Leia o Testemunho de Casamento RESTAURADO
"Eu me agarrei à promessa Dele"

Esse testemunho foi tirado de um de nossos muitos livros
Palavra de Seu Testemunho
Para ajudar VOCÊ
A superar qualquer medo e dúvidas na
Habilidade e Desejo de Deus em
Restaurar SEU Casamento!

* Em Breve Palavra dos Seus Testemunhos.
Leia ao seu Encorajamento diário para o anúncio. 

Audio: Capítulo 1 “Minha Amada

Capítulo 1 "Minha Amada"

 

“Dou graças a Deus...sem cessar faço memória de ti
nas minhas orações noite e dia.
Desejando muito ver-te,
lembrando-me das tuas lágrimas,
para me encher de gozo.”
—2 Timóteo 1:2-4

wRYM-Portuguese-Cover

Amada Irmã em Cristo,

Não é por acaso que você está segurando este livro em suas mãos; é pela Providência Divina. Deus ouviu seu clamor por socorro, como Ele ouviu o meu, e veio para resgatá-la. As páginas a seguir irão guiá-la, como Ele guiou-me quando outros disseram que isto era completamente impossível.

O que Ele me pediu para fazer não foi fácil, nem será fácil para você. Mas se você quer um milagre em sua vida, isto pode acontecer. Se você quer um testemunho para compartilhar com outros a respeito da fidelidade de Deus, isto vai acontecer. Se você realmente deseja que Deus restaure um casamento que está desesperançado, então continue lendo. Deus pode e vai restaurar seu casamento, como Ele fez com o meu.

A Bíblia diz que “quanto ao Senhor, Seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com Ele” (2 Crônicas 16:9). Ele tem olhado para você para ajudá-la. Você está pronta?

Você precisará de uma obediência fervorosa. Você deverá entrar “pela porta estreita; porque larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem” (Mateus 7:13-14). É sua a escolha de seguir Seu caminho estreito agora ou de voltar atrás.

Este é o momento de escolher. “Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, amando ao Senhor teu Deus, dando ouvidos à Sua voz, e achegando-te a Ele; pois Ele é a tua vida, e o prolongamento dos teus dias...” (Deuteronômio 30:19-20).

Se você continua lendo e ainda não jogou longe este livro, então escolheu continuar. Há lágrimas em meus olhos enquanto penso na gloriosa ressurreição de seu casamento e de sua família que espera por você. Eu oro por bençãos sobre você. Espero que algum dia nos encontremos, seja neste ou no outro lado do “Paraíso”, onde não há mais lágrimas.

Querida irmã em Cristo Jesus, Deus pode e vai restaurar seu casamento: você tem Sua Palavra nisto. “Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito (...), mas até se a este monte disserdes: Ergue-te, e precipita-te no mar, assim será feito...” (Mateus 21:21).

Já que você está lendo este livro, presumo que esteja numa crise em sua vida e em seu casamento. Seu marido a deixou? Você o deixou ou pediu a ele que partisse? Talvez você tenha obtido este livro antes de um de vocês terem dado este passo drástico de partir, contudo você ou seu marido já falaram sobre divórcio durante uma briga. Você tem que acreditar que “todas as coisas (podem contribuir) juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o Seu propósito” (Romanos 8:28).

Enquanto você está passando por provações pessoais em seu casamento problemático, se deseja que as coisas cooperem para o bem, você deve amar a Deus em primeiro lugar e realmente querer o Seu propósito para a sua vida.

Neste momento, o Seu propósito é que você seja atraída para mais perto Dele, para permitir que Ele a transforme mais semelhantemente a Sua imagem. E tenha coragem, pois Deus disse: “Não te deixarei, nem te desampararei” (Hebreus 13:5). Deus não deixou de estar ao seu lado: “Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque Tu estás comigo” (Salmos 23:4).

Tenho certeza que o “vale da sombra da morte” descreve bem como você se sente a respeito de sua situação, mas Deus permitiu isto para o seu bem.

Somente depois, você brilhará visivelmente como o ouro. “Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações (provações), para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória” (1 Pedro 1:6-7).

A coisa mais importante a fazer agora é: “Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus” (Salmos 46:10). E então, siga o caminho de Deus. Garanta que tudo que você faz ou diz seja conforme as Escrituras; assegure-se de que você siga o que a Bíblia diz consistentemente.

Deus não tem nenhuma intenção de que seu casamento acabe. Lembre-se que o próprio Jesus disse: “Deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne. Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem” (Mateus 19:5-6). E também: “Porque o Senhor, o Deus de Israel, diz que odeia o repúdio (divórcio), (...) portanto guardai-vos em vosso espírito e não sejais desleais” (Malaquias 2:16).

Satanás é quem quer que seu casamento seja destruído, não o Senhor. Lembre-se que “o ladrão (Satanás) não vem senão a roubar, a matar, e a destruir. Eu (Jesus) vim para que tenham vida e a tenham com abundância” (João 10:10). Não acredite nas mentiras de Satanás: leve “cativo todo o entendimento à obediência a Cristo” (2 Coríntios 10:5).

