Como tudo isso começou?

Tudo começou quando eu me tornei insuportável, contenciosa, briguenta, mandona e sem respeito algum por meu marido e tudo isso com menos de 1 ano de casamento. Ele é um homem muito bem humorado e sempre está brincando e fazendo piadas (uma das coisas que me chamou atenção nele quando começamos a namorar na faculdade), e eu confundia isso, achava que ele não era digno de respeito, pois vivia brincando.

Meu marido não é cristão e isso sempre me chateou, eu era uma fariséia e via ele como um pobre pecador e eu me sentia superior a ele, pois me achava espiritual, achava que uma hora ou outra eu iria “influenciá-lo”, pobre e miserável eu, estava derrubando dia a dia meu lar e não via, eu estava completamente cega pela religiosidade!

Um casal de amigos dele nos convidou para uma viagem e na época do convite eu aceitei, então mais para frente eu fui convidada para pregar em um culto jovem, quando meu marido me lembrou da viagem eu pude perceber que seria no final de semana que eu pregaria! Eu logo fui dizendo que não iria para a tal viagem, pois tinha que pregar no culto de sábado de manhã e que ele também não iria. Reforcei isso na frente dos amigos dele, que horror!!!! Como me arrependo de ter sido tão tola.

A partir daí, meu marido que até ia aos domingos para a igreja comigo, deixou de ir e deixou claro que as coisas iriam mudar. Eu sei que houve muita influência dos amigos, não estou me isentando da culpa.

Brigávamos muito, eu o confrontava, dizia que ele se arrependeria, pois Deus estava do meu lado. Eu apontava os erros dele e não via que eu tinha uma trave em meus olhos, eu sentia desespero, raiva e uma profunda tristeza.

Até que meu marido disse que não queria mais estar casado e queria a separação, isso foi como um soco na boca do meu estômago, eu não sentia o chão, a cada palavra dele eu sentia meu corpo levitando e eu não acreditei que era para valer.

Como Deus transformou você & Ele transformou a sua situação conforme você O buscou de todo o coração?

A partir daí, comecei a buscar Deus em oração e pedi direcionamento do Senhor, até que um dia enquanto estava buscando informações na internet sobre casamentos restaurados encontrei o RMI. Meu Deus quando li a “home” do site, aquilo era para mim e eu tinha certeza de que era de Deus! Comecei a ler o livro “Como Deus Pode e Vai Restaurar Seu Casamento” e também “Uma Mulher Sábia”,tudo tão forte e revelador! Os meus pecados estavam ali, tudo o que eu achava que era, era uma mentira! Eu apenas falava e queria que os outros fizessem (principalmente meu MT), mas eu mesma não tinha um relacionamento com Deus, estava longe do Meu Amado Celestial, não orava, não lia a palavra mais...jejum? Nem pensar! Tudo aquilo foi doloroso demais, pois ali era revelado que fui eu a responsável por toda a queda da minha casa.

Com o início da leitura do livro a guerra começou, eu comecei a seguir os princípios e me apegar as promessas que estão na Bíblia, entreguei meu marido ao Senhor, deixei ir, me tornei quieta, passei a ouvir mais meu marido. Aqui enquanto eu lutava para ser submissa, eu não estava fazendo do modo certo e sem saber eu estava irritando meu MT, e ele falou para mim que eu não era submissa, que aquilo era fingimento! Isso me doeu tanto meninas, mesmo eu não tendo a intenção eu não estava sendo eu mesma. Foi aí que pedi direcionamento ao Senhor e Ele me mostrou que eu precisava ser natural, eu mesma! Continuei orando, jejuando e crendo. Até que um dia, meu marido disse que queria tentar de novo. Amadas de alguma forma eu sabia que a batalha não tinha terminado, ele voltou a dormir comigo, a ficar um pouco mais em casa, mas nada mudou! “Senhor me socorre, eu não vou aguentar” era o que eu falava ao meu MC, e eu simplesmente deixei ir. Neste período que ele queria a segunda chance ele já havia me pedido para deixar nossa casa, e isso martelava em minha mente e eu sentia um medo terrível dele voltar atrás e agora pedir o divórcio. Eu não tinha deixado ir por completo.

