Esta história de salvação não é sobre meu irmão John, mas sobre o irmão da minha nora. Em uma história futura, espero compartilhar um dos mais surpreendentes TESTEMUNHOS de salvação que já presenciei, que é sobre o pai dela que foi salvo na Última Hora, apenas algumas semanas antes de morrer de câncer pancreático.

Deixe-me começar compartilhando a primeira vez que encontrei John, que estava no casamento do meu filho. John foi quem conduziu a noiva ao altar (até metade do caminho). John conduziu sua irmã e em seguida a entregou a seu pai (que só foi capaz de conduzi-la metade do corredor). Daquele ponto, o seu pai terminou a caminhada devagar e colocou a mão da filha na mão do meu filho porque ele estava muito doente.

Na recepção, senti-me muito próxima desse jovem rapaz John, como um amor único que Ele me dera pelos quatro filhos que em breve (basicamente) ficariam órfãos. A mãe deles não estava no casamento, pois ela está há anos muito doente e atualmente está sendo cuidada em um lar de idosos.

Dispensável dizer que, sem os pais e sendo um jovem, John sucumbiu a todo tipo de mal. Não havia muito que alguém pudesse fazer, embora muitos tentaram ajudá-lo com sua perda e em seus anos de juventude. No final, como muitos, ele simplesmente precisava atingir o fundo do poço.

Mas não é onde todos nós temos que estar antes de clamarmos e estarmos prontos para que Ele faça uma transformação em nossas vidas? Não é até onde Matt, um viciado em heroína, precisava chegar antes de estar pronto?

Então, de repente, a hora marcada chegou quando tudo mudou na vida de John. Tão radicalmente quanto John viveu em pecado e para o pecado, ele de repente e completamente começou a viver radicalmente para o Senhor! John logo se envolveu com um grupo de ex-viciados em drogas e até começou a compartilhar seu testemunho nas igrejas locais!

John disse mais tarde que ele tinha ido ao altar muitas vezes antes, mas nada nunca mudava. Então, lembre-se, forçar o seu ente querido a ir à igreja, arrastá-lo para o altar ou qualquer esforço de nossa parte significa que você não verá nenhuma mudança porque, desse jeito, eles não irão encontrá-LO do mesmo modo que um encontro verdadeiro acontece e um relacionamento real começa.

Nessa época, acredito que todas as irmãs de John eram cristãs quando o pai faleceu, o que também incluía alguns dos maridos de suas irmãs, alguns até estavam no ministério em tempo integral. Até onde eu sei, nenhuma de suas ajudas diretas ou influência nunca tiveram um fator decisivo na decisão de John de buscar pessoalmente ao Senhor. Ele simplesmente veio ao lugar, na hora marcada, para mudar sua vida.

Como um João Batista dos dias atuais quando alguém segue por um caminho de pecado, por algum tempo, Deus pode usar esses indivíduos especiais como evangelistas! Um dos evangelistas mais poderosos que eu conheci que mudou muitas vidas foi quando éramos membros de uma igreja depois que eclodiu um reavivamento mundial. Este homem, um ex-viciado em drogas, um traficante era tão compreensível tão usado pelo Senhor,  e isso mudou depois que ele foi participar do Desafio Jovem, por força de uma ordem judicial, o qual eu mencionei em Viciado em Heroína.

Então, se você tem um ente querido que é alguém que você nunca poderia imaginar que se torne um seguidor fervoroso do Senhor, então esses preciosos indivíduos podem se tornar um catalisador para as almas perdidas e desesperadas que precisam de Seu amor. Cada vez que suas vidas parecem piorar, acredite no que Ele diz em Efésios 3:20

ARC—

“Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera". 

NTLH—

“E agora, que a glória seja dada a Deus, o qual, por meio do seu poder que age em nós, pode fazer muito mais do que nós pedimos ou até pensamos!"

É verdade que há pastores que Deus usa, que são os indivíduos estáveis, que são a rocha sólida, que vivem uma vida (basicamente) boa e então são chamados ao ministério para pastorear um rebanho de crentes. Mas para motivar e atrair os verdadeiramente perdidos, Deus usa aqueles homens e mulheres que se desviaram muito do caminho, aqueles que foram MUITO perdoados. Estas são as pessoas que são as mais sinceras em seus testemunhos e, de muitas maneiras, trazem mais almas para conhecer o Senhor devido à sua paixão pelo Senhor, e especialmente pelo testemunho de uma vida transformada devido ao Seu amor!