Não permita que ele roube seu marido. Não permita que ele destrua sua família, sua vida, seus filhos e roube seu futuro. Acredite em mim e em outros que podem dizer-lhe por experiência própria que o divórcio destruirá seus filhos e roubará o futuro deles, assim como o seu.

Ao invés disto, siga o caminho de Deus. Tome o Senhor como seu marido, enquanto espera a restauração: “Pois o teu Criador é o teu marido...” (Isaías 54:5). “Porque os montes se retirarão e os outeiros serão abalados; porém a minha benignidade não se apartará de ti e a aliança da minha paz não mudará, diz o Senhor que se compadece de ti” (Isaías 54:10).

Medite profundamente na Bíblia, deixando o Senhor purificá-la “com a lavagem da água, pela Palavra” (Efésios 5:26). Ore e acredite no que as Escrituras dizem, não no que você vê: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem” (Hebreus 11:1). “Sem fé é impossível agradar (a Deus)...” (Hebreus 11:6).

Ninguém, a não ser Deus, sabe exatamente o que você está passando ou as respostas que você necessita agora. Através da oração (você simplesmente falando com Deus) e ouvindo a Ele (você lendo sua Palavra: a Bíblia), Ele pode conduzi-la à vitória que Ele tem para você. Não escolha seguir o que outros possam dizer, os do mundo, amigos na igreja ou qualquer conselheiro que lhe fale sobre algo que ouviu ou leu. Se você está orando e lendo a Palavra de Deus, Deus vai falar com você primeiro, no seu coração ou durante sua leitura da Palavra, e então alguém irá confirmar a direção na qual Ele está orientando você.

A maioria das pessoas, Cristãs ou não, dizem coisas que soam bem e parecem boas à carne. Mas se o que disserem não seguir as Escrituras, está errado! Você estará em areia movediça. “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios” (Salmos 1:1). Quando é de Deus, normalmente parece loucura (como acreditar em seu casamento quando outros dizem “caia fora!”) e isto sempre necessita da ajuda do Espírito Santo para efetuar.

Não aja impulsivamente ou apressadamente. Deus normalmente diz “Espere!”. Muitas vezes, durante a espera, Ele muda a situação. Deus disse que Ele é o “Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte” (Isaías 9:6). Você não quer o melhor? Você não gostaria de ter um conselheiro que conheça o futuro? Alguém que possa realmente mudar o coração do seu marido? Há somente Um que pode mostrar-lhe a direção certa. Confie Nele e Nele somente! Atualmente há MAIS casamentos destruídos na igreja do que há no mundo, então, não siga outro Cristão, conselheiro Cristão, ou pastor que dê o conselho do mundo ao invés do de Deus.

Infelizmente, muitos casamentos são destruídos por conselheiros matrimoniais Cristãos. Eles fazem você e seu marido falarem do passado e dizerem coisas que nunca deveriam ser ditas. Frases cruéis que são mentiras do inimigo ou sentimentos da carne. Então, após o conselheiro ouvir você dizer o que ele a induziu a dizer, dirá que não há solução para sua situação.

Se alguém (incluindo seu marido) disse a você que não há esperança para sua situação, então comece a louvar ao Senhor. Situações sem solução e sem esperança são exatamente o que o Senhor escolhe para mostrar Seu poder! “Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível!” (Mateus 19:26).

Trabalhe com Deus. E não acredite que, sem a ajuda ou a cooperação de seu marido, seu casamento não pode ser salvo ou aperfeiçoado. Nosso ministério foi fundado para aqueles que são o único parceiro buscando a restauração de seus casamentos! Tudo que é necessário é o seu coração e a força de Deus. “Quanto ao Senhor, Seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com Ele.” (2 Crônicas 16:9).

Tive o privilégio de ser “aconselhada” pelo Melhor Conselheiro e quero compartilhar um pouco do que Ele me disse através da Sua Palavra. Duas situações não são exatamente iguais, todavia, a Palavra de Deus se aplica a todas as situações. “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação; que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus” (2 Coríntios 1:3-4).

Busque Sua Palavra, depois de ter orado. “Pedi e dar-se-vos-á; buscai e encontrareis...” (Mateus 7:7). “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, lançada de uma para outra parte. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa. O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos” (Tiago 1:5-8).

Você tem que ter fé! E onde você obtém fé? Dele! Peça a Ele por fé, uma vez que “toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto” (Tiago 1:17).

A Palavra de Deus, Seus Princípios

Amada, quer você conheça a Bíblia bem ou nem sequer a tenha lido antes, a Bíblia somente deve ser seu guia para restaurar seu casamento. O Livro que você está lendo consiste de todos os versículos que o Senhor usou para guiar-me através do fogo da provação para minha restauração.

