Contudo, o SENHOR espera o momento de ser bondoso com vocês;

Ele ainda se levantará para mostrar-lhes compaixão.

Pois o SENHOR é Deus de justiça.

 Como são felizes todos os que nele esperam!

—Isaías 30:18

 

A principal mensagem para nós neste verso de abertura é algo que eu NUNCA havia notado antes. Eu li este verso por mais de um ano, todos os dias, mas a verdadeira mensagem dele havia me escapado. Só consegui compreender seu significado quando cheguei ao ponto em que pude dizer (e aplicar em minha vida)—“Você é tudo que eu preciso, Jesus!” A mensagem? Como são abençoados aqueles que ANSEIAM por Ele!

No início desta nova jornada, eu notei que o verso diz que Ele está esperando para ter compaixão, esperando para ser gracioso e até mesmo esperando para agir a nosso favor, como um Deus de justiça, mas eu nunca compreendi pelo quê Ele estava esperando—mas agora eu sei.

Nosso precioso Noivo está esperando para que nós ansiemos e desejemos somente a Ele! Mas, ao invés disso, nós desejamos e ansiamos por uma outra pessoa ou alguma outra coisa. Somos infiéis em nossas afeições, enquanto nosso Amado continua a nos atrair, a falar conosco bondosamente e faz tudo que Ele pode para remover os Baals (outros deuses que colocamos no altar em nossos corações) das nossas bocas e dos nossos corações. (Oséias 2: 13-15).

Em nossa sociedade, o maior dos deuses entre as mulheres (das adolescentes às mulheres mais velhas), é a obsessão delas pelos homens. Sejam jovens ou maduras, solteiras, casadas, separadas ou divorciadas: as mulheres querem e acreditam que o que elas precisam e devem ter é— um homem em suas vidas. As feministas escolheram a sua cura para essa obsessão odiando os homens e também tentando ser como eles, tudo isso para que não sentissem esse desejo de ter um homem e nem ficassem vulneráveis como as mulheres parecem ser a eles. Entretanto isto não resolveu o problema, porque elas não chegaram à raiz ou a fonte do seu dilema.

As mulheres foram criadas para desejar e ansiar por um único Homem apenas. Quando Eva pecou ela foi amaldiçoada, “À mulher, ele declarou: ‘Multiplicarei grandemente o seu sofrimento na gravidez; com sofrimento você dará à luz filhos. Seu desejo será para o seu marido, e ele a dominará.’” (Genêsis 3:16). Jesus não somente quebrou a maldição do pecado que nos governa, mas quebrou também todas as maldições uma vez que creiamos. Como mulheres não precisamos mais sofrer dor no parto (por favor leia o livro Parto Sobrenatural de Jackie Mize), e nem precisamos desejar e ansiar por um homem, ou qualquer pessoa que “não tenha”, como aprendemos no capítulo anterior.

Ao contrário, quando escolhemos direcionar a nossa paixão e a nossa sede para Aquele que nos criou, e nos tornamos Sua noiva, nós então ficamos cheias de coisas boas, todas as coisas boas, já que somos verdadeiramente—Dele—a Sua noiva fiel. Mas, infelizmente, poucas mulheres alcançaram este ponto de completo deleite Nele. Em vez disso, elas correm atrás daquilo que acreditam que lhes trará felicidade. Lembra que em Salmos 37:4 diz, “Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração”?

Seja uma adolescente sentindo falta do namorado ou uma esposa separada do marido (que a deixou ou a quem ela tenha deixado e agora lamenta), existe uma obsessão em se ter um homem que nos torna, como mulheres, especialmente vulneráveis e presas fáceis para a dor, rejeição, sofrimento, solidão e a lista segue. A verdadeira tragédia é que a felicidade que estas mulheres acreditam que irá mudar suas vidas, e que elas creem que está em se ter um homem, nem mesmo existe.