Como Apocalipse 12:11 diz: "E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram a sua vida até à morte". Muitos enfrentaram a morte devido a seus estilos de vida imprudentes e venceram esses tempos, com um testemunho que vai além do que qualquer um de nós poderia imaginar.

ATUALIZAÇÃO sobre John: Devido a não conhecer todos os detalhes de sua transformação, mas sabendo de alguns detalhes pelo meu filho e minha nora, eu decidi simplesmente pedir ao Senhor que permitisse que eu visse John e ouvisse dele pessoalmente o que o Senhor havia feito.

Não é de surpreender (ainda que eu sempre me surpreenda), que uma oportunidade surgiu. Ele me levou a oferecer uns dias de descanso na casa de praia que meu MC havia me dado. Na manhã em que John chegou, eu fiz as malas e saí da casa de praia e fiquei com minha filha enquanto John e meu filho, seu cunhado, se acomodavam. Perto do final de sua estadia, eu pude oferecer um jantar a ele e ouvir em primeira mão as incríveis e maravilhosas façanhas de uma vida completamente e totalmente transformada!

Felizmente, os "detalhes" Deus sempre teve a intenção de usar para ajudar outros jovens que estão presos nesta mesma cova de pecado e também dar ESPERANÇA às famílias. John, guiado por Seu Espírito, sem dúvida, deixou muitos detalhes "relacionados a drogas" de fora, já que não eram necessários para a história.

Primeiro, a transformação física geral foi tão drástica que se John não estivesse sentado com meu filho, eu nunca o teria reconhecido! Ele parecia saudável, forte, mas era seu rosto, seu sorriso, que brilhava!! Eu pedi um abraço no mesmo instante, e depois do nosso abraço, ele apenas começou a me agradecer pela minha generosidade, o que é claro nós imediatamente agradecemos a Ele!

John e meu filho começaram compartilhando como John se levantava cedo para se encontrar com o Senhor todas as manhãs (onde eu me encontrava com Ele) enquanto assistia a gloriosa criação de DEUS despertar. Tudo que eu pude fazer foi sorrir com lágrimas nos olhos enquanto eu o ouvia e seu rosto se iluminava.

No entanto, assim que pude, não querendo perder esta oportunidade única, pedi a John que compartilhasse seu testemunho. Foi quando seu rosto realmente se iluminou e sua paixão começou a espalhar e incendiar o ar ao nosso redor. Se há uma coisa que eu absolutamente amo e busco são aqueles que, como Maria Madalena, tem muitos pecados perdoados e agora se sentam aos seus pés, lavando-os com suas lágrimas. Eu amo isso porque reacende minha paixão por Ele de novo e recarrega minha energia para me ajudar na minha busca ao longo da vida, que todos experimentem Seu AMOR.

Provavelmente, a parte mais surpreendente do que John compartilhou foi a influência que meu filho teve sobre ele. Eu sabia que meu filho sempre se encontrava com ele, fazendo amizade com ele. Então John disse, referindo-se ao meu filho: "Ele nunca me condenou ou me desafiou ou pregou, mas quando eu tinha uma pergunta, ele respondia com o que dizia na Bíblia. Simplesmente como fato, não contestando a maneira como eu estava vivendo." Testemunhar essa firmeza em meu filho é algo que John disse que ajudou quando ele estava pronto para mudar sua vida.

Devido à sabedoria que o Senhor deu a John, embora eu saiba que havia muito de sua história que tratava de sua promiscuidade e de satisfazer sua necessidade de amor estando com muitas mulheres, ele apenas se referiu a isso ligeiramente. Eu acredito que quando ele compartilha seu testemunho com homens que vivem como ele vivia, ele compartilha mais porque eles podem se ver nele. O que ele compartilhou mais foi o uso intenso de drogas que o levou ao tráfico de drogas. Na verdade, ele e seus amigos ligados à droga alugaram um duplex, onde em uma parte eles vendiam as drogas e na outra eles dormiam no chão em uma horrível imundície.

