Dia 8
Nunca Fui Casada Legalmente

Mas primeiro um TESTEMUNHO!

 

Casada com o Pai do Meu Filho

Uma semana antes do pai do meu filho ter decidido terminar nosso relacionamento de 9 anos, tínhamos uma união estável (isto é, quando se vive  junto em um relacionamento conjugal por três anos ou mais), eu tinha pedido a Deus que me libertasse desse relacionamento. Nós não estávamos felizes, vivíamos brigando e criticando um ao outro. Deus me ouviu e Ele sabia que era hora de me trazer de volta à realidade.

Nos dois anos que se seguiram, houve alguns momentos em que a restauração poderia ter acontecido se não fossem pelos meus muitos erros (e pelo tempo designado por Deus, naturalmente). Quando eu vim para este Ministério, à procura de esperança, eu preenchi o questionário dizendo, “Eu ainda acho que há esperança.” E quando foi me perguntado por que eu estava buscando a restauração eu respondi, “Porque eu acredito que será melhor para o meu filho.”

E então, quando a OM finalmente saiu de cena, ele tentou ficar mais próximo e tomou a iniciativa de criar momentos para que nós três passássemos  juntos. Nós começamos a ter jantares em família algumas vezes por semana e a fazer atividades no fim de semana. Ele disse que queria que eu morasse com ele para que pudéssemos ser uma família novamente. Eu tive que dizer a ele que, desta vez, eu não teria nenhuma intimidade com ele até que nos casássemos. Esta foi a primeira vez que ele pareceu concordar com a ideia, mesmo não entendendo porque eu não iria morar com ele antes do dia do casamento. Dessa vez eu sabia que eu não tinha que me preocupar se isso iria acontecer ou não. Eu realmente deixei tudo nas Suas mãos. Eu tinha deixado ir e entregado a situação para Deus. Eu às vezes tinha medo por ainda estar cometendo tantos erros, mas o meu temor maior era não ser capaz de agradá-LO o tempo todo.

Deus mudou a minha situação permitindo que tantas coisas acontecessem ao meu favor, tudo aconteceu ao mesmo tempo. Ele me deu oportunidades de trabalho sem que eu tivesse que fazer muita coisa. Ele me deu um grupo de mulheres no trabalho com as quais eu fui capaz de compartilhar uma parte dos meus testemunhos e a Sua Palavra. Ele me cobriu com tantas canções de amor e eu recebi porção dobrada, em vez de humilhação. Quando eu descobri as músicas que me agradavam, tantas coisas mudaram em minha vida. Eu era capaz de conversar com Ele enquanto eu estudava, acordava a cada manhã cantando para Ele, eu caminhava para o trabalho e voltava para casa com as canções nos meus ouvidos. A música me permitiu passar mais tempo com Ele, quando eu tinha menos tempo disponível para sentar, ler e orar - eu encontrei um novo caminho e eu acho que a minha situação mudou muito nesse momento.

O primeiro princípio que ainda tem efeito sobre todos à minha volta, e que espanta a minha família e amigos, é o fato de que eu deixei de lado a ajuda legal e judicial e não recorri. Sendo uma estudante de direito, e tendo pais e amigos que são advogados, eu tive que ficar firme e os resultados foram enormes. O outro importante princípio que tornou a restauração possível desta vez foi a importância do casamento. No início, quando eu descobri o ministério, eu achei que seria realmente difícil conseguir me casar com o pai do meu filho. Como eu nunca tinha sido casada, eu me perguntei se Deus havia simplesmente me liberado desse relacionamento. Também levou um tempo antes que eu parasse de duvidar que eu poderia, e deveria, mesmo fazer parte do RMI e que os seus princípios se aplicariam na minha situação. Eu tive que aprender com a minha desobediência, e depois de algumas tentativas de restaurar a minha família sem PRIMEIRO estar casada, eu tive que acreditar firmemente que a única saída seria seguir os Seus caminhos. E então tudo se tornou tão simples (no último trecho, pelo menos ;).