O Senhor mostrou-me que violei muitos dos princípios do casamento e Ele também mostrou-me outros pecados que eu não tinha consciência ou que nunca tinha lidado antes (através do arrependimento).  Todos estes pecados e violações levaram à destruição do meu casamento.

Isto é igual para TODAS as mulheres que encontram seus casamentos em pedaços ou completamente destruídos, incluindo você. Em breve você descobrirá, se não estiver ciente disto ainda, que não foi só seu marido que violou os princípios de Deus. Descobrirá, como eu, que você fez muito para contribuir para a destruição de seu casamento. Este entendimento será o ponto da virada, no momento em que você aceitar e olhar para seus pecados e não para os de seu marido.

A sabedoria que aprendi ao ler e reler os versículos da Bíblia que Senhor revelou a mim, ajudou-me a entender o que a Bíblia realmente era e o que eu precisava que fosse em minha vida – meu guia. A Bíblia é repleta das leis espirituais da criação do Senhor. Quando Deus criou o mundo, Ele não apenas o fez com leis físicas, como a lei da gravidade, Ele o criou com leis espirituais também.

Assim como violar as leis físicas da gravidade resultará em consequências, como a nossa queda ou a queda de um objeto, violar os princípios Bíblicos a respeito do casamento resulta na queda de nosso casamento.

Outra descoberta incrível foi que os métodos do mundo são sempre opostos aos métodos de Deus e de Sua Palavra. A maneira como você tem lidado com o abandono de seu marido, seu adultério, seu alcoolismo ou abuso de drogas, ou com os papéis de divórcio que ele entregou a você; mais do que parecida, é a mesma maneira com que qualquer pessoa no mundo teria lidado. O que você descobrirá, como eu descobri, é que isto é exatamente o oposto da maneira pela qual Deus pretendia que nossas provações fossem tratadas, com o propósito de alcançarmos a vitória. “...Esta é a vitória que vence o mundo – nossa fé” (1 João 5:4).

Quando comecei a seguir o método de Deus, que era o oposto do que todo mundo estava fazendo, então comecei a ver meu casamento sendo transformado. Os métodos do mundo SEMPRE resultam em destruição, mas os métodos de Deus SEMPRE produzem cura e restauração. “Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna” (Gálatas 6:8).

Preparei uma referência rápida neste capítulo para ajudá-la imediatamente a tirar seu casamento da crise. Estes princípios, se forem seguidos diligentemente, com um coração sincero e humilde, resultarão na imediata ou futura restauração de seu casamento. Isto é GARANTIDO, não por mim, mas por Deus em Sua Palavra.

O quanto mais uma mulher seguir estes princípios, mais restauração verá como resultado direto de sua obediência. Aquelas que permanecem em crise ou que nunca vêem seus casamentos serem restaurados, são aquelas que se recusam a acreditar e obedecer as leis espirituais de Deus ou que, erradamente, acreditam que estão acima das leis de Deus. Um dos vídeos de nossa série “Seja Encorajada” é voltado inteiramente para os testemunhos de erros que impediam mulheres de alcançar a restauração.

Se você é uma das que acredita fortemente que não está “debaixo da lei” e está, portanto, livre para violar as leis de Deus, “que isto nunca seja”!

“Pois que? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum” (Romanos 6:15).

“Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei” (Romanos 3:31).

De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?” (Romanos 6:2).

Aqueles que entenderam a lei da gravidade, aprenderam a elevar-se acima dela, o que resultou no homem ser capaz de voar. O Cristão que estuda a Palavra de Deus será elevado acima do mundo e deixará perplexo o descrente, que então buscará a Deus. Não obstante, a pessoa que acreditar que está acima da lei da gravidade e violá-la, pulando sem paraquedas de um avião, despencará para a morte. É por isto que tantos Cristãos vivem vidas cheias de destruição.

Creia e Obedeça

Se você é como muitas mulheres que desejam restaurar seus casamentos, você deve não apenas acreditar que Deus pode restaurar seu casamento, mas deve também obedecer a Sua Palavra. Este livro foi escrito por alguém que estava desesperada – desesperada por seguir a Palavra de Deus não importasse o que fosse!!! Você deseja seguir a Palavra de Deus não importando quanto custe? Não importando o quanto doa? A pergunta que você deve fazer a si é: ‘Quão importante é salvar meu casamento?’

Receber nada. Se você não obedece a Deus com uma obediência zelosa, não deve esperar receber nada do Senhor, porque é inconstante. “Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa. O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos” (Tiago 1:7-8). “Odeio os pensamentos vãos, mas amo a tua lei” (Salmos 119:113).

Fé através de minhas obras. Se você diz que tem fé para confiar em Deus a respeito de seu casamento, então ‘aja’ como se fosse assim. “Meus irmãos, que aproveita se alguém disser que tem fé e não tiver as obras? Porventura a fé pode salvá-lo? (...) Mas dirá alguém: Tu tens a fé e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras” (Tiago 2:14, 18). Há muitos testemunhos de mulheres que escolheram ‘acreditar’, ao invés de obedecer. Cada uma delas continua ‘acreditando’ em seus casamentos, mas NENHUM está restaurado!

