Tirando o Máximo Proveito da Sua Vida: Deixe o Seu Trabalho Louvá-la!

Muitas filhas têm procedido virtuosamente,
mas tu és, de todas, a mais excelente!
Dai-lhe do fruto das suas mãos, e deixe o
seu próprio trabalho louvá-la nas portas.
—Provérbios 31:29-31

Qualquer um que conheça a minha história acharia hilário o fato de eu agora ser conhecida por meu senso de organização e por manter um lar limpo e arrumado! Isso mostra apenas como Deus realmente tem senso de humor, e que, com Ele, todas as coisas são possíveis!

Quando me casei eu não sabia cozinhar e não tinha a menor ideia de como cuidar de uma casa! Ninguém havia me ensinado e nunca tive nenhum bom exemplo para seguir.

Minha mãe, abençoada seja ela, amava os seus sete filhos, mas por ter crescido em uma família rica e cercada de empregadas, e sendo filha única, nunca aprendeu a fazer nada! Ela fugiu para se casar com meu pai, que também vinha de uma família muito rica, ainda muito jovem (com apenas 16 anos, ela ainda era escoteira na época)! 

Minha avó (mãe da minha mãe) nunca permitiu que ela ficasse na cozinha ou que passasse tempo com as empregadas. Minha mãe nunca se despia ou se vestia sozinha! Todas as suas refeições eram servidas a ela. Meu pai fazia as suas refeições no restaurante de um hotel onde a família dele morava na cobertura. 

Quando eu nasci (sou a sexta filha), minha mãe já vinha acumulando anos de desorganização e refeições queimadas. Meu pai estava sempre contratando pessoas para ajudá-la, mas elas logo eram dispensadas porque minha mãe as via como “intrusas” e elas a faziam se lembrar da sua infância infeliz.

Durante a minha adolescência, a nossa lavanderia tinha sempre pilhas e mais pilhas de roupas que “talvez” fossem ser lavadas uma vez por mês. As refeições estavam sempre atrasadas e sempre queimadas. Minha mãe sabia preparar apenas uma série de pratos que eram repetidos ininterruptamente. A maioria de nós (os filhos) tentávamos tudo que podíamos para sermos convidados para jantar em alguma das casas da vizinhança ou simplesmente comíamos uma tigela de cereal!

Mas minha mãe nos amava— nós todos sabíamos disso! Foi por causa do amor dela que todos nós nos tornamos pessoas de bem. Talvez tenhamos ficado um pouquinho traumatizados pelo lar em que crescemos, mas, felizmente, a maioria de nós agora consegue rir disso! Minhas irmãs, infelizmente, nunca aprenderam a cuidar de um lar. Todas elas sabem cozinhar melhor do que a minha mãe, mas os seus lares— bem, isso é uma outra história.

Meus irmãos, no entanto, se casaram com mulheres que mantêm os seus lares limpos e agradáveis (bem, pelo menos duas delas). Quanto a mim, foi só “pela mão de Deus” que meu lar se tornou um lugar limpo, organizado e com boas refeições caseiras sendo servidas diariamente. Como sempre acontece em todas as áreas da minha vida, Deus me levou da tragédia ao triunfo. Eu poderia ter seguido os passos da minha mãe, mas Ele me libertou e está prestes a libertar a você também! Felizmente, hoje minha casa está sempre limpa e arrumada! Temos boas refeições sendo servidas em nossa mesa todos os dias, no mesmo horário, e, felizmente, faz anos que não queimo nenhuma delas!

Para quebrar ainda mais este ciclo, eu continuo treinando as minhas filhas para que elas estejam muito bem preparadas para cuidarem dos seus lares quando se casarem. Todos elas (até mesmo os meus filhos) aprenderam a lavar roupa, a limpar e a cozinhar. O meu desejo é encorajar cada uma de vocês a se tornar uma verdadeira mulher mais velha que irá ensinar e incentivar aquilo que é certo e ajudar a pelo menos uma mulher mais jovem a aprender como transformar uma casa em um lar. Você faria isso por elas? Se você tiver filhas, a minha esperança é que elas estejam dispostas a aprender com você. Mas se não estiverem, ore e descubra na vida de quem o Senhor gostaria que você semeasse.