Nós mulheres, muito embora estejamos crescidas e não sejamos mais crianças, continuamos acreditando em romances de contos de fada. Lemos estas histórias quando éramos garotinhas e, mais tarde quando jovens, em livros de romances. Assistimos casais de faz de conta em filmes e na televisão, e até cantamos canções de amor. Mas este tipo de romance não existe, assim como as histórias da Branca de Neve ou da Cinderela.

Existe apenas uma história de amor real e ela está na Bíblia e em nosso Criador, nosso Amado.

Deus criou todas as mulheres para ansiar por este tipo de amor que nós lemos a respeito quando éramos pequenas—mas isso NUNCA poderá ser preenchido com amor humano. Este tipo de amor que precisamos pode ser preenchido somente com o Seu amor, o amor ágape e incondicional que Ele providenciou para nós no Calvário. Nada mais irá nos satisfazer, e nem fazer com que nossos corações disparem.

Ao longo deste ano, ao me encontrar com muitas missionárias de igrejas, e mesmo membros do RMI que vivem em outras partes do mundo, eu tenho visto que a maioria das mulheres estão chorando ou ansiando por seus maridos, e que, mesmo elas sendo crentes, não anseiam desta forma pelo seu Noivo. Quando falam sobre os seus maridos, até as mais profissionais e poderosas, elas são imediatamente reduzidas a mulheres destruídas e em prantos, prestes a desmoronar. Estas mulheres anseiam por uma pessoa que na verdade as detesta! É devido a este tipo de mulheres patéticas que o movimento feminista alcançou um apelo tão vasto entre as mulheres de hoje. Este tipo de ânsia não é nada além de trágico. Para mim é desolador. Agora temos meninas jovens que escolhem permanecer em relacionamentos abusivos, mesmo depois de virem as suas mães fazerem a mesma coisa.

Contudo, a resposta não é abandonar o casamento com um homem abusivo, mas, em vez disso, encontrar o Amado. O Homem que irá protegê-la dos abusos, porque tenho ouvido que isso é o que acontece vez após vez porque Ele é fiel! Por outro lado, eu digo às jovens que encontro, quando tenho a oportunidade de compartilhar o meu testemunho, para nunca se contentarem com um homem que não as valorize,

Como crentes, nós precisamos nos afastar da horrível obsessão que temos por homens e inclinar os nossos corações e a nossa paixão em busca de mais do Seu Amor, para Àquele que é capaz de curar nossos corações partidos. As mulheres que têm sido rejeitadas, “‘O Eterno te chamará de volta como se fosses uma mulher abandonada e aflita de espírito, uma mulher que se casou jovem tão somente para ser rejeitada!’, diz o seu Deus.” precisam não somente ouvir esta lição, mas vê-la sendo aplicada em nossas próprias vidas.

Somente quando nós nos voltarmos para Ele poderemos dizer, “Regozijemo-nos! Vamos alegrar-nos e dar-lhe glória! Pois chegou a hora do casamento do Cordeiro, e a sua noiva já se aprontou.” (Apocalipse 19:7). Quando todas nós pudermos ouvir, “O Espírito e a noiva dizem: ‘Vem!’ E todo aquele que ouvir diga: ‘Vem!’ Quem tiver sede, venha; e quem quiser, beba de graça da água da vida.” (Apocalipse 22:17), é que então veremos verdadeiramente o que tem estado esperando, e que está já preparado para nós que O amamos.

Quando nós, como crentes, exibirmos o tipo de alegria que apenas Ele pode nos dar, e que resulta do comprometimento e fidelidade em querer somente ao Senhor, seremos capazes de viver uma vida e apresentar um rosto que brilha como um farol em um mundo cada vez mais escuro. É este tipo de vida que irá atrair toda mulher que esteja vivendo em meio às tempestades contínuas e sem fim em suas vidas, e fazer com que elas desejem e anseiem por aquilo que nós possuímos, o Seu amor.

