“Se você, a mais linda das mulheres,

se você não o sabe ...

Como você é linda, minha querida!

Ah, como é linda!”

—Cantares de Salomão 1:8, 15 

 

Talvez eu já tenha compartilhado isto antes, mas muitas dessas palavras que nos ferem, falamos disso no capítulo anterior, são palavras ou pensamentos que repetimos em nossas mentes relacionadas à nossa aparência. Hoje, mais do que nunca, algumas de nós somos continuamente bombardeadas por pensamentos de como falhamos em aparentar e realmente nos sentirmos bonitas. Nós acreditamos que somos ou gordas demais ou magra demais, muito altas ou muito baixas, nossos narizes ou são muito grandes ou muito largos, nossa pele ou é muito branca ou muito escura—a lista não tem fim.

Enquanto viajava para várias partes do mundo, ao chegar ao Brasil, eu fiquei surpresa com o que vi. O Brasil parece ser ainda mais obcecado (mais até do que os Estados Unidos) com a necessidade das mulheres parecerem ou se sentirem sexy. Antes até de eu sair do aeroporto, enquanto esperava a minha bagagem, notei que eu era a única mulher que não estava com muita pele à mostra. Minha barriga e o meu decote estavam cobertos e as minhas roupas não eram apertadas demais e nem provocantes.

Meu espanto continuou quando a família que me recebeu me levou de carro até a igreja onde eu fora convidada para falar. Eu fiquei hipnotizada pelos outdoors que gritavam esta tendência na sociedade brasileira; havia propagandas com mulheres extremamente sensuais por todos os lados. O aspecto mais insano disso, e que me deixou perplexa, é que as mulheres brasileiras são simplesmente lindas!! Então por que elas sentiriam esta   necessidade de mostrar mais do que os seus lindos rostos e suas adoráveis figuras em alguma roupa que as fez se sentirem bonitas? Enquanto eu continuava sentada no carro muito intrigada, me lembrei de ter visto um especial na televisão que dizia que a América do Sul tem o maior número de vencedoras do concurso Miss Universo. Um número maior do que o de qualquer outro continente, e que, em um determinado país, a maioria das garotas é enviada para escolas que as ensinam como falar, como caminhar, o que vestir, etc. Parece que não importa quão linda nós sejamos, a maioria de nós se sente inferior, inclusive eu.

Então, há algumas semanas atrás, enquanto viajava para um outro continente, eu tive bastante tempo para conversar com o Senhor sobre isso. Eu comecei pedindo a Ele que me desse uma maneira de explicar a todas as mulheres ao redor do mundo exatamente como Ele as vê. O interessante é que eu estava a caminho da África, onde a minha família anfitriã havia marcado uma hora para irmos a um safári. E foi lá então que eu realmente compreendi o quanto aquilo que Ele havia me dito significava para mim, e eu espero que signifique o mesmo para você. Eu quero que cada uma de vocês prometa que irão encorajar pelo menos uma outra mulher que encontrarem ou que vocês conheçam, que precise saber como ela é linda e como Ele a vê— talvez usando esta mesma analogia que Ele compartilhou comigo.

O que o Senhor me disse é que Ele vê cada uma de nós como uma espécie ameaçada e que necessita de proteção, exatamente como acontece com todos os animais ameaçados de extinção ao redor do mundo. O que Ele me explicou durante o meu voo, eu pude ver depois em primeira mão, quando estávamos passeando de carro pela vasta extensão de terras, no safári. Quando parávamos nas áreas protegidas e cercadas, eu vi pessoas vindas de todas as partes do mundo por uma única razão—apenas para se esforçar para conseguir dar uma olhada em pelo menos um daqueles animais. Digamos, por exemplo, a linda e majestosa girafa. Contudo, enquanto esta doce girafa estava sendo admirada e fotografada, o Senhor me disse para imaginar que ela estivesse pensando, “Olha para mim. Por que meu pescoço tem que ser tão longo? Que vergonha eu ter que afastar as minhas pernas só para beber um gole de água! E estas pintas marrons... por que eu não posso ter um pelo lindo como o da Miss Leopardo ali?”

E eis que surge uma incrível rinoceronte, altamente ameaçada de extinção que diz, “Eu não acredito que puxei o nariz comprido da minha mãe, isso é tão embaraçoso, e a sua imensa traseira também—é grande demais! Por que a minha pele tem que ser tão escura e dura, por que ela não é macia como a da Miss Leopardo?”

E lá estávamos nós, dirigindo há horas, fazendo o nosso melhor para conseguir fotografar cada ângulo da rinoceronte-fêmea, fosse o seu enorme traseiro, ou na esperança de tirar um instantâneo do seu perfil para mostrar a linda extensão do seu nariz! Nós tínhamos esperança de conseguir ver uma girafa bebendo água de uma poça, com as pernas afastadas, por serem muito longas assim como o seu pescoço, estávamos entusiasmados com a possibilidade de conseguir chegar perto o suficiente para ver a sua longa língua negra—tirando fotos e mais fotos para depois mostrar para todo mundo que conhecemos.

Espero que você tenha entendido a mensagem.

Nossas próprias opiniões sobre a nossa aparência não têm nada a ver com a maneira como o Senhor olha para cada uma de nós. Para Ele, como Ele mesmo disse, estamos todas na sua lista de risco de extinção porque não existem duas de nós completamente iguais! Nosso Amado ama o nosso perfil, nosso cabelo, a cor e textura da nossa pele, mesmo as imperfeições que acreditamos ver em nossa aparência. O Senhor ama a nossa altura, ou a falta dela. Ele gosta até do peso extra que ganhamos. Simplesmente pense na imagem de um animal magérrimo e como ficaríamos horrorizadas e de coração partido se víssemos um nestas condições.