Arranca-o e atira-o para longe de ti. Novamente, quão importante é seu desejo de ter um casamento restaurado? Você está desesperada o suficiente para fazer “o que for preciso” para salvá-lo? Se você não crê que Deus nos chamou para ter este tipo de obediência, olhe o que Jesus disse em Mateus 5:29-30: “Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti, pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno. E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um dos teus membros se perca do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.”

Através de todo o capítulo 5 do livro de Mateus, Jesus nos chama a uma obediência maior do que o que estava escrito no Velho Testamento. Leia-o para motivá-la a obedecer a ponto de parecer fanática. Se o que você faz atualmente não parece loucura para os outros, você deve se tornar mais radical em seu comprometimento com seu casamento, porque isto é o que é preciso!

Todas nós devemos ser como Pedro em nossa obediência. Toda vez que lhe era solicitado que fizesse algo, como permitir a Jesus lavar os seus pés, ele foi mais além! Ele até lançou-se ao mar quando Jesus pediu-lhe que descesse do barco. Ele foi o único que seguiu a Jesus com tal comprometimento zeloso. Mesmo assim, Jesus reprovou Pedro por sua pequena fé. Você é morna? “Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca” (Apocalipse 3:16).

Confie e creia que Deus pode e vai restaurar e reconstruir você, seu casamento e sua família. Deus não tem nenhuma outra pessoa aí fora para você, nem pensa que você escolheu a pessoa errada. “Porque a mulher que está sujeita ao marido, enquanto ele viver, está ligada a ele pela lei; mas, morto o marido, está livre da lei do marido. De sorte que, vivendo o marido, será chamada adúltera se for de outro marido; mas, morto o marido, livre está da lei, e assim não será adúltera, se for de outro marido” (Romanos 7:2-3).

Se você está pensando sobre casar novamente, isto não é uma opção. Este segundo casamento tem menos de 20% de chances de sobrevivência. Você terá uma chance de 8 para 10 de passar por outro doloroso divórcio! Então isto continua no número três e quatro. Pare agora seja qual for o número em que você esteja. Há uma saída melhor!

Ao invés, “Anima-te e Ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor” (Salmos 27:14, Salmos 31-24 e Isaías 35-4). “Dá-nos auxílio na angústia, porque vão é o socorro do homem. Em Deus faremos proezas; porque Ele é que pisará os nossos inimigos” (Salmos 60:11-12, Salmos 108-12). (Por favor, leia o Capítulo 11 - “Pois Eu Odeio o Divórcio”, para maiores esclarecimentos).

Não fale com outros sobre sua situação. Fale com Deus; busque em Sua Palavra a resposta. “Pedi e dar-se-vos-á” (Mateus 7:7 e Lucas 11:9). Ele é o “Maravilhoso, Conselheiro” (Isaías 9:6). “Não ande segundo o conselho dos ímpios” (Salmos 1:1). Não fale aos outros acerca de sua situação: “Que os difamadores não se estabeleçam na terra” (Salmos 140:11).

E também: “O coração do seu marido está nela confiado; assim ele não necessitará de despojo” (Provérbios 31:11). E mais: “Por tuas palavras serás justificado e por tuas palavras serás condenado” (Mateus 12:37). “O intrigante separa os maiores amigos” (Provérbios 16:28 e 17:9). (Veja o Capítulo 7 - “Bondade Em Sua Língua”, para maiores esclarecimentos. Tal esclarecimento não é opcional, mas essencial: “O Meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento.” Oséias 4:6.)

Peça a Deus por uma parceira de oração que creia em Deus com você pelo seu casamento. Fique longe dos grupos de solteiros!!! Você NÃO pertence a estes lugares se tem o desejo de restaurar seu casamento. Fique longe de ‘grupos de suporte’ que não passam de ‘festas de piedade’. Se você deseja que seu casamento seja restaurado, não freqüente grupos de reparação do divórcio que irão encorajá-la “a seguir adiante”. Você deve escolher agora se deseja ter esperança ou o término de seu casamento.

Ao invés de juntar-se a um grupo, recomendamos fortemente que você ore e peça ao Senhor por apenas uma outra mulher que vá ajudá-la. Tudo que eu tive foi apenas uma outra pessoa e o Senhor. Tudo que você precisa é uma outra pessoa e o Senhor! Você pode encontrar uma Parceira de Encorajamento, que compreenda o que você está vivendo, em nosso website.

Pare TODA discussão com seu marido! Este único princípio será o fator decisório a respeito da restauração de seu casamento. Há muitos versículos bíblicos sobre este tópico, páginas e mais páginas que eu poderia digitar para você. Aqui estão apenas alguns: “Concilia-te depressa com o teu adversário” (Mateus 5:25). “A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira” (Provérbios 15:1). “Como o soltar das águas é o início da contenda, assim, antes que sejas envolvido afasta-te da questão” (Provérbios 17:14). “Até o tolo, quando se cala, é reputado por sábio” (Provérbios 17:28).