Minha desobediência prolongou minha jornada, mas foi melhor assim. Isso permitiu que eu me arrependesse de todos os outros erros que eu havia cometido, e praticasse a calma (ainda enfrento dificuldades em relação a isso diariamente) e a ter um espírito dócil. Eu ainda reluto com o contentamento às vezes e agradeço a Deus porque Ele ainda está comigo para combater o medo.

Foi muito difícil ver o meu filho sofrendo (e foi a minha parceira de oração que me fez perceber que era uma armadilha do inimigo), e de não poder passar muito tempo com ele, o que eu mais lutei contra foi o medo: medo de não fazer as coisas certas, medo de não agradá-Lo, medo de temer, medo de não estar pronta para a restauração, medo de cometer muitos erros, medo de continuar sendo contenciosa, medo do inimigo na minha casa, e claro, medo de desapontar a minha família falhando na minha restauração, etc.

Mesmo hoje, às vezes, eu preciso me lembrar de que a Graça Dele é suficiente e que a Sua misericórdia por nós se renova a cada manhã. É o inimigo quem está me fazendo duvidar, ele faz com que eu pense que estou fazendo tudo errado. Eu também estava deixando de compartilhar as boas novas com as pessoas ao meu redor. O inimigo foi me fazendo pensar que eu não estava sendo humilde, e que eu estava me gabando, o que não me permitiu demonstrar uma satisfação completa aos olhos dos outros que estavam apenas esperando para ver este milagre. Eu sei que eu ainda necessito parar de duvidar em TUDO e DEIXÁ-LO realizar Seus milagres.

Eu tinha começado a escrever meu testemunho antes do casamento realmente acontecer, porque desta vez eu sabia que o medo tinha que ser superado para que Sua Vontade fosse feita. Eu fiquei com medo de compartilhar a notícia do noivado com o pai do meu filho com as pessoas, caso não acontecesse de verdade; mas durante todo o verão, todas as palavras que eu estava lendo me lembravam para lutar contra o medo. Eu até mesmo quebrei a minha mão esquerda duas semanas antes do nosso casamento e fiquei realmente assustada achando que Deus estava me dizendo para parar. Novamente eu senti medo e medo vem do inimigo. Este sentimento foi também confirmado quando eu escrevi para Erin (ela é amiga íntima de nossa família), e O ouvi me dizendo que de todo mundo que deveria saber da notícia, ela merecia saber que todos os milagres eram devidos a este ministério. Ela respondeu e simplesmente me enviou um link para que eu preenchesse o formulário com o meu testemunho.:) Foi minha mãe quem começou a me enviar o Encorajamento Diário e me deu o livro Como Deus Pode e Vai Restaurar seu Casamento.

No meu aniversário, depois de passar o verão inteiro dizendo ao pai do meu filho que eu não iria morar com ele, que eu não seria nem sua namorada antes de nos casarmos, ele organizou um jantar e um pouquinho antes de chegarmos lá, ele parou o carro e me fez o pedido de casamento. Dois dias depois eu sofri um acidente de bicicleta e quebrei minha mão e não estava conseguindo nem andar por duas semanas. Nosso casamento seria em três semanas, e uma semana antes eu voltei ao hospital para ver como estava indo minha recuperação, e descobri que a fratura havia “desaparecido”. Esse foi outro sinal de que eu não deveria ter medo.

O livro Como Deus Pode e Vai Restaurar Seu Casamento  e Pela Palavra do Seu Testemunho era o que eu precisava para perceber que eu não deveria seguir em frente para uma outra vida, mas sim permanecer naquela que eu havia começado com a minha família. Os cursos online RRR me fortaleceram e os vídeos da Erin Seja Encorajada foram essenciais para quando eu ia para a cama à noite. Eu apreciei o fato de que há um recurso que pode ser usado a qualquer momento ou fase de nossas vidas. Muito obrigada!