E para aquelas de vocês que não foram treinadas adequadamente, eu serei a sua mulher mais velha! O meu começo prova que não importa em que situação você esteja, ou o ambiente de onde você tenha vindo, Deus pode libertá-la e fazer com que você realmente venha a apreciar a tarefa de transformar a sua casa em um lar! Este livro dará a você as orientações, mas é DEUS quem irá transformá-la e é o Seu Santo Espírito que irá guiá-la enquanto você O buscar continuamente!

Meu ministério é encorajar as mulheres em todas as áreas de suas vidas. Além do meu próprio testemunho, a minha missão é compartilhar princípios que irão literalmente mudar a sua vida, uma vez que você os abrace. Aqui está o primeiro:

Jesus olhou para eles e respondeu: “Para o homem é impossível, mas para Deus não; todas as coisas são possíveis para Deus“. (Marcos 10:27)

Se o seu problema é manter uma casa limpa, isso pode parecer impossível com a sua agenda cheia, mas não para Deus— todas as coisas são possíveis para Deus!

Se o seu problema é permanecer organizada, isso pode parecer impossível considerando a sua personalidade, mas não para Deus— todas as coisas são possíveis para Deus!

Se o seu problema é manter a lavagem das roupas em dia, isso pode parecer impossível com todos os filhos que você tem, mas não para Deus— todas as coisas são possíveis para Deus!

Se o seu problema é cozinhar, isso pode parecer impossível porque você nunca gostou de ficar na cozinha, mas não para Deus— todas as coisas são possíveis para Deus!

Entre, Deus

Não importa qual seja a área da sua vida, quando Deus entrar nela, haverá uma mudança! A maioria de nós nunca confia em Deus ou pede a Sua ajuda, ao contrário, nós lutamos para fazer as coisas com nossa própria força nos apoiando no nosso próprio entendimento a respeito daquilo que pensamos que devemos fazer. Somente quando chegamos no fim de nós mesmas é que clamamos a Ele. Por que esperar?

Não importa quão grande ou quão pequeno seja o seu problema, o Senhor deseja ajudála. Ele anseia para ser bondoso conosco! Que maravilha! “Contudo, o SENHOR espera o momento de ser bondoso com vocês; ele ainda se levantará para mostrar-lhes compaixão. Pois o SENHOR é Deus de justiça. Como são felizes todos os que nele esperam!” (Is 30:18).

A Bíblia diz que, na verdade, Ele está à procura daqueles corações que estejam totalmente entregues a buscá-Lo, para que assim Ele possa apoiá-los fortemente em seus esforços! “Pois os olhos do Senhor estão atentos sobre toda a terra para fortalecer aqueles que lhe dedicam totalmente o coração.” (2 Cr 16:9). Ele quer nos conceder os desejos do nosso coração para que possamos ter uma casa limpa, com roupas limpas, e que funciona eficazmente. “Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração.” (Sl 37:4).

Deus ama mostrar a Sua força a nosso favor, especialmente nos casos mais sem esperança, como era o meu (e talvez seja também o seu), para que dessa maneira Ele possa receber TODA a glória! “Eu sou o Senhor, o Deus de toda a humanidade. Há alguma coisa difícil demais para Mim?” (Jr 32:27).

Então como foi que alguém como eu passou a ser reconhecida por manter uma casa organizada e bem gerida, mesmo tendo sete filhos e um ministério que funciona dentro da minha própria casa? Buscando a Ele e com humildade.

Buscando a Ele

Quando eu era bem jovem (eu deveria estar com uns doze anos), me lembro da frustração que eu sentia por não conseguir encontrar roupas limpas para vestir. Minha mãe nos entregava uma pilha enorme de roupas lavadas (mais ou menos uma vez por mês), e nós então as enfiávamos dentro de qualquer gaveta que tivesse espaço. Quando orei sobre esta minha frustração (eu aceitei o Senhor como meu Salvador aos sete anos, muito embora eu tenha sido criada em um lar católico), o Senhor me deu uma ideia maravilhosa! Eu pensei, “Ei, não seria ótimo se houvesse uma gaveta para as blusas, uma para as calças, uma para a roupa íntima e as meias, etc…?” E assim eu organizei as minhas gavetas e sempre achei que fui eu quem criou esse novo método! Anos depois eu descobri que a maioria das pessoas faziam daquele jeito!

Quando me casei, meu marido me disse que a sua mãe lavava o banheiro regularmente. Eu fiquei chocada! “Sério?” Eu perguntei, “Com que frequência?” Ele me respondeu, “Eu acho que uma vez por semana.” E em seguida ele me explicou como passar o aspirador constantemente e outras “tarefas” (palavra essa que eu achava que só se aplicava a quem vive em uma fazenda) diárias, semanais e mensais.