Outra parte que eu não sabia era que em determinado momento John estava indo muito bem. Por favor, não se esqueça de notar o que ele nos disse, John foi "abençoado" com um carro novo, um trabalho respeitável, muito bem remunerado, mas ele ainda estava envolvido com a questão das drogas e se envolvia com muitas mulheres.

Eu tenho certeza que a família viu isso e se perguntou sobre essa mudança em sua vida como algo intrigante. Se o seu ente querido tiver uma ascensão, apenas mantenha os olhos no Senhor para concluir o Seu plano e concluir o que Ele começou. Não fique no caminho dele, não tente orientar um ente querido de um jeito ou de outro. Apenas preste atenção nas oportunidades para amá-los com o SEU Amor. João 3:17 NVI “Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele.”

Logo depois que Deus o abençoou, o que finalmente o levou ao arrependimento, ele perdeu uma grande conta que ele precisava e foi quando John pediu a Deus para ajudá-lo .... continua ....por John.

Minha história

Enquanto crescia, eu não me lembro de procurar a Deus. Houve um tempo em que íamos à igreja todos os domingos, e eu me lembro de alguns cultos, mas depois de alguns problemas com a igreja, nossa família saiu da igreja e nunca mais voltou.

Meus pais estavam muito ocupados perseguindo seus sonhos. Para a maioria, teria parecido que os tínhamos encontrado. Nós tínhamos uma linda casa em um bairro perfeito. Nós éramos uma família de um pai de sucesso, uma mãe carinhosa, três meninas bonitas e um menino. Mamãe era muito participativa em nossas vidas, e parecia que nós tínhamos tudo, mas nada poderia estar mais longe da verdade. Nossas vidas em casa eram caóticas, para dizer o melhor. Nossos pais brigavam constantemente, até que um dia chegou ao ponto em que era demais. Eu tinha 9 anos quando meus pais decidiram se divorciar e, a partir daquele momento, minha vida passou a ser viver por períodos curtos de tempo em casas aleatórias, cada uma de um dos novos namorados de minha mãe.

Minhas irmãs tinham idade suficiente para escolher com quem morar, mas eu sendo tão jovem fui forçado a morar com minha mãe. Pelo que entendi, foi por isso que uma das minhas irmãs ficou comigo, para que eu não tivesse que passar por aquela experiência sozinho. Minha mãe nos fez passar por muitas coisas nos anos seguintes, embora mais tarde descobrimos que não foi exatamente culpa dela. Minha mãe estava sofrendo de uma doença horrível, que havia afetado severamente seu estado mental e ela foi piorando  cada vez mais. Ela inventava histórias de que meu pai estava tentando matá-la e ela acreditava completamente que essas histórias eram verdadeiras. Ela arrastava minha irmã e eu para seu quarto e nos contava essas histórias durante horas e horas. Era uma rotina diária que nós acabamos nos acostumamos também.

Então, depois de anos de luta, aquela época finalmente chegou ao fim quando meu pai ganhou a minha custódia. Pela primeira vez em anos, minha irmã e eu tivemos alguma estabilidade. Quando nos reunimos com minhas irmãs mais velhas, notei algo interessante acontecendo em suas vidas. Uma de minhas irmãs estava fortemente envolvida em sua igreja, e isso começou a mudar a dinâmica de nossa casa. Ela rapidamente se tornou a "espiritual" da família.

Os anos se passaram e eu comecei a tocar violão, entrei em uma banda e, naturalmente, antes que eu pudesse perceber, eu estava bebendo e fumando maconha; não regularmente, mas quando eu podia. Todas as “lendas do rock” que eu conhecia usavam drogas, e eu queria descobrir por que isso era tão atraente. Lembro-me de algumas vezes ir à igreja com minha irmã e cada vez que eu ia, eu era confrontado com a verdade que eu sabia que precisava fazer algumas mudanças em minha vida. Eu realmente não queria desistir da minha vida. Houve um tempo em que posso dizer que realmente eu sentia muito pela maneira como eu estava vivendo a minha vida. Aconteceu em uma manhã de domingo durante o culto quando eles me chamaram, e eu fui à frente e fiz uma profissão de fé. Mas, não foi uma confissão verdadeira porque não houve arrependimento. Eu havia saido, mas logo em seguida voltei. E foi aí quando tudo foi piorando lentamente.