Foi então que, um certo dia ele chegou de madrugada, me acordou e disse que realmente não dava mais e que ele não estava conseguindo relaxar comigo e que queria a separação. Ele me pediu para não causar alarde e me ajudaria no que pudesse. Eu já esperava isso, uma vez que o Senhor já havia colocado em meu coração isso. Concordei e comecei a procurar casas. Até que um dia ele estava no celular do lado de fora de casa, sussurrando, e eu surtei! Gritei com ele, o acusei, disse coisas pesadas as quais sei que o magoaram. Ele ficou furioso e disse que queria que eu saísse até o final da semana.

Diante desse meu retrocesso eu me humilhei na presença do Senhor, pedi perdão ao meu Amado e também ao meu MT. Encontrei uma casinha e me mudei, a partir ai eu fui realmente tratada pelo Senhor, que período revelador amadas, ao mesmo tempo que foi difícil,  foi maravilhoso! Foi ali sozinha que vi a mão do Senhor inúmeras vezes, que ouvi Ele falar comigo, que senti Sua companhia, Seu amor! Deixei ir como nunca antes! Meu foco era agradar meu MC, era cultivar dia a dia um relacionamento sincero com Ele! Quanto amor eu senti, quão amada me senti, o Seu abraço eu senti, glória a Deus.

Quais os princípios, da Palavra de Deus (ou princípios dos nossos recursos), que o Senhor te ensinou durante essa provação?

Foram tantos!  Mas o princípio mais revelador foi o de deixar ir! Aprendi a esperar em Deus, aprendi a levar tudo ao Senhor primeiramente, aprendi a falar menos e escutar mais, aprendi que meu MC é tudo o que preciso e que tudo o que Ele permite acontecer é para nosso bem.

Quais foram as horas mais difíceis que o Senhor te ajudou a atravessar?

Certamente as horas mais difíceis era quando meu MT saia e dormia fora, quando ele falava e repetia todos os dias que não queria mais e que eu deveria sair de casa.

Qual foi o "ponto de virada" de sua restauração ?

Quando eu deixei ir totalmente! Mas digo deixar ir de verdade. O ponto de virada foi quando tudo o que tinha era meu MC, quando eu literalmente disse a Ele que o que Ele permitisse estava ótimo.

Quando tirei o foco do meu MT e coloquei no MC.

Quando construímos (o Senhor e eu) um relacionamento real!

Compartilhe conosco COMO isso aconteceu. Seu marido simplesmente apareceu? Você suspeitou que isso estava perto de acontecer?

Até que um dia, quase um mês após estar morando só, meu MC me deu a palavra“Eis que tenho começado a dar-te, começa a possuir” – Deuteronômio 2:31, neste mesmo dia ao sair do trabalho, eu senti que meu MT havia me enviado uma mensagem e quando cheguei em casa, após quase um mês ele me procurou. Eu o respondi calmamente e tranquilamente sem alardes.

Ele queria me entregar pessoalmente meu RG e disse que queria que fosse naquele dia, eu disse que poderíamos nos encontrar outro dia para ele me entregar o documento, só que ele queria entregar naquele mesmo dia. Antes dele chegar orei ao meu Amado e entreguei aquele encontro em Suas mãos. Ele foi em casa me entregou o RG e para minha surpresa me entregou junto nossa certidão de casamento.   Eu estava reluzindo a luz do meu MC, então meu MT perguntou várias vezes porque não o procurei. Conversamos, rimos e então ele me beijou, tivemos intimidade e ele dormiu em casa.