O conhecimento foi útil, mas, como não cresci em um ambiente assim, eu não sabia como incorporar o trabalho à minha vida diária. Mas eu orei a esse respeito e o Senhor trouxe à minha mente um sistema de cartões 3×5 que meu irmão havia me ensinado e que me ajudou a ganhar muitos “10” na faculdade. Foi assim que começou o meu método de cartões 3×5. (Você lerá a esse respeito em um capítulo posterior).

Humildade

Eu aprendi a cozinhar através do princípio da humildade. Durante os dois anos que passei buscando a Deus para restaurar meu casamento, eu jejuei MUITO. A Escritura diz que o jejum humilha o coração.

Começar a aprender a jejuar durante este período da minha vida foi fácil porque eu realmente não conseguia comer! Eu sofria demais pelo fato de o meu marido estar morando com outra mulher, e de eu ter sido deixada sozinha com quatro crianças pequenas para cuidar. Em nosso ministério nós chamamos isso de “dieta da infidelidade”.

Então, como eu “não conseguia” comer, pensei em tirar proveito disso e jejuar com um propósito. Ao jejuar eu me vi animada, pela primeira vez, para cozinhar e alimentar os meus filhos. Isto também foi a “mão de Deus”— eu tinha prazer em vê-los comendo!

Além do mais, eu admiti, pela primeira vez, que não era uma boa cozinheira. Nesta época eu já havia começado o meu ministério para mulheres e, durante os nossos encontros, eu sempre comentava que não sabia cozinhar. Isso fez com que muitas mulheres viessem me ajudar a aprender! Elas me davam receitas fáceis e até ficavam ao meu lado enquanto eu cozinhava. Elas me mostraram como fazer coisas simples, como por exemplo descascar uma maçã para preparar uma torta.

Quando Deus restaurou o meu casamento, dois anos depois, Ele já havia me transformado em uma boa cozinheira!! Meu marido voltou para casa e encontrou uma esposa que sabia cozinhar bem (além de muitas outras mudanças). Deus foi fiel até para mudar também o meu marido que, devido às muitas provações que enfrentou enquanto vivia com a OM (outra mulher), e que Deus nos diz que sobrevirão a um homem que esteja em adultério, ele aprendeu a consertar coisas na casa e até no carro!

Deus não é tão fiel?!

A falta de humildade não era a única coisa que se colocava em meu caminho em relação a cozinhar. A raiz do problema era a crença e a aceitação de uma mentira. Eu digo com toda honestidade que nunca desejei ser uma boa cozinheira porque eu acreditava que todas elas eram gordas! Minha mãe era uma mulher grande e eu não queria acrescentar “ser uma boa cozinheira” à minha genética, que já tendia em direção à obesidade.

Se essa é a sua preocupação, então deixe que a verdade te liberte— esta é uma mentira das profundezas de “você sabe onde”! NÃO existe nenhuma maldição que possa tocá-la porque elas foram quebradas quando o Senhor morreu na cruz por você e por mim. Se você é uma filha de Deus a maldição não tem efeito sobre você, a menos que você a aceite! Aqui está a prova:

Há poucos anos atrás, na verdade logo após o meu aniversário de 40 anos, eu comecei a ter problemas com o meu peso. Quando meu sétimo bebê nasceu, e depois do nosso oitavo (que eu infelizmente perdi), eu não consegui perder o peso que eu normalmente perdia depois de um parto ou um aborto espontâneo. Foi então que meu irmão e minha irmã começaram a insistir para que eu aceitasse a maldição da nossa família em relação ao metabolismo e distúrbios de tireoide. E eles estavam certos, eu realmente tinha TODOS os sintomas, mas me recusei a aceitar!

Um dia eu parei na frente do espelho e clamei a Deus para me fazer emagrecer. Eu me  arrependi de todas as vezes em que não tive compaixão das mulheres que estavam acima do peso, e por não ter dado a Deus a glória por ter conseguido permanecer magra tendo tantos filhos (eu passei dos 90 quilos em todas as gravidezes, com exceção de uma!). Pela graça de Deus eu sempre já estava  bem magra quando os bebês estavam com apenas alguns meses de vida. Depois de ter me arrependido de tudo que o Senhor fez com que eu me lembrasse, eu então entreguei meu peso e meu manequim a Ele!