O ano era 2009. Eu estou no meu quarto, meu pai abre a minha porta e espera que eu pause o meu video game. As palavras me atingiram com força, "eu tenho câncer de pâncreas, e o médico me disse que tenho cerca de um ano para viver". "Ok ..." foi tudo o que eu conseguir dizer. Eu estava em choque. Os próximos 6 meses foram devastadores. Dia após dia, observei meu pai, o pilar que sustentava a nossa família, se deteriorando diante dos meus olhos. Aquele a quem eu corria em lágrimas eu estava agora enxugando as suas lágrimas enquanto discutíamos todas as coisas que ele esperava me ensinar para nos ajudar pelo resto de nossas vidas.

Então tudo mudou um dia quando eu saí do meu quarto, e lá estava o pastor de uma igreja local na sala conversando com meu pai. Obviamente confuso, eu disse ao meu pai que estava indo à casa de um amigo, e ele apenas olhou para mim com um grande sorriso e disse "ok". Obviamente, o que ele disse não foi estranho, foi a maneira como ele disse isso, meu pai estava diferente. Isso me assustou, então eu saí. Nos últimos seis meses de vida do meu pai, vi algo peculiar acontecer. Ele ficou mais feliz com o passar do tempo! A paz que meu pai agora tinha me confundiu, mas eu estava com muita raiva naquela época para pensar no porquê.

Quando meu pai morreu, minha vida realmente começou a piorar. Com uma mistura de depressão e falta de uma figura de autoridade em minha vida, mudei-me para um duplex com alguns colegas da minha banda. A festa começou com álcool, mas depois de descobrir que os nossos vizinhos eram traficantes de drogas, as coisas rapidamente foram de mal a pior. Logo depois que eu perdi meu emprego, minha banda se dissolveu e a depressão estava se instalando. Incapaz de pagar as contas, a energia foi cortada no meio do inverno. No entanto, tudo o que importava para mim era ficar chapado. Eu dormia enrolado no casaco velho do meu pai em um quarto com janelas quebradas onde a brisa gelada soprava no meu rosto enquanto eu tentava dormir. Quando acordava, tudo o que importava para mim era ir até a casa dos vizinhos, esperando que eles estivessem acordados também, para que eu pudesse pegar um acerto enquanto eles se preparavam para passar o dia deles chapados. Eu me tornei um abutre. Procurando moedas para comprar um pacote de miojo por dia, se tivesse sorte.

A avó de um dos caras ouviu falar sobre isso e comprou sacos de lanches Hostess vencidos. As mercearias pegavam seus lanches vencidos e cortavam as sacolas para que ninguém pudesse revendê-las. Você pode comprar um saco por 5 dólares para alimentar seus porcos como fazendeiro. Durante esse período da minha vida, foi disso que eu vivi. Você pode perguntar: "Como você pôde chegar a esse ponto?" "Isso não afetou você?" A verdade é que sim. Mas, quando eu usava drogas, o mundo parou naquela porta da frente. Nada parecia importar além da pessoa na minha frente ou o videogame na minha frente. Eu estava livre da culpa, livre da vergonha. Eu não tinha responsabilidades nem cuidados. Desde que eu permanecesse chapado, eu poderia lidar com a minha vida e onde eu acabaria. Quando olho para a minha vida, parece tão irreal. Eu nunca pretendi chegar a esse ponto.

Minha família se importava e queria ajudar, como quando fomos à Flórida para espalhar as cinzas de meu pai e, enquanto estávamos lá, minha irmã “espiritual” me confrontou. Infelizmente, quando você vive no mundo das drogas, você se torna bom em manipular. Essa é sua principal fonte de sobrevivência. Manipule para conseguir o que você quer, então se as pessoas gostarem de mim, elas me deixariam em paz. Se eles não o fizessem, eu os faria sentir pena de mim, e eles me alimentariam. Foi uma vitória. Não havia vergonha nem orgulho. Era sobrevivência pura e simples. Foi assim que eu vi aquele encontro com minha irmã. Eu a fiz sentir vergonha por me acusar quando eu disse: "Como você se atreve a me acusar de estar usando drogas?" "Como você pode dizer isso?" Eu não posso imaginar o que eu fiz com minha família naqueles anos.