Mesmo que todos estes materiais tenham sido criados para mulheres casadas, os princípios são basicamente os mesmos se você não for casada. Quando preenchi o meu Questionário de Avaliação de Casamento Gratuito, eu fiz essa pergunta: “Eu estou lendo o primeiro capítulo do livro “Como Deus Pode e Vai Restaurar Seu Casamento”  e também estou recebendo o Encorajamento Diário (“Meu Amado Devocional Diário”). Eu só queria saber se Deus realmente quer a minha família junta ou não, já que eu não sou  casada legalmente, mas temos um filho pequeno. Eu estou totalmente pronta a seguir esses passos de obediência, mas, como minha situação não é um casamento, como eu  posso seguir o que Ele deseja se talvez Ele nem queira que formemos uma família?”

Quando eu recebi minha avaliação de casamento de volta, a parte destacada explicou algo que foi  fundamental, que me mostrou como eu deveria pensar em  meu relacionamento, em comparação à situação das outras mulheres casadas que chegam ao ministério. Me foi dito o seguinte:

*** Tenha em mente que você deve pensar em seu relacionamento como uma mulher divorciada — já que isso omite alguns dos princípios reservados às mulheres legalmente casadas como uma proteção Dele para você 🙂 Seu Pai Celestial, que te deu por noiva ao Seu Filho, deseja protegê-la de continuar tendo intimidade com seu namorado, por exemplo. No entanto, quase todos os outros princípios se aplicam a você - especialmente porque vocês têm um filho juntos. Então, lembre-se, assim que o coração do seu namorado se inclinar novamente para você,  tenha em mente o que o Senhor deseja para você, e abstenha-se de qualquer intimidade até que se casem legalmente. Aqui está um Testemunho de Casamento RESTAURADO da  Sabrina na Geórgia, que te ajudará a se manter encorajada.

Eu fui criada como cristã e sempre fui uma verdadeira crente. Desde o início desta jornada, aprendi a me aproximar Dele, a torná-Lo o primeiro em minha vida e a compreender melhor Sua palavra (,mas ainda estou aprendendo a fazer tudo isso de uma maneira melhor).

Embora eu tenha sempre dado o dízimo, já que fazia parte da equipe do ministério (e todas as ministras dão o dízimo onde são espiritualmente alimentadas), eu sabia que esquecer de dizimar traria conseqüências ruins para todas, tanto para as colegas ministras como também para aquelas que veem aqui em busca de  ajuda.

Queridas noivas, embora eu tenha falhado REPETIDAS vezes em seguir os princípios e ser Sua noiva, Ele me ajudou a começar novamente e Ele irá ajudá-las também. E embora tenha doído recomeçar do zero, e também lidar com a rejeição humana, eu senti mais paz na segunda vez que recomecei, algo em mim estava diferente daquelas outras vezes em que falhei antes. Então, a minha mensagem é que, quanto mais próximas a Ele nós estivermos, mesmo quando caímos, mais podemos experimentar a paz!

Queridas noivas, não permitam que o medo vença. E não tentem fazer do seu jeito. Esses princípios são confiáveis porque eles são de Deus.

 ~ Valerie Landry em New York

Você nunca foi Casada Legalmente—

E agora mais do que nunca
Você se sente muito sozinha!

Talvez ele tenha dito que não te ama, ou você descobriu que ele está envolvido com outra mulher ou alguma outra coisa ainda mais devastadora. Ainda assim…

Não importa como você se sente  —
Você deve louvar a Deus!

Mesmo que você não sinta desejo de louvar, você sabia que existe um livro e um ministério baseados somente em como nossas vidas podem se transformar em um instante se simplesmente LOUVARMOS a Deus mesmo pelas coisas difíceis e terríveis que surgem em nosso caminho?

Agora deixe-me compartilhar algo que facilitará a atitude de LOUVAR A DEUS - você está realmente em uma posição MUITO melhor que 99.9% das mulheres que chegam ao nosso ministérios - mulheres que são casadas legalmente.