A parte mais difícil foi não tentar ajudar Deus a me fazer emagrecer. Pensamentos sobre os mais diferentes tipos de dietas, sobre beber mais água, me exercitar, etc., passavam pela minha cabeça. Por três ou quatro meses, eu me senti “tentada” a tentar ajudá-Lo quando, de repente, as coisas simplesmente começaram a acontecer!

Eu comecei a ter vontade de comer outro tipo de alimentos e senti que os meus jeans estavam mais folgados. Como eu NUNCA mais subi em uma balança, então não fiquei tentada a me animar com a minha perda de peso e a comemorar comendo demais. E eu também não queria ficar deprimida se tivesse ganhado peso. Eu entreguei o meu manequim para o Senhor, para que Ele fizesse aquilo e me concedesse os desejos do meu coração— que era vestir “com folga um manequim 38”.

Honestamente, eu não sei dizer como Deus fez isso. As coisas foram mudando dia após dia, mas uma coisa é certa— Ele estava no controle! Não houve preocupação, nem agitação, nem duros esforços. Não cortei carboidratos ou contei calorias. Eu não passei fome e nem me neguei nada, o que geralmente resulta em uma obsessão por comida.

Dentro de apenas quatro meses eu estava vestindo 38 com folga. Comecei com um tamanho 44 muito apertado, e para a minha altura de quase 1,52 cm vestir um tamanho 38 não estava assim tão mal, mas aquela não era eu, e nem era o “desejo do meu coração”! E você sabe que Deus AMA nos dar mais e além do que poderíamos jamais esperar, pensar ou pedir? É verdade! Eu continuei a encolher e me vi vestindo 34! Este era o meu manequim quando acompanhei meu marido à sua reunião de ex-alunos do Ensino Médio! Deus não é tão bom?!

Posso só acrescentar um pequeno epílogo para dar ao meu Amado ainda mais louvor? Foi nesta reunião de amigos da escola que meu marido reacendeu uma velha chama com uma antiga namorada, com quem ele se casou dentro de um ano após se divorciar de mim. Embora nós tenhamos tido conversas por email, eu não a vi novamente depois que ela se envolveu com o meu marido. A última vez que ela me viu, eu estava bronzeada, linda, e vestindo 34! O Senhor não é bom demais?

Eu estou te contando tudo isso para encorajá-la a CONFIAR o seu emagrecimento a Deus! Clame a Ele, e em seguida se afaste e deixe que Ele faça! Esta provavelmente é a parte mais difícil!! Não importa em que área da sua vida você esteja enfrentando problemas, se você clamar a Deus, entregar o problema a Ele, e em seguida resistir à tentação de tentar ajudá-Lo (o que geralmente vai durar em torno de quatro meses de tentações e testes) — Deus fará isso por você, e sem suor! Assim, todo, e eu quero dizer TODO mesmo, o louvor e a glória irão para Ele!

Como eu disse antes, este livro, e todos os meus outros livros, dão a você orientações, sabedoria e conhecimento— mas é Deus quem fará todas as mudanças. Então, dê a ELE a glória!! Isto é tudo que Ele deseja por abençoá-la!!

Contudo, eu espero que você tenha notado desde o começo do meu testemunho de perda de peso que o primeiro passo foi o arrependimento. Deus não agiu nesta área da minha vida até que eu primeiro me arrependesse da minha falta de compaixão pelas mulheres que estão acima do peso. E, em segundo lugar, eu precisei me arrepender por não ter dado a Deus a glória pelo que Ele fez sempre me mantendo magra após as minhas gravidezes.

Quando eu perguntei a Ele “por que” há tantos lares em pleno caos, e com tendências à desorganização, Ele me trouxe uma Escritura à mente apontando a raiz do problema. Não se trata somente de uma falta de conhecimento, ou uma falta de humildade (ou uma crença em uma mentira, como no meu caso), mas o problema também está enraizado em um pecado comum que está se alastrando em nossa sociedade feminista: a questão do “primeiro eu”!

Ambição Egoísta

Será que pode mesmo existir alguém que não gostaria de ter um lar limpo e funcionando bem? Mas ainda assim a maioria dos lares que eu vejo não são tão abençoados. Como eu disse na dedicatória deste livro, se a sua casa será ou não limpa e arrumada, bem organizada e fácil de ser administrada, calma e tranquila, feliz e alegre, dependerá inteiramente de você.