A mulher virtuosa “abre a sua boca com sabedoria e a lei da beneficência está na sua língua” (Provérbios 31:26). “Honroso é para o homem desviar-se de questões, mas todo tolo é intrometido” (Provérbios 20:3). E mais: “Busca satisfazer seu próprio desejo aquele que se isola; ele se insurge contra toda sabedoria” (Provérbios 18:1). Você tem sido uma mulher contenciosa? (Veja o Capítulo 6 - “Mulher Contenciosa” e o Capítulo 8 - “Ganhe Sem Palavras”, para maiores esclarecimentos.)

Remova o ódio ou a dor, e então, tente olhar amavelmente nos olhos de seu marido. “Olharam para Ele e foram iluminados; e os seus rostos não ficaram confundidos” (Salmos 34:5). “E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado” (Mateus 23:12, Lucas 14:11 e Lucas 18:14). Pedro perguntou quantas vezes deveria perdoar seu irmão que pecou contra ele, “até sete” vezes? Mas Jesus respondeu, “Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.” Isso dá 490 vezes! (Mateus 18:21-22). Você decidiu não perdoar seu marido pelo que fez a você ou aos seus filhos? A falta de perdão é muito perigosa para você e para o futuro de seu casamento. (Para maiores esclarecimentos, leia a seção “Perdão” do Capítulo 9 - “Um Espírito Manso e Quieto”).

Você deve começar a ver seu marido como Deus o vê. Ore por seu marido. Você deve primeiro perdoá-lo e qualquer pessoa que seja relacionada a ele (amigos, família, companheiros de trabalho e até outra mulher). (Novamente, veja a seção “Perdão” do Capítulo 9 - “Um Espírito Manso e Quieto” sobre os perigos de não perdoar). Então você estará pronta para orar pelo homem que Deus quer que seu marido seja. Pare de olhar para as coisas ruins que ele está fazendo. Substitua isto, pedindo a Deus que lhe mostre o bem que ele está fazendo e especialmente o bem que fez no passado. (Veja o Capítulo 7 - “Bondade Em Sua Língua”, na seção “Respeitoso”, para maiores esclarecimentos).

Agradeça a Deus por estas coisas e reserve tempo para agradecer a seu marido quando ele ligar ou visitar você. Se seu marido deixou você, não ligue para ele! Mas se você deixou seu marido ou mandou ele sair de casa, você deve ligar para ele e pedir seu perdão. Este ponto é crítico! Quanto mais você esperar, maior será a possibilidade de adultério, se isto já não aconteceu. (Por favor, leia os testemunhos em nosso website, que provêm evidências sobre como estes princípios básicos funcionaram na vida de mulheres que os seguiram).

Uma vez que você tenha se arrependido, não fique continuamente se arrependendo. Isto pode ser contraproducente. E também, seu marido aceitar ou não suas desculpas não é a questão. Você está fazendo isto por humildade e obediência a Deus, nada mais.

Fale cordial e amorosamente com seu marido quando você tiver a oportunidade de falar com ele. “As palavras suaves são favos de mel, doces para a alma, e saúde para os ossos” (Provérbios 16:24). “O coração alegre é como o bom remédio, mas o espírito abatido seca até os ossos” (Provérbios 17:22 e Provérbios 18:14). Você não deve ficar alegre acerca dos problemas em seu casamento; apenas fique alegre porque Deus os tem todos sob Seu controle. “E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela” (Hebreus 12:11).

Não ouça fofocas ou a ninguém que tente dar más informações acerca de seu marido. O amor “tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha.” (1 Coríntios 13:7-8). Talvez seu marido diga a você que não está envolvido com outra pessoa, embora você saIbA que ele está. Entretanto, você deve acreditar nele. Você não estará sendo estúpida ou ingênua; está expressando amor incondicional ou ágape (amor de Deus).

Algumas vezes é a sua família ou são amigos próximos que tentam persuadi-la a divorciar-se ou a mandar seu marido embora, por causa das coisas que ele fez ou está fazendo. Você deve afastar-se daqueles que tentam desviá-la de Deus alimentando sua carne e suas emoções. “Desvia-te do homem insensato, porque nele não acharás lábios de conhecimento” (Provérbios 14:7). “O que anda tagarelando revela o segredo; não te intrometas com o que lisonjeia com os seus lábios” (Provérbios 20:19). Se você difama seu marido, outros irão difamá-lo também! “Aquele que murmura do seu próximo às escondidas, Eu o destruirei; aquele que tem olhar altivo e coração soberbo, não suportarei” (Salmos 101:5).