*Isso significa que você está em uma ÓTIMA posição!

POR QUÊ?

Por que apesar de que você iria preferir que o seu namorado ou noivo ainda estivesse morando/namorando com você, a ausência dele vai te dar MUITO mais tempo SOZINHA com o Senhor. E também vai te dar tempo de ESTUDAR para que sua mente seja renovada. Acredite, você está em uma posição melhor, mesmo que você não se “sinta” dessa maneira!

Um fato essencial: a separação dá tempo ao seu relacionamento para que ele seja CURADO. Essa cura é muito, muito importante - ela é vital.

É por isso que encorajamos as mulheres cujos maridos as deixaram, ou pediram para que elas fossem embora, a NÃO ENTRAREM EM CONTATO com seus maridos - por NENHUMA razão!

Se você quer que o seu relacionamento seja CURADO, NÃO entre em contato com o seu namorado ou noivo.

Apesar de haver muitas razões pelas quais você “sente” que deve contatá-lo por email, sms, um telefonema breve, ou mesmo mandar um recado através de alguém (como por exemplo o seu filho, um amigo, colega de trabalho ou familiar), fazer isso será como cutucar uma ferida!

E uma ferida que é cutucada sangra mais e deixa uma cicatriz, ou seja, uma lembrança ruim que não é esquecida.

Use esse tempo de separação para estudar, ler, e se sentar na presença do Senhor para que Ele possa curá-la e transformá-la.

Deus deu a você uma ENORME vantagem, acredite - agarre-a e corra com ela!

"Vocês não sabem que de todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio." 1 Coríntios 9:24

* E aqui está outra bênção!

Embora nós compreendamos que você deseja restaurar o seu relacionamento, e talvez até mesmo se casar, você faz parte do único grupo de mulheres que ainda têm uma ESCOLHA.

Muitas mulheres casadas nos dizem que elas desejam e amariam ter a liberdade de ‘partir para outra’ com outro homem. Mas essas mulheres estão ligadas a um contrato legal que fizeram e que do qual, o mais importante, Deus foi testemunha. Esse contrato foi ordenado para a proteção delas, e é o que as impede de "partir para outra". PORQUE, no caso delas, partir para outra é adultério. Como Deus explica nesse versículo.

“De sorte que, enquanto viver o marido, será chamado adúltera, se for de outro homem; mas, se ele morrer, ela está livre da lei, e assim não será adúltera se for de outro marido.”—Romanos 7:3

A verdade é que quando as mulheres se casam duas, três ou mais vezes, Deus sempre vê isso como adultério. E o adultério vem com uma longa lista de consequências que as mulheres sofrem e são forçadas a viver com elas (e os homens também) pelo resto de suas vidas.

“Eis que a lanço num leito de dores, e numa grande tribulação os que cometem adultério com ela, se não se arrependerem das suas obras;”—Apocalipse 2:22

Se você já foi casada antes, e estava apenas morando junto com esse homem atual, há boas notícias! Agora que você não está mais vivendo com ele, você não é mais uma adúltera! Você não irá mais sofrer as consequências de antes!

Porém, o principal motivo porque queremos te explicar sobre as consequências do adultério é para te ajudar a entender que quando você se casa há muita coisa em jogo. NÃO EXISTE UM PLANO B.

Não importa o que aconteça, uma vez que você se casar legalmente, você nunca mais será livre para casar com outro homem. Claro, muitas o fazem, muitas se casam de novo e de novo, muitas vezes, mas elas também vivem com as consequências. Não importa se elas escondem o casamento anterior ou não, as consequências do adultério estão ali.

Por isso nós estamos empolgadas para te dizer que você está em melhor posição que 99.9% das mulheres que vêm ao nosso ministério, que são ou que já foram casadas legalmente!!!

