disse que devemos fazer!

Durante o processo de revisão deste livro, meu marido me disse que iria se mudar e perguntou se poderia levar os nossos filhos mais novos com ele (ou levá-los para lá de avião) periodicamente, por uma semana ou duas, já que eles são educados em casa. Eu respondi entusiasticamente que “Claro! ” e continuei dizendo, sem nem pensar sobre o assunto, “Eu tenho uma amiga lá que eu amaria visitar, então na hora que você quiser eu mesma posso levá-los de carro e trazê-los de volta, para te poupar tempo e dinheiro!”

Meu marido ficou muito grato e mais terno comigo por muitos dias.Eu não estava tentando atraí-lo, porque eu não estou buscando restauração (desta vez eu estou interessada em perseguir apenas ao Senhor); no entanto, eu posso ver que embora eu não esteja interessada, a obediência a estes princípios é como um ímã porque isto é humildade! Ninguém pode resistir à bondade que lhe for demonstrada, especialmente quando eles não estão “merecendo” e quando não há segundas intenções ocultas. Embora eles possam tentar resistir, a humildade começa a penetrar o coração endurecido e faz com que o cônjuge comece a ver a diferença entre quem ele/ela está perseguindo e a pessoa que está escolhendo deixar para trás. Você está ouvindo isto?

[Nota: faz três anos que eu escrevi isto e nem uma única vez foi pedido que eu dirigisse dez horas para levar os meus filhos para visitar! Pelo contrário, porque eu segui estes princípios entusiasticamente, não permitindo que o medo ou a razão me impedissem de seguir tudo que eu agora estou compartilhando com você, o Senhor realmente me abençoou! Foi afirmado claramente nos papéis de divórcio que cada um de nós seria responsável por compartilhar a entrega ou a busca das crianças e nunca me foi pedido para fazer isto! Isto, querida leitora, é Deus trabalhando! ]

E também o fato de você não estar interessada no seu esposo que te deixou, ou pediu o divórcio, é extremamente atraente (especialmente quando você não quer que seja, quando é sincero). Tantos homens/mulheres se recusam a deixar ir o seu cônjuge, e como resultado, ficam presos em um círculo sem fim de dor. Se você fizer de Jesus tudo aquilo que você quer e precisa, então o seu coração irá descansar em segurança em Suas mãos e o desejo de ter o seu esposo de volta irá desaparecer da sua atitude. Isto fará com que o seu cônjuge procure te atrair e te persiga! Que tal esta virada na situação?

Mas isto não irá funcionar, pelo contrário, se voltará contra você, se você estiver fazendo joguinhos. Muitas pessoas te dirão para fingir que você está envolvida com alguém ou alguma coisa estúpida desse tipo. Fazer joguinhos também é enganador e de Deus não se zomba.

Quando você está envolvida com Jesus, eu garanto que parecerá que você tem Alguém, e você irá brilhar. Acrescente a isso o deixar ir com entusiasmo, e a mesa vai ser virada mais rápido do que as semanas, meses ou anos que levariam até que o seu esposo quisesse alguma coisa com você! É garantido!!

Se você estiver pronta para fazer um compromisso com SENHOR sobre o que você leu, clique em seu DIÁRIO, assim você concorda que está pronta para registrar esta próxima parte da sua Jornada de Restauração no formulário "Meu Diário". Não se apresse, sente-se, pegue seu café ou chá e derrame seu coração em seu Diário.

Como “As mulheres mais velhas também ... ensinam o que é bom, para ENCORAJAR as moças…” (Tito 2:3), você terá a oportunidade de falar com as mulheres mais jovens que ainda são solteiras como parte de seu ministério.