Porque você já recebeu muitos conselhos que são contrários à vontade e à Palavra de Deus, não compartilhe sua situação com ninguém! Em última instância, isto despertará auto-piedade ou raiva em você! Estas emoções são da carne e lutarão contra seu espírito. Deus diz em Gálatas 5:17: “Porque a carne cobiça contra o Espírito e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.” Ouvir, discutir ou procurar conselhos sobre sua situação também trarão confusão, uma vez que a maior parte dos cristãos não conhece realmente a Palavra de Deus e até pastores podem aconselhá-la contrariamente à Palavra! A menos que tenham “provado da mesma água”, podem desconsiderar ou minimizar os princípios de Deus, quando você precisa de toda a Palavra de Deus, imparcialmente, para salvar seu casamento!

NÃO tente descobrir o que seu marido está aprontando. Caso você suspeite que há outra pessoa, ou caso você saIbA que há outra pessoa com quem ele está envolvido, faça o que Deus diz: “Os teus olhos olhem para a frente e as tuas pálpebras olhem direto diante de ti. Pondera a vereda de teus pés e todos os teus caminhos sejam bem ordenados!” (Provérbios 4:25-26).  “Não temas o pavor repentino, nem a investida dos perversos quando vier. Porque o Senhor será a tua esperança; guardará os teus pés de serem capturados” (Provérbios 3:25-26). E novamente, lembre-se que o amor “tudo CRÊ” (1 Coríntios 13:7).

Não confronte seu marido ou os outros envolvidos! Isto é uma rede que Satanás armou. Eu, bem como muitas outras mulheres, caí nesta armadilha. Esteja atenta! Você pode satisfazer sua carne, mas as conseqüências destruirão você e qualquer sentimento que seu marido possa ter por você. Não fale com a outra mulher por telefone ou pessoalmente, nem envie uma carta a ela dizendo que a perdoa. Isto não vem de Deus. É o inimigo jogando com sua justiça própria.

Freqüentemente, mulheres pensam erroneamente que devem confrontar seus maridos porque eles não deveriam estar fazendo o que estão. TODAS as mulheres que confrontaram seus maridos, por ignorância, como eu fiz, ou por ignorarem este livro ou meu alerta, escreveram para contar-me como arrependeram-se disto! TODAS compartilharam que isto resultou em MUITAS conseqüências horríveis! Por favor, não seja como Eva que tomou a dianteira e fez o que sabia que não deveria!

Uma vez que o pecado seja exposto, será ostentado na sua cara e você perderá a vantagem que Deus deu-lhe como “a mulher da mocidade (dele)” (Provérbios 5:18). Você deve lembrar, o amor “tudo crê...” (1 Coríntios 13:7).

Você deve lembrar todas as vezes que esta é uma batalha “espiritual”! Como em todas as guerras, é tolice e perigoso deixar o inimigo saber o que você sabe. Na Bíblia, nenhuma batalha foi vencida através da revelação de informações de Deus. Nem ela diz para revelarmos os movimentos do inimigo. Pelo contrário, a Bíblia nos diz para lutarmos esta guerra como uma guerra espiritual! 1 Timóteo 1:18 diz para “combatermos o bom combate.” “...Não militamos segundo a carne” (2 Coríntios 10:3). Somos instruídos, entretanto, a sermos “...sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar” (1 Pedro 5:8).

Seu marido e outros estão trabalhando com o inimigo, como escravos, para destruir seu casamento, seu futuro e seus filhos. “Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?” (Romanos 6:16). Para vencer esta batalha, você deve ser escravo da justiça – não confronte seu marido a respeito de seu pecado ou do que você sabe!!!

Não tente descobrir onde seu marido está se ele não lhe deu seu paradeiro! Isto é a proteção de Deus para você! Fique quieta, fique em silêncio. Vá para seu quarto de oração e comece a lutar a batalha pelo seu casamento através da oração, de joelhos diante do Senhor. Deus pode mudar o coração de seu marido, mas você poderá endurecê-lo se abertamente revelar desconfiança, suspeitas e ciúmes! “Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do Senhor, que o inclina a todo o Seu querer” (Provérbios 21:1). A outra mulher, então, parecerá a única errada, não você! Todo homem tenta proteger e defender a adúltera quando sua mulher ataca verbalmente (ou fisicamente) a outra mulher. Fique quieta! Evite cometer este erro fatal.

Não aja apressadamente em qualquer decisão. Neste momento você não está pensando claramente e, certamente, está agindo mais com a emoção do que com sabedoria. “Assim como não é bom ficar a alma sem conhecimento, peca aquele que se apressa com seus pés” (Provérbios 19:2). “O prudente atenta para os seus passos” (Provérbios 14:15). “Há um caminho que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte” (Provérbios 16:25 e Provérbios 14:12). “Tens visto um homem precipitado no falar? Maior esperança há para um tolo do que para ele” (Provérbios 29:20).

“A sorte se lança no regaço, mas do Senhor procede toda a determinação” (Provérbios 16:33). “O sábio teme e desvia-se do mal” (Provérbios 14:16). Não corra para fazer mudanças, como, por exemplo, estabelecer uma “agenda de visitação.” Não seja rápida para começar a obter o divórcio. Deus diz que detesta o divórcio (Malaquias 2:16). Não se mude ou deixe sua casa: “Estava (a mulher alheia) alvoroçada e irrequieta; não paravam em sua casa os seus pés” (Provérbios 7:11). Não siga seus caminhos!