Ainda me lembro de voltar para casa depois daquela viagem à Flórida. Eu fiquei sóbrio por uma semana porque estava com minha família, e eu não ficava sóbrio por mais de uma hora em muitos meses. Eu entro no duplex. Nada havia mudado. Dez ou mais caras estavam usando drogas. Outro amigo morreu. O ar tinha um cheiro horrível e eles tentavam disfarçá-lo com incenso, mas era inútil. Finalmente algo me ocorreu. Como eu cheguei até aqui?

Com certeza, você pensou que ali fui salvo, certo? Bem, sou teimoso não é. Meus pensamentos, naquele tempo eram que se eu apenas desse o meu melhor e saisse dessa situação, eu poderia finalmente ser feliz. Eu fui morar com minha madrasta e consegui um bom trabalho. As coisas correram bem por mais ou menos um ano e sem maiores incidentes; aluguei  um  apartamento e  estava indo bem. Mas percebo que não importa o quanto eu consiga ou quão bem eu esteja, sempre há essa anseio por mais. Não importa o quão bom o carro, eu preciso de um melhor. Não importa o quão linda a garota que eu namore seja, eu preciso de uma garota mais bonita. Festas maiores, tudo melhor e maior. Nada poderia me satisfazer. Então, eu comecei a fumar de novo, e em pouco tempo, eu estou entrando e saindo da prisão, novamente. Então eu tentei conseguir um trabalho com vendas que prometia salários de seis dígitos, mas não deu certo. Quando tudo começou a desmoronar, voltei a usar drogas.

Então minha vida começou a mudar ...

Eu tinha feito um novo amigo no local em que eu estava trabalhando vendendo casas de férias. Nós fumávamos e iamos à festas juntos, mas depois de um tempo a minha situação piorou quando ele começou a me dar carona até o trabalho. Rapidamente nos tornamos amigos e todos os dias, saíamos do trabalho, íamos à casa dele e fumavamos maconha. Nós nunca poderíamos imaginar o que os próximos meses tinham reservado ou o que estava para acontecer.

Chega a hora e eu estou sem dinheiro. Minha BMW foi apreendida, meu apartamento com pagamentos atrasados e até meus movéis seriam levados. Pela segunda vez, eu estava em um local que não podia pagar, um fracasso. Eu finalmente aceitei o fato de que eu não poderia fazer isso sozinho.

Nessa época, eu dizia a todos que eu era ateu, mas eu estava sem opções e não sabia o que fazer. Então, caí de joelhos e disse: "Deus, se o Senhor é real, me ajude a fazer uma venda no trabalho. Se o Senhor fizer isso, eu vou parar de festar e fazer essas coisas erradas.” (Eu fui mais específico na oração, mas era uma lista).

Deus não precisava fazer isso, mas apenas para me mostrar quem Ele era, eu fui para o trabalho no dia seguinte e consegui minha primeira venda nos três meses em que estava trabalhando para a empresa. Eu até lembro de ter contado isso a um senhor idoso no trabalho, e a resposta dele foi "John, você não pode negociar com Deus, Ele quer tudo ou nada". Eu o ignorei. Eu levei o que aconteceu como coincidência e fui para casa celebrar e quebrar todas as promessas que fiz a Deus. Mas de Deus não se zomba, no dia seguinte quando voltei ao trabalho, eles me disseram: “John sua venda foi cancelada. É melhor você começar a procurar um novo emprego”. Eu não conseguia acreditar.

Voltando para casa com meu amigo, e me abri para ele sobre tudo: clamar a Deus, fazer o acordo e depois recuar. Depois de explicar tudo, eu olhei para ele e sua mandíbula estava no chão. Ele não podia acreditar no que eu estava dizendo por algum motivo. Então, um pouco chocado pela forma como ele reagiu, perguntei: “Você quer ir à igreja comigo?” “SIM!” Essa não foi a resposta que eu esperava. Ele então me contou como ele e nosso negociante ficaram acordados por horas na noite anterior falando sobre Deus e como ele se sentiu como se quisesse ir à igreja, mas ele simplesmente não tinha ninguém para acompanhá-lo. Então, decidimos naquele momento que nós iríamos descobrir quem Deus era e o que Ele queria em nossas vidas.