É uma alegria inacreditável ver que tantas de nós que descobrimos o ministério que Erin fundou, agora estamos conseguindo nos concentrar em encorajar umas às outras a nos movermos em direção a um nível ainda mais alto neste chamado, “em um momento como este” (Ester 4:14). Antes estávamos apaixonadas pela restauração e por seguir os princípios que levam a ela, mas cada uma de nós agora está seguindo em direção a este chamado mais alto—depois de termos nos apaixonado por Ele. Muitas mulheres que encontram o RMI confessam que não estão mais buscando restauração, mas em vez disso estão perseguindo ao Senhor somente! E a maioria das mulheres, neste ponto, acabam sendo restauradas; contudo, algumas não são. E eu creio que algumas não são restauradas porque elas ainda precisam de muito mais cura.

Recentemente mesmo eu li um relatório de louvor de alguém que precisava tremendamente de cura do seu passado, por ter sido molestada quando criança. A maioria das pessoas nunca supera isso, contudo esta mulher valente se tornou a Sua amada e noiva, e foi capaz até de perdoar o seu agressor. Estou convencida de que se ela não tivesse sido deixada sozinha, mesmo após perder a custódia dos próprios filhos, ela nunca teria encontrado a cura que ela precisava e merecia!

Aquelas que estão restauradas, como aconteceu comigo, podem ser chamadas a perder a sua vida de restauração a fim de começar a cuidar das almas dos homens em suas vidas que também precisam de nosso Salvador. Estes homens precisam olhar para o Senhor e terem as suas necessidades supridas por Ele, porque assim como os homens não conseguem suprir as nossas próprias necessidades como mulheres, assim também nós nunca poderemos suprir as deles.

“Se alguém quiser acompanhar-Me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-Me. Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a sua vida por Minha causa, a encontrará.” (Mateus 16:25).

Uma vez que nos tornemos a noiva do Senhor, como Sua noiva, iremos irradiar este amor para que todo mundo possa ver.

Testemunho

Há poucos dias atrás no aeroporto, a senhora do balcão de atendimento comentou sobre o meu lindo anel. Antes do meu divórcio, eu havia orado por um anel para que eu pudesse usar e mostrar aos homens que eu não estava disponível, e eventualmente comprei um muito bonito que, no fim, acabou não me custando nada. Mas este é um testemunho totalmente diferente que espero poder compartilhar em uma outra oportunidade; talvez no final deste livro.

 A senhora no balcão do aeroporto me perguntou se eu estava “recém-casada” porque ela viu que o anel que eu estava usando era novo. Eu respondi, “Bem, mais ou menos.” e levantei a cabeça e sorri. Ela então me disse entusiasticamente que percebeu logo que eu estava “loucamente apaixonada” porque meu rosto simplesmente brilhava! Enquanto me afastava, parecia que o meu coração ia explodir de alegria e amor que transbordavam pelo Senhor, pelo Seu amor ilimitado que Ele derramou em mim e através de mim. Então minha mente se deu conta de qual é a aparência da maioria das mulheres e como elas se sentem após um divórcio recente—destruídas e envelhecidas; e novamente eu desejei compartilhar o meu recém-descoberto Amado com todas elas.

Por várias semanas, antes de eu ser enviada pela minha igreja em viagem pelo nordeste dos EUA, (o que para mim foi como a lua de mel que eu havia sonhado), eu assisti uma série de programas na televisão cujo objetivo era ajudar uma mulher a parecer dez anos mais jovem. O programa sempre começava mostrando fotos do passado da mulher (em que ela parecia jovem e feliz) e em seguida perguntavam o que a havia deixado com a aparência que ela tem hoje (abatida e envelhecida). Inúmeras vezes as mulheres diziam que havia sido por causa de um “divórcio doloroso”. Cada uma destas mulheres disse que os seus sonhos tinham se despedaçado quando as coisas não aconteceram como elas havia planejado. Preciosa—elas nunca acontecem!