Já que o peso parece ser uma obsessão para a maioria das mulheres, e se você tem dificuldades com isso como a maioria de nós e está atualmente mais pesada do que gostaria de estar, eu conversei com Ele sobre isso também! Veja como Ele me assegurou de que não importa o quanto eu esteja pesando, eu ainda sou linda. Enquanto estava na Itália, notei imediatamente que os maiores e mais famosos artistas pintaram e esculpiram mulheres grandes e cheias de curvas! Até as suas partes traseiras eram consideradas lindas, mesmo sendo bastante largas e cheias.  Contudo, aqui estamos nós fazendo exatamente o jogo do inimigo que ama nos fazer sentir que falhamos em ser lindas. Mas lindas segundo qual padrão? Não o do Senhor. E por que deveríamos nos importar com a nossa beleza exterior de qualquer forma quando sabemos que “Enganosa é a beleza e a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada.” (Provérbios 31:30)? Se o envelhecimento é o que está te perturbando, Ele me lembrou até mesmo de 2 Coríntios 4: 16-18, “Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.” E na versão da Bíblia Amplificada é dito ainda mais. “Por isso não desfalecemos [não perdemos o ânimo, nos desapontamos ou tememos]; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa [progressivamente], o interior, contudo, [progressivamente] se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória [uma plenitude] mui excelente [além de qualquer comparação, um esplendor transcendental e uma benção infinita]; Não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais [breves e efêmeras], e as que se não veem são eternas [e imperecíveis].”

Quando compartilhei tudo isto com as senhoras da África do Sul, uma membro preciosa me disse depois que, na manhã seguinte, ela havia se levantado e se olhado no espelho e que, na verdade, gostou do que viu. Pela primeira vez ela estava olhando para si mesma através dos olhos do seu Amado! Poucas semanas depois eu compartilhei sobre isso novamente em uma conferência em Nairóbi, no Quênia, com mulheres que haviam viajado de vários países do continente africano para assistir. Embora eu não tenha me demorado tempo suficiente após o evento para conversar com ninguém, eu vi a mensagem transformá-las quando olhei para o rosto de cada uma delas. O Senhor me fez olhar para a plateia e eu pude ver rostos irradiando alegria e algumas tinham lágrimas escorrendo pelo rosto. Tudo que eu fiz foi pedir a Sua opinião e uma maneira de explicar para outras mulheres, e também me certificar de pedir uma oportunidade de compartilhar o que Ele havia me dito, aquilo que eu havia separado um tempo para pedir que o Senhor me ajudasse a fazer—e, querida noiva, você também pode fazer a mesma coisa! Pegue o que eu compartilhei, se isto te tocou, e divida com outras mulheres, deixe que cada uma delas saiba como ELE nos vê. E então continue a fazer isto todas as vezes que você tenha uma necessidade ou uma pergunta. Leve a Ele, ouça a maneira como Ele a explica para você e em seguida passe esta adorável mensagem para as outras mulheres, depois de perguntar a Ele quem são aquelas que precisam ouvi-la.

Muito Musculosas

Há algo novo que senti que eu precisava acrescentar aqui. Nos últimos anos um outro fenômeno me surpreendeu, a tendência das mulheres malharem ou treinarem a ponto de parecerem tão musculosas quanto um homem jovem. No livro de Erin, Uma Mulher Sábia, ela ensinou sobre a importância de celebrarmos a maneira como fomos criados, macho e fêmea. E ela então explicou também sobre o perigo que a diluição destas linhas tem representado e como tem contribuído para a homossexualidade.

Em vez das mulheres desejarem se sentir e parecer bonitas, eu agora vejo que elas hoje se esforçam para parecer muito musculosas. Esses treinos excessivos com pesos e exercícios produzem não somente músculos bem definidos e volumosos, que antes eram reservados aos homens, mas, quando elas treinam a este ponto, isso frequentemente reduz o tecido dos seios e pode realmente parar o seu ciclo menstrual. Isso é honrar e celebrar a maneira como fomos criadas, fêmeas? Uma mulher extremamente musculosa poderia ser facilmente vista e sentida como a Sua noiva que Ele pretendia?

Não estou dizendo que precisamos nos envergonhar se fomos criadas com mais músculos ou mais fortes, mas somente se estamos nos esforçando para nos parecer mais com as mudanças que o mundo está trazendo—a mistura dos gêneros masculino e feminino. Isto não apenas te impede de se sentir bonita, da maneira que Ele nos vê, mas também está se aproximando perigosamente de um terreno escorregadio de uma sociedade que vai além de aceitar quem uma pessoa realmente é. Ela agora promove um estilo de vida contrário à Vida Abundante—que aprecia ser quem nós fomos criadas para ser, uma mulher, a Sua noiva.

Como Ele Te Vê

Enquanto eu estava no Brasil uma das minhas anfitriãs continuava me dizendo, “Linda, linda, linda” em português. Preciosa, é isto que o seu Amado, o seu Marido Celestial diz toda vez que Ele olha para você! Ele não consegue tirar os olhos de você, e o Seu amor cresce a cada relance. Não há necessidade nenhuma de se esforçar, ou mudar quem você é, já que você é Linda, Sua linda noiva, “Se você, a mais linda das mulheres, se você não o sabe... Como você é linda, minha querida! Ah, como é linda! (Cantares de Salomão 1:8, 15). 

Diário