Um mês depois, no entanto, voltei a fumar maconha novamente, mas Matt está na casa de nosso antigo vendedor, lendo a Bíblia dele, ainda tentando descobrir quem era Deus. Eles me chamaram para ir até lá, e naquela época, estava morando novamente com minha madrasta, na mesma rua. Eles me mostraram um testemunho no YouTube de um ministério local chamado Freeway. Eu fiquei chocado porque o cara que estava compartilhando seu testemunho era o antigo traficante de droga do meu revendedor. Depois de ouvir histórias sobre seu ex-traficante de drogas, nosso revendedor mostrou-nos um vídeo. Depois de dez minutos, eu percebi que se Deus podia mudar aquele cara, Ele poderia me mudar. Convencido, eu joguei a erva que eu tinha fora e abri uma Bíblia, daquele dia em diante a vida mudou. Não ficou fácil, mas mudou.

Nós começamos um estudo bíblico na casa do traficante onde assistíamos pela TV a um culto do ministério Freeway. Convidamos todos os nossos amigos das drogas e, antes que soubéssemos, tínhamos cerca de 25 pessoas indo fielmente a uma ex-boca de fumo para ouvir sermões pela TV e orar juntos. Até construímos um altar em frente à TV, de modo que, no final da mensagem, quando eles faziam uma chamada para altar, nossos amigos tinham um lugar para ir (era uma cadeira de plástico dobrável do Walmart...risos). Nós estávamos animados. Eu lia a Bíblia e depois ia para casa.

Durante esse tempo, minha madrasta tornou-se minha parceira de bebida e fumo. Mas quando minha vida mudou e a dela não, as coisas esquentaram. Eu voltava para casa e apenas dizia “Oi”. Toda vez que eu entrava pela porta, minha recém-descoberta convicção vinha comigo. Embora eu nunca tenha dito uma palavra contra ela, ela gritava comigo por julgá-la. Eu passava minhas noites fingindo estar dormindo, mas, na verdade, lia minha Bíblia enquanto ela batia na porta, tentando me fazer sair para me confrontar sobre quem eu pensava que eu era e as coisas terríveis que eu fiz.

Eventualmente, eu me mudei e lentamente Deus construiu uma vida para mim. Eu me mudei para o que é chamado de casa de discipulado dos homens. É um lugar onde os homens podem ir, que são comprometidos a aprender a andar com o Senhor. É muito rigoroso, e todo dia você está fazendo algum tipo de estudo bíblico ou servindo de alguma forma. Você aprende a cozinhar, limpar, manter um emprego, trabalhar duro. Mas, mais importante, você acorda e lê sua Bíblia. Você aprende a orar e confiar em Deus. Você aprende o que é ser um homem de Deus. Eu fui salvo a três anos atrás.

Desde então, as coisas mudaram, mas não para pior. Eu tenho conduzido o louvor para o mesmo ministério de evangelismo onde fui salvo. Eu estou disciplinando homens que são ex-viciados e os ajudando a ter um estilo de vida responsável e piedoso. Depois de ajudar a ensinar por um ano em uma classe de jovens adultos solteiros em minha igreja local, estou agora em uma rotina de pregação com o pastor de jovens enquanto ele está me orientando, além de ter a incrível oportunidade de entrar em um pequeno grupo de alunos do ensino médio, semanalmente, ensinando na Escola Dominical.

Há pouco mais de um ano, Deus me deu um incrível e vívido chamado no ministério, e minha paixão é a juventude. Eu ensino um estudo bíblico toda semana para homens que saíram da prisão e entraram na casa de discipulado, assim como para alguns homens de nossa igreja.

Não gosto de exaltar minha vida passada nem de falar do mal que fiz. Por favor, não tenha essa impressão. O que eu espero tirar disso é que não apenas qualquer um que se apega a Deus pode ser salvo mas que Deus é digno de nossa confiança. Tudo o que fiz foi quebrar um sonho após o outro. Eu não deveria ser um sucesso. Mas, quando fui salvo, levei um versículo muito a sério. Provérbios 3:5-6 “Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas”.

Depois de quebrar todos os sonhos que já tive, espero que meu passado seja uma prova de que não posso fazer isso sozinho. Então, esse fato que estou testemunhando, espero que seja um farol para o mundo que este Deus é um operador de milagres. Se Ele não fosse, como você explica o que eu acabei de testemunhar?

 

Diário