Mais uma vez, Deus nos criou para que tenhamos uma necessidade de sermos amadas por Ele, e somente por Ele. E quando somos infiéis a Ele, acabamos com a mesma vida destruída, como se tivéssemos sido infiéis no nosso casamento terreno e nos tornado adúlteras. No começo as coisas podem parecer divertidas e felizes, mas mais tarde elas sempre se tornam horrorosas—exatamente como o nosso casamento se tornou porque ansiamos pelo homem errado. Logo o nosso semblante e a nossa aparência também se tornam feios, muitas vezes devido à amargura enraizada na falta de perdão, quando nós tolamente buscamos o amor daqueles que simplesmente “não têm”.

Nossa busca, ao contrário, precisa ser por mais de Deus e para nos tornarmos mais íntimas do nosso Amado. Para deixar que Ele seja tudo para nós: Provedor, Amado, Amigo, Confortador e Protetor. Isso significa que nos movemos daquilo que enxergamos para um nível de fé onde vivemos no Espírito. Uma mulher que escolhe esta busca para a sua vida trocará a sua dor por alegria, e isso a manterá imune às enfermidades, às maldades e aos fardos deste mundo.

Se Jesus morreu para nos dar uma Vida Abundante, então onde ela está, querida? Certamente não na vida da maioria das mulheres Cristãs hoje em dia! E nossas vidas, nosso desejo compulsivo pelo “nosso homem” produz esta obsessão em nossas filhas e nas jovens em nossas vidas que estão nos observando. Nós provamos, através das nossas lágrimas e das nossas conversas (que SEMPRE giram em torno do homem por quem temos esperanças e oramos para que um dia nos ame), que o objetivo da vida é ter um homem, ao invés do Filho do Homem. Para as mulheres que foram rejeitadas ou abandonadas pelos seus maridos, a restauração e a reconciliação é tudo em que conseguem pensar e geralmente é o único assunto das suas conversas, e isto consume cada gota da sua energia.

É de se admirar então que nosso Salvador ainda esteja esperando no alto para ser gracioso conosco?

Querida leitora, uma vez que você e eu tenhamos provado o nosso amor pelo nosso Amado Noivo, Ele então irá acertar as circunstâncias em nossa vida para nos abençoar em todas as áreas: nos relacionamentos (desde aqueles com os nossos filhos, nossos irmãos, pais, sogros, marido até com os nossos colegas de trabalho), nas finanças (você passará de estar sempre apertada para receber até mesmo os desejos do seu coração, e não apenas aquilo que você necessita), na saúde (porque com a alegria vem o bem-estar e o não mais se estar suscetível às doenças; a cura acontece no espírito e no corpo), e em todas as outras facetas da nossa vida.

Nenhum homem em sua vida pode fazer isto! Existe somente Um com o poder e os recursos para nos dar a Vida Abundante quando verdadeiramente nos tornamos a Sua amada noiva!

Como eu deixei ir esta obsessão? Simplesmente me tornando mais íntima Daquele que estava bem ali, me atraindo e falando gentilmente comigo—exatamente como Ele está te atraindo e falando gentilmente com você! Não há uma fórmula para a intimidade. Como com todas as outras coisas, é apenas algo que PEDIMOS a Ele. Eu simplesmente disse ao Senhor que queria me aproximar mais do que qualquer ser humano que já caminhou na face da terra… mas que eu não sabia como e pedi a Ele que fizesse isso. Como resultado do meu simples pedido, a cada dia eu continuo a me apaixonar mais e mais pelo Amado da minha alma. Eu vejo todos os dias como Ele supre não apenas as minhas necessidades, mas também os desejos do meu coração!