Amadas a partir daquele dia, foi uma nova luta, mas continuei firme em oração, pois durante os 5 meses adiante ficamos nesta situação, nos encontrávamos, dormíamos juntos, saíamos. Ele até ía na casa da minha mãe, porém ele não falava nada sobre voltarmos. Segui os princípios com mais afinco ainda, pois eu sabia, eu sentia que a palavra que o melhor Marido do mundo todo me deu estava se cumprindo: “Eis que tenho começado a dar-te, começa a possuir”. Amadas como vale a pena ser fiel!

Quanto mais eu buscava ao nosso Amado, mais meu MT me procurava e então um dia nos vimos e simplesmente ele sumiu, durante uma semana não ligou, não mandou mensagem e não me procurou de forma alguma, eu me perguntava se estava certa em não procurá-lo e o nosso Amado me dizia em meu coração que sim!

Até que um dia antes de minha luta completar 1 ano, ele disse que queria conversar, pois via que eu realmente não queria nada com ele, que eu falava que gostava de estar junto mas demonstrava o contrário, ele disse que estava se sentindo inconveniente e queria acertar e formalizar tudo. Ali confesso que senti um frio na barriga e tinha certeza que ele queria o divórcio. Mas não me acovardei e não estava preocupada! Meu coração estava alegre, pois eu sabia que meu Amado tinha e tem o melhor para mim.

Eu me prostrei aos pés do Senhor e orei dizendo que se meu MT quisesse o divórcio eu não lutaria contra, eu apenas gritava que eu queria a vontade Dele e que se Ele achasse que eu deveria passar por isso eu dizia sim! Meninas que Deus tremendo, somente Ele mesmo para nos transformar tanto.

No dia seguinte (1 dia para completar 1 ano de luta), nos encontramos em nossa casa, ele estava com a face cerrada, bravo e eu já cheguei quebrando o gelo, o abracei e beijei, estava flutuando de amor pelo meu MC, eu estava tranquila e serena... Quando nos sentamos para conversar ele repetiu as mesmas coisas e disse que eu não o queria por perto. Quando ele deu espaço para eu falar, eu apenas disse que meus sentimentos não haviam mudado, mas sim foi transformado! Disse que meu amor já não era mais o mesmo, um amor que impõe, que luta na força, mas que era agora um amor puro e que esse amor não queria o ter por perto a força, disse que o amava tanto que queria apenas o ver feliz e se essa felicidade estava longe de mim eu respeitava. Neste momento ele ficou visivelmente atônito e sem palavras.

Foi então que para minha total surpresa ele disse que não queria estar longe de mim e que não queria mais a separação! Queria que eu voltasse para casa. Glória a Deus!

Eu não conseguia me aguentar de tanta gratidão minhas lindas, mas me controlei e apenas disse que tudo bem.

Enfim pedi a rescisão do contrato de locação do imóvel que eu estava e já faz pouco mais de um mês que meu casamento foi restaurado!

Graças ao meu MC estamos nos dando muito bem e tudo tem fluído. Apenas sinto falta dos momentos a sós com meu Grande Amor! Tenho lutado para me adaptar a minha “nova realidade a três”.

Eu só quero continuar amando meu Amor, meu Primeiro Amor!

Você recomendaria algum dos nossos materiais em particular que te ajudou?

Certamente! Vocês minha amadas são mulheres de Deus e seus materiais são inspirações vindas diretamente da Palavra de Deus.

Você  estariam interessadas em ajudar a encorajar outras mulheres?

Sim! De todo meu coração.

De qualquer forma, qual o tipo de encorajamento que você gostaria de deixar para as mulheres, em conclusão?

Amadas, vivemos tantas fases em nossas vidas, fases difíceis e fases de alegria plena e em tudo precisamos dar glórias a Deus!

Sei que existem momentos que são muito doloridos e não temos vontade de continuar, mas Deus quer e irá restaurar seu casamento se você permanecer firme, firme em Sua Palavra e em Suas promessas. Tenha um relacionamento sincero e contínuo com o Senhor, você será diariamente revigorada com isso. Levante-se e siga! Deus é Poderoso para fazer infinitamente mais do que você espera ou imagina.

Eu creio na restauração do seu casamento.

~ Uma Renovadora em São Paulo.