Você realmente tem a LIBERDADE de sair desse relacionamento e começar do zero, com tudo NOVO!

Não, não saia correndo e encontre um qualquer, mas dê um tempo suficiente para que você possa APRENDER, ESTUDAR e GUARDAR-SE para o seu futuro marido - um homem que queira se comprometer com seu relacionamento para que assim você possa estar protegida espiritual e legalmente.

Nosso objetivo é ter certeza de que você se torne um prêmio tão especial que você terá que ESCOLHER o melhor - o Melhor pode bem ser esse homem que você veio aqui em busca de restauração do seu relacionamento com ele! Deus ama nos dar os desejos de nossos corações!

"Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração."—Salmos 37:4

A chave para obter os desejos do seu coração, como você vê nesse versículo, é se deleitar no SENHOR. Certifique-se de não perder isso de vista porque, infelizmente, muitas mulheres perdem e é por isso que elas se vêem correndo atrás de homens que usam e abusam delas. VOCÊ MERECE MAIS!

Nós queremos te encorajar a se concentrar em perceber o quanto VOCÊ é especial - e isso significa que VOCÊ NUNCA DEVE ACEITAR alguém que não seja bom o suficiente para te merecer!

E não importa o que tenhamos feito em nosso passado! Seu sangue cobre TODOS OS NOSSOS PECADOS quando simplesmente pedimos perdão. E melhor ainda, o mais maravilhoso é que Ele deseja usar nossos pecados a nosso favor!

Deus nos disse: “Falai benignamente a Jerusalém, e bradai-lhe que já a sua malícia é acabada, que a sua iniquidade está expiada e que já recebeu em dobro da mão do Senhor, por todos os seus pecados.”—Isaías 40:2

Mas essa bênção só vai acontecer SE você estiver disposta a entrar pela porta estreita que nós revelamos para você. Se você estiver disposta a seguir o Caminho da Restauração que indicamos a todas as mulheres, não importa se estão casadas legalmente, separadas ou mesmo divorciadas.

"Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram."—Mateus 7:14

TENDÊNCIAS SOCIAIS NOVAS, MAS FATAIS

As mulheres estão correndo do casamento. Algumas acreditam que não querem se casar, enquanto outras simplesmente escolhem viver junto porque o namorado não quer se casar.

Essa é uma das tendências que cresce mais rapidamente em nossa sociedade, e que também traz resultados catastróficos. Apesar do que aconteceu com você parecer algo realmente horrível, Deus vai usar isso para o BEM!

Assim como acontece com o adultério, viver junto como se fosse legalmente casada traz muitos efeitos devastadores - e parece que todos eles recaem sobre a mulher - e nunca sobre o homem! Você já notou isso?

Basicamente, quando você vive junto com um homem, mas não está casada com ele legalmente, isso remove de sobre você a proteção garantida às mulheres que são legalmente casadas.

Mesmo que o nosso ministério sempre se concentre no lado espiritual de todas as coisas, muitas vezes temos visto ‘no natural’ os mesmos princípios e consequências se desenrolando.

Na maior parte, essa mesma proteção que você NÃO está tendo legalmente (por não ser legalmente casada) você também não está tendo espiritualmente.

Deixe-me dar um exemplo para ajudar a entender um pouco melhor. No juizado de pequenas causas nos Estados Unidos, hoje, a maior parte dos processos, é movido por mulheres procurando ajuda ou justiça quando seus companheiros ou namorados ou noivos (que viviam junto com elas) tiram vantagem delas.

INFELIZMENTE, em quase TODOS os casos os homens as abandonam sem ter que pagar nenhum tipo de restituição! E isso acontece porque não há nada que os vincule legalmente e não existe NENHUMA lei para obrigá-lo a fazer o que é certo!! As leis de proteção à mulher que temos se aplicam apenas quando um casamento se transforma em um "contrato" legal!