Você procurou seu marido por causa de suas necessidades, medos ou problemas – apenas para seu marido deixá-la humilhada ou rejeitá-la? Memorize estas escrituras: “O meu Deus, segundo as Suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades” (Filipenses 4:19). “Pereceria sem dúvida, se não cresse que veria a bondade do Senhor na terra dos viventes. Espera no Senhor, anima-te, e Ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor” (Salmos 27:13-14).

“Sendo os caminhos do homem agradáveis ao Senhor, até a seus inimigos faz que tenham paz com ele” (Provérbios 16:7). “A força e a honra são seu (mulher virtuosa) vestido, e se alegrará com o dia futuro” (Provérbios 31:25). Ao invés de suplicar, aproveite esta oportunidade para agradecer a seu marido e o elogie sobre como cuidou de você no passado. Esta é a forma de Deus, chama-se contentamento.

Parte de seu problema pode ser sua carreira fora de casa. Uma vez que Deus disse para esperar pelas coisas e fomos em frente e carregamos as coisas, você deve ter “precisado ir ao trabalho.” Agora sua casa fica vazia enquanto você trabalha, suas crianças estão em creches e seu marido tem seu próprio apartamento. Satanás é um ladrão!

Em breve, você poderá perder a casa que lutou tanto para ter. Permita a Deus salvar sua casa, sua família e seu casamento. (Veja a lição “Os Costumes de Sua Casa” do livro “Uma Mulher Sábia”, para maiores esclarecimentos).

Nunca busque a ajuda ou o suporte de seu marido em suas presentes provações. Não há melhor maneira de afastar seu marido de você do que dizer a ele tudo o que está errado em casa! A razão pela qual ele a deixou foi para ‘evitar’ os problemas. Ele NUNCA voltará para uma casa que está um caos, nem virá para salvá-la - nunca! Um homem que deixa sua família ou se envolve com outra mulher está concentrado em buscar felicidade. Se você encontrar ajuda através de seu “relacionamento de amor” com o Senhor, como você deve fazer quando os problemas chegarem (e chegarão!), então seu marido voltará correndo para casa!

Você sugeriu ou encorajou seu marido a partir? Nós, do Ministério Restaurar, temos visto muitas esposas que pediram a seus maridos que partissem ou que foram as primeiras a mencionar a palavra “divórcio” num momento de raiva. Quando você planta más sementes, não se surpreenda se acabar em adultério. Palavras tem mais poder do que você pensa. “Mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo” (Mateus 12:36).

Se houveram problemas como álcool, drogas ou maus tratos, não acrescente adultério a eles! Talvez você tenha desejado que ele partisse por causa do álcool, das drogas ou dos maus tratos. Ou talvez você apenas sentiu que não se amavam mais. Homens que estão fora de suas casas são considerados “solteiros”, mesmo que não sejam! Separação é o primeiro passo para o divórcio. E o divórcio é um erro de mudança de vida.

Muitas mulheres mais velhas, ignorantes da destruição da separação, aconselham mulheres jovens a mandarem seus maridos embora ou a não permitirem que eles voltem para casa. As mulheres mais velhas, como está escrito no capítulo 2 de Tito, deveriam ensinar o que é bom e encorajar as mais novas a “amar seus maridos, amar seus filhos... serem submissas a seus próprios maridos, para que a Palavra de Deus não seja desonrada”.

A separação que é descrita em 1 Coríntios 7:5 só deve ser feita com mútuo consentimento e com o propósito de jejuar e orar. Este versículo confirma isto: “E se alguma mulher tem marido (crente ou) descrente, e ele consente em habitar com ela, não o deixe” (1 Coríntios 7:13).

Tomando a decisão de se separar ou divorciar, você terá escolhido destruir não apenas a sua vida e a de seu marido, mas também a vida de seus filhos e seu futuro. Seus (futuros) netos, seus pais e seus amigos também sentirão os efeitos devastadores desta decisão egoísta, ignorante e tola.

Ao sugerir que seu marido partisse, você deu aquele primeiro passo para o divórcio. Não é tempo de mudar a direção antes que as coisas vão mais longe? O mundo e o “inimigo” convenceram você de que esta separação ou divórcio vão tornar as coisas melhores, mas isto é uma mentira! Se fosse verdade, 8 entre 10 pessoas não se divorciariam no segundo ou subsequente casamento. Mais uma vez, a Bíblia é clara: “Se alguma mulher tem marido descrente e ele consente em habitar com ela, não o deixe” (1 Coríntios 7:13).