Algumas de vocês escolheram ter uma vida ocupada demais com atividades fora do lar. A sua casa reflete a sua correria insana com caos e desordem! A raiz deste problema para muitas de nós pode ser encontrada em Tiago 3:16 quando diz, “Pois onde há inveja e ambição egoísta, aí há confusão e toda espécie de males.”

Quando os meus “próprios interesses” estão acima de tudo mais em minha vida, acima do plano de Deus, o qual me dá a responsabilidade de manter o meu lar limpo e funcionando de maneira eficaz, então isto é ambição egoísta. E todas as vezes em que a ambição se insinuar na minha vida (geralmente trazida pelo egoísmo ou pela autopiedade), então a minha vida e o meu lar estarão em desordem e o mal correrá desenfreado!

A maioria das mulheres que trabalham fora do lar não têm uma casa bem gerida, ao contrário, seus lares são imundos! Mas, surpreendentemente, mesmo as mães que ficam em casa podem viver em casas exatamente assim: desarrumadas, sujas e desorganizadas.

Pode ser também que o pecado não confessado da inveja ou do ciúme esteja sendo o responsável por manter a sua casa e a sua vida em constante desordem. Mais uma vez, o versículo diz, “Pois onde há inveja e ambição egoísta, aí há confusão e toda espécie de males.” (Tiago 3:16).

Muitas vezes nós vemos uma pessoa com alguma coisa e achamos que nós deveríamos possuir o mesmo, em vez de enxergarmos aquilo que Deus quer nos dar. Isto faz com que nos envolvamos em atividades que tornam as nossas vidas, além a vida dos nossos filhos e da nossa família, tão ocupadas que não conseguimos mais acompanhar!

Você está tentando se manter à altura das suas amigas ou tem tentado impressionar a sua família, em vez de tentar simplesmente descansar no Senhor? Se você tem procurado agradar aos homens, e ganhar a aprovação ou louvor dos outros, você acabará ficando esgotada. Descubra qual é a sua verdadeira identidade em Jesus. Conheça o Seu amor incondicional. Você não precisa fazer coisa ALGUMA hoje para ganhar o Seu amor— o Senhor e o Seu amor são seus incondicionalmente!

Deus NÃO é um Deus de confusão. Nós sabemos que Deus não é um Deus de confusão; portanto, Ele não quer que vivamos em confusão ou desordem. Primeiro Coríntios 14:33 diz, “Porque Deus NÃO é Deus de confusão, senão de paz…”

A coisa mais importante que você pode fazer para se tornar uma “trabalhadora no lar” feliz e contente (esteja você trabalhando fora ou mesmo se você recebeu a benção de poder ficar em casa) é encontrar a paz de SABER que o Senhor está feliz, que Ele se agrada de você e a ama, não importa o que você faça ou deixe de fazer hoje. Encontre esta paz e descanse em Seu amor por você. Uma vez que você sinta o Seu amor e a Sua paz, tudo começará a entrar nos eixos.

Você descobrirá que a sua vida começará a mudar. Algumas coisas irão deixar de fazer parte dela e serão substituídas por outras. Tudo começará a entrar na ordem correta, e com isso, a PAZ permanecerá. A sua alegria irá transbordar para a sua família. O seu contentamento fortalecerá cada área da sua vida e cada um dos seus relacionamentos.

Ao concluir este primeiro capítulo, eu oro para que, antes que você avance mais na leitura, você leia e releia este capítulo fundacional. E ao fazer isto…

Escreva os Seus Pensamentos

No final dos capítulos, há sempre uma página em branco. Eu separei esta área para as suas “anotações”. Ao ler as próximas páginas, escreva os pensamentos ou planos que Deus irá te dar ao trazê-los à sua mente.

Além disso, você pode usar também um giz de cera ou um lápis de cor (nenhum dos dois irá vazar para as outras páginas) enquanto for lendo para destacar aquelas coisas que despertarem o seu espírito ou que possam ser respostas às suas orações. Sinta-se à vontade para escrever nas margens, e tome notas você mesma. E, o mais importante, desfrute! Escreva os seus pensamentos sobre este capítulo. O que o Senhor tem te falado sobre a sua vida? Ele tem gentilmente tentado te encorajar a deixar ir algumas coisas, ou a entregá-las a Ele? Escreva os pensamentos do seu coração.

Filed under:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *