"Falhar”

Na semana passada, aprendemos a dexar ir o medo para evitar adicionar medo à mistura. Nesta semana, como prometido, gostaria de explorar o teste que Abraão enfrentou em relação ao seu único filho Isaque. Lembra-se da lição sobre o dízimo, Abrindo as janelas dos céus, princípio nº 5?

Quando Deus pediu a Abraão seu filho, ele não o reteve; como resultado, Deus diz a ele: “porquanto agora sei que temes a Deus e não me negaste o teu filho, o teu único. . .porquanto fizeste esta ação e não me negaste o teu filho, o teu único, que deveras te abençoarei e grandissimamente multiplicarei a tua semente. . .” (Gênesis 22:12 e 17).

Muitas vezes, quando Deus revela algo que Ele tem para o nosso futuro, entramos em pânico, tudo isso devido à estarmos "inclinadas" e consideramos os detalhes ou ramificações do que Ele nos pediu para fazer. Ou pode ser porque temos nossos próprios planos e Seu plano simples não se alinha a isso.

Vamos começar com o último, quando o que Ele nos revelou ou nos chamou ou as circunstâncias em que Ele nos colocou simplesmente não está alinhado com o que planejamos, pois somos inflexíveis e queremos nossos planos.

Recentemente, dentro da nossa equipe ministerial, testemunhei exatamente isso. Muitas vezes, por terem seu futuro "inderteminado" as noivas adoram lutar com o MC, mas permita que Ele planeje. Em uma dessas situações, Ele me fez observar (mas não dizer nada) quando Ele me mostrou Seu plano muito antes de revelar a Sua noiva. E Seu plano, pude ver, levaria a bênçãos que eu nunca poderia ter imaginado! Efésios 3:20 ARC “Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera”, infinitamente além de nossas mais altas orações, desejos, pensamentos ou esperanças. Ele me mandou rascunhar um e-mail compartilhando os detalhes com ela, Seu plano, Suas bênçãos serm medidas, mas Ele me pediu para esperar para enviar o email.

Infelizmente, eu nunca consegui enviar o email para ela. Em vez disso, apenas uma pequena parte do que Ele me mostrou realmente aconteceu. Ficou aquém do que Ele gloriosamente queria fazer por ela. Isso não aconteceu porque o pânico tomou conta. Entendemos como isso pode acontecer, não é? Quem de nós também não lidou com nossa urgência de um final vitorioso? Então, para ela, no final, Ele deu a ela o desejo de seu coração, o plano dela, mas foi limitado e muito menos do que o que eu vi que Ele havia planejado para ela. Curiosamente, enquanto continuo assistindo e ouvindo conversas diferentes, testemunhei que o plano dela não era tão "perfeito" como ela esperava que fosse. Isso é apenas porque o plano Dele é perfeito, o nosso nunca pode ser.

Vemos isso acontecer sempre que uma mulher rejeitada que está sofrendo encontra o RMI. O plano delas está sempre querendo que Deus restaure seu casamento, mas apenas aqueleas que são corajoas o suficiente, devido à experiência de Seu amor, são capazes de deixar ir e querer Seu plano perfeito. 1 João 4:18 “Não há medo no amor; mas o amor perfeito lança fora o medo, porque o medo envolve punição, e quem teme não é aperfeiçoado no amor. ”

Quando realmente acreditamos verdadeiramente que nosso MC nos ama e deseja o melhor para nós, é só então abandonamos nosso plano e abraçamos o Seu plano para nossas vidas. “Meus pensamentos não são como os seus”, diz o Senhor. “Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o Senhor. Porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos” — Isaías 55:8-9.

Por que Ele simplesmente não me fez compartilhar Seu plano com esta noiva? Certamente, se ela visse o plano, ela deixaria ir de bom grado o seus planos e abraçaria o Dele, e é isso que vamos discutir na próxima semana.