Um outro exemplo aconteceu também durante uma viagem. Passei alguns dias no Canadá em um lindo resort, totalmente sozinha com meu Amado. Ele me levou até lá para descansar porque viajei para muitas cidades dentro do período de apenas uma semana. Lá eu testemunhei em primeira mão que Ele não esperava nada de mim, nada além do meu amor por Ele. Eu não passei os dias lendo a minha Bíblia ou mesmo orando. Eu não fui lá para jejuar (embora em casa, recentemente eu tenho jejuado quase todos os dias, fazendo apenas uma refeição à noite). Tudo que fiz foi ficar lá descansando Nele e em Seu amor maravilhoso. Ao assistir um filme de romance no meu computador, continuei agradecendo a Ele por eu não estar mais sendo enganada (acreditando que o que eu assistia ali era real), mas ao contrário, eu estava encantada com o sentimento que pude ter e experimentar somente com Ele, assim como toda mulher também pode!

Amada, nós precisamos encorajar toda mulher a ir além da sua dor e ajudá-la a encontrar a paz e então, a partir desta paz, seguir para alcançar a alegria completa—tudo por terem conhecido a Ele e O experimentado. É mais do que possível para toda e cada uma de nós vivenciar a mesma coisa, especialmente se você atualmente estiver sofrendo ou se tiver sido rejeitada. Isso significa simplesmente mudar o nosso foco do homem da sua vida para o Filho do Homem e Amado da nossa alma. E quando começamos a persegui-Lo, descobrimos que são os homens que começam a nos perseguir! Mas eu nunca vou olhar para trás. Nenhum homem irá jamais ganhar meu coração de novo (apenas para parti-lo e me deixar carente); não quando há Alguém que entregou a Sua vida para que eu possa viver novamente! Mesmo uma mulher casada deve manter o seu coração firme no Senhor. Isto quer dizer que os seus desejos, e todos os segredos do seu coração, devem ser contados ao seu Marido Celestial e não ao seu marido terreno.

Uma das minhas conversas mais recentes com meu ex-marido fez com que ele, mais uma vez, me perseguisse para que nos reconciliássemos. Tanto eu quanto ele ficamos surpresos quando eu perguntei como ele achava que poderia competir com o que agora eu tinha com o Senhor! Ele não teve como me responder, e em meu coração, eu puder ver o quão certo era aquilo que eu estava dizendo. Nenhum homem na terra pode competir com o que você terá quando ganhar a intimidade, o amor e a proteção que o seu Noivo te dará quando você verdadeiramente desejar e ansiar por Ele. E quando a nossa ânsia é pela Pessoa certa, então o marido também irá ansiar por nós, e continuará agindo assim. Somente quando um marido também anseia por Aquele que pode preencher as suas necessidades é que ele experimentará a paz e a alegria e a realização de que a maioria dos homens carecem.

Este tipo de história de amor é uma jornada que começa com um passo. Todos os relacionamentos são desenvolvidos e crescem baseados no tempo e atenção que damos a eles. Pode se começar pela leitura da sua Bíblia, que são as Suas cartas de amor para você, ou cantando canções de amor para Ele. Embora a música de louvor e adoração seja realmente maravilhosa, quando você passa a cantar canções de amor que encorajam a intimidade, você está bem a caminho de um relacionamento amoroso que as mulheres irão invejar e desejar ter também. Há muitas canções que são cantadas em casamentos Cristãos que costumavam doer em meu coração; hoje estas mesmas canções fazem com que meu coração cante, sabendo que sou amada e apreciada pelo meu Amado pelo que eu sou.

Nem você nem eu precisamos ser ou ter uma aparência diferente daquilo que somos—que liberdade há em sabermos disso! Deus nos criou exatamente como somos e Ele não poderia nos amar mais se agíssemos mais alinhadas com o que um Cristão deveria ser. O Seu amor é o amor perfeito que lança fora todo o medo. E então, com o medo eliminado, há mais espaço para Ele e isso começará a transparecer em seu rosto.

Chega de lágrimas pelo seu (futuro, presente ou passado) marido, ou ex-marido, ou namorado. Deixe que seu coração inteiro pertença Àquele a quem você está prometida como Sua amada noiva.

Vamos colocar de lado a excitação pela sua restauração terrena e focar no relacionamento que temos neste exato momento com nosso verdadeiro Marido—nosso Senhor, Salvador e nosso Amigo.