Apesar de nós não defendermos ou encorajarmos, na verdade nós desencorajamos fortemente, as mulheres a usarem o sistema judiciário para fazer justiça por elas, nós queremos usar esse fato como uma comparação. Nós descobrimos que é por isso que muitas relações NÃO melhoram para muitas mulheres - mulheres que mais tarde descobrimos que não eram casadas legalmente. Isso é o que nos levou a perguntar se elas eram LEGALMENTE casadas em nosso Questionário de Avaliação de Casamento e a escrever essa lição.

Embora nós também acreditemos fortemente que o casamento não deveria ser compreendido como um contrato legal, mas como uma condição do coração, nós sabemos, por anos de estudo intenso da Palavra de Deus, que Ele criou leis, leis espirituais que têm o mesmo efeito, bom ou mau, quando nós escolhemos segui-las ou ignorá-las.

As leis no nosso país foram criadas para proteger e abençoar aqueles que escolhem segui-las. E essas mesmas leis que as pessoas escolhem quebrar ou ignorar (frequentemente por não as conhecerem) vão trazer resultados catastróficos.

A VERDADE irá LIBERTÁ-LA!

Eis aqui uma promessa tremenda que nós queremos que você abrace:

“Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos.  E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará”.”—João 8:31-32

Entre pela Porta Estreita

Agora é a hora de você viver a verdade para conseguir entrar pela porta estreita que vai levá-la à sua restauração!!

Uma coisa que observamos ao ler os “Questionários de Avaliação de Casamento”, é que mulheres que nunca foram casadas chamam seus companheiros de maridos e seu relacionamentos de “casamento”.


Isso realmente importa?

Bem, SIM. Para poder entrar pelo CAMINHO ESTREITO, que leva à vida e à sua restauração, é muito importante que você comece a falar e a escrever e a pensar somente o que é verdade.

Não diga ou finja que você é ou foi casada. Porque....

• Você não merece ter uma imitação de casamento ou um casamento inválido. Você merece uma cerimônia e uma aliança e um homem que estará tão preocupado em te perder que correrá para o altar para se casar com você!

• Você merece um homem que irá apreciá-la e tratá-la como a princesa que você é!!

• Você merece a proteção de Deus e a "proteção legal" da próxima vez em que você entrar num relacionamento amoroso e duradouro!

• Você precisa entrar pela PORTA ESTREITA para encontrar o que o Deus da Restauração quer dar a você!!

CONCLUSÃO

1. Dê a Deus, e dê a você mesma, TEMPO para um “fazer novo” espiritual!

2. Deus quer elevar o padrão e, portanto, não é qualquer homem que terá a oportunidade e que estará à altura para eventualmente ganhar a sua mão em casamento - e para tratá-la como a princesa em que Deus quer te transformar!

Então, use esse tempo para estudar, ler e se sentar na presença de Deus para que Ele possa te curar e te transformar.

E lembre-se do que nós já te dissemos:

Deus deu a você uma ENORME vantagem, acredite - agarre-a e corra com ela!

"Vocês não sabem que de todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio." 1 Coríntios 9:24

Entendendo os Princípios da Aliança de Casamento

NÃO SOU CASADA LEGALMENTE

Se você NÃO for legalmente casada, nós te encorajamos a tirar essa aliança que você pode ter usado para representar um anel de casamento.

• Não importa se você nunca teve aliança, ou se você tirou a sua aliança porque estava magoada ou irritada ou por qualquer outro motivo.

• Não importa se você se "considera" casada, o engano é simplesmente uma mentira e nada de bom pode jamais advir disso.

Mais uma vez, se você não está atualmente casada legalmente, nós a encorajamos a tirar a sua aliança, o que abrirá espaço para que o Senhor providencie uma nova para você! Deixar de lado aquilo que não é real, abrirá as portas para que Ele a abençoe ricamente!

“...E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará.” João 8:32

Agora é hora de Clicar Aqui e derramar o seu coração para o Senhor ao preencher o seu formulário “O que Eu Aprendi”.