Não vamos mais derramar lágrimas pelo amor perdido, mas, em vez disso, olhemos para o nosso futuro com Ele. Sem a necessidade de encontrar amor ou compreensão, podemos começar a viver cada dia como um presente que Ele nos dá.

Todas vocês que estão sofrendo, que estão com medo ou solitária—vocês simplesmente precisam de mais do Seu amor. É isso. Não há nada mais que vá resolver todos os problemas em sua vida, exceto ter mais Dele.

E também, se você tiver filhos, quando eles forem visitar o pai anime-se porque você vai poder passar mais tempo com Ele. Assim você não sentirá mais falta das crianças. 

Testemunho

Quando meus filhos foram visitar o pai recentemente, e conhecer melhor a outra mulher, eu parei de dizer a eles que sentiria a sua falta. Em vez disso eu dizia, “Uau, vocês vão se divertir tanto com o papai!”. Eu disse a eles que não precisavam nunca se preocupar comigo porque eles sabiam que eu estava sempre feliz, não importando onde eu estivesse. E por causa do amor que tínhamos uns pelos outros, eles também não precisariam ficar com saudades, e tinham apenas que aproveitar ao máximo o tempo com o pai, já que ele estaria por conta deles. Você sabe o quanto isso é libertador para uma criança? Não se sentir culpada por poder se divertir e não ter que carregar o fardo do quanto sua mãe está triste e sozinha em casa?

Você pode estar imaginando também se eu me preocupo com o fato das crianças ficarem expostas ao novo estilo de vida do pai ou à outra mulher na vida do pai deles (e à sua influência). A resposta é “Não.” Eu sei que Deus promete que tudo contribuirá para o meu bem e para o bem dos meus filhos! Isso é suficiente para que eu não me preocupe ou repense a situação. Se eu creio em Sua Palavra e em Sua promessa para mim a respeito da salvação, então posso facilmente confiar Nele para tudo nesta vida. E isso me permite aproveitar a minha vida e vivê-la de maneira abundante.

O fato de eu viajar para representar a minha igreja, ou como uma embaixadora para o ministério de Erin, e passar períodos de tempo longos longe dos meus filhos, deixa muitas pessoas preocupadas e questionando a minha sanidade e até mesmo meu amor pelos meus filhos.  Passar metade de cada mês fora é algo radical, pode ter certeza, mas Deus novamente me prometeu que Ele extrairia o bem de tudo que eu fizesse. Não apenas por eu estar sendo obediente e indo aonde Ele está me chamando, mas, mesmo se eu acidentalmente cometer erros—Ele prometeu me abençoar!! Com este tipo de garantia, por que qualquer uma de nós escolheria se preocupar quando podemos estar contentes? E esta situação também dá aos meus filhos um templo amplo para estarem com o pai que fica em casa quando eu viajo.

Um pequeno aviso: esteja certa de que o inimigo tentará ao máximo derramar culpa sobre a sua recém-descoberta liberdade com pensamentos do tipo: “Você não se importa mais de verdade com seus filhos!” Lance fora estes pensamentos. Ao contrário, o que acontece é que simplesmente suas prioridades agora estão corretas e Deus está te recompensando com o fim da dor e da preocupação. Você pode até ouvir isto de amigos, familiares e colegas de trabalho. Simplesmente resista e não volte atrás (habituando-se a estes pensamentos) e use este tempo e energia para subir ainda mais alto.

Depois de viver este tipo de vida por apenas alguns meses, de maneira alguma eu recuaria. Ao contrário, eu empenhei a minha vida em encorajar todas as mulheres deste mundo a dizerem sim a Deus e a se tornarem noivas do Senhor. Oro para que este capítulo, e o resto deste livro, despertem alguma coisa dentro de você que irá atiçar as chamas da paixão por Aquele que está sussurrando— “Case-se comigo.”

Diário