Se seu marido a deixou, você deve parar de importuná-lo, pressioná-lo ou mesmo ficar no seu caminho. Ele só tentará mais fortemente afastar-se de você ou correr para o mal. “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios; nem se detém no caminho dos pecadores...” (Salmos 1:1). O único bloqueio no caminho deve ser uma “cerca de espinhos” (Oséias 2:6). Você deveria ler o livro de Oséias em sua Bíblia. Nós temos uma oração escrita para você memorizar baseada na cerca de espinhos. (Você irá encontrá-la no Capítulo 17 - “Estar na Brecha”). Ore sobre ela diariamente por seu marido.

Muitos ministros encorajam as mulheres que oram pela restauração de seus casamentos a continuar procurando os maridos que partiram com telefonemas, cartões, cartas e declarações sobre seu “casamento de aliança.” Isto não é bíblico e fez com que muitas se tornassem “mulheres que oram pela restauração de seus casamentos por toda a vida”! A Bíblia diz: “...Mas, se o descrente se apartar, aparte-se; porque neste caso o irmão, ou irmã, não esta sujeito à servidão; mas Deus chamou-nos para a paz” (1 Coríntios 7:15). Se você não o deixar ir, os atritos continuarão. “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores...” (Salmos 1:1). Você deve deixar seu marido saber que é livre para partir (baseado em 1 Coríntios 7:15). Isto vai ajudá-lo a parar de fugir correndo, buscando o divórcio ou pulando dentro de outro casamento!

Mas eu já estou divorciada. Nunca é tarde demais, mesmo se um divórcio já tomou lugar. Erin Many casou-se novamente com seu primeiro marido, depois de terem se divorciado. “Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem” (Romanos 12:21). Deus pediu especificamente a seu profeta Oséias que casasse novamente com sua esposa Gomer, mesmo depois dela ter sido espalhafatosamente infiel a ele. “Porque ela não é minha mulher e eu não sou seu marido...” (Oséias 2:2). “Então (ela) dirá: Ir-me-ei e tornar-me-ei a meu primeiro marido, porque melhor me ia então do que agora” (Oséias 2:7). “E o Senhor me disse (a Oséias): Vai outra vez, ama uma mulher, amada de seu amigo (marido), contudo adúltera” (Oséias 3:1). Deus usou a história de Oséias e Gomer para mostrar Seu compromisso com a Sua própria noiva (a Igreja) e Sua forte persistência a respeito do casamento.

Não permita que seus filhos vejam sua dor ou raiva em relação a seu marido. Faça tudo que for possível para resguardar seus filhos do que está acontecendo. Isto apenas fará com que eles tenham sentimentos ruins em relação ao pai deles. Não jogue a culpa em seu marido. “Toda mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola a derruba com as próprias mãos.” (Provérbios 14:1). “Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do Senhor, que o inclina a todo o Seu querer” (Provérbios 21:1). Seja cautelosa quanto a direção na qual você está movendo o coração de seus filhos. “E ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que Eu não venha, e fira a terra com maldição” (Malaquias 4:6). “A glória dos filhos são seus pais” (Provérbios 17:6).

O Senhor permitiu esta provação em sua vida e na vida de seus filhos, por um período, para atraí-los mais para perto Dele, para cumprir Seu trabalho em todos vocês e, então,  uni-los novamente para Sua glória! Quando seu marido não estiver por perto para ser culpado, você poderá então olhar para o Senhor. Quando você está mais próxima Dele, Ele pode transformá-la mais semelhantemente à Sua imagem! “Olharam para Ele e foram iluminados e os seus rostos não ficaram confundidos” (Salmos 34:5).

Não permita que seus filhos falem mal do pai deles. Você deve exigir respeito ao pai deles (mesmo se tiverem 5, 15 ou 25 anos!). “Honra a teu pai e a tua mãe” (Êxodo 20:12, Deuteronômios 5:16 e Marcos 7:10). Novamente lembre-se, “Ele converterá o coração dos pais aos filhos e o coração dos filhos a seus pais; para que Eu não venha e fira a terra com maldição” (Malaquias 4:6). Se você tem falado mal acerca do pai deles, primeiro, peça perdão a Deus, depois peça perdão a seu marido e finalmente peça o perdão de seus filhos. “O que encobre as suas transgressões nunca prosperará” (Provérbios 28:13). E então, comece a edificá-lo aos olhos de seus filhos (e aos seus). (Veja o Capítulo 7 - “Bondade Em Sua Língua”, na seção “Respeitoso”, para maiores esclarecimentos).

Lembre, você terá dificuldade para impor respeito pelo pai deles, se você demonstrar desrespeito ao seu marido.

Não permita que seus filhos tornem-se rebeldes. “A criança entregue a si mesma envergonha a sua mãe” (Provérbios 29:15). Ao invés de permitir raiva ou desapontamento, use este momento para ensiná-los a perdoar e a orar por seu pai. Quando a raiva se for, a dor será sentida, então, ensine-os a confiar em Deus por consolo. Este versículo ajudou meu filho de 5 anos (naquela época) quando o memorizou: Deus disse “não te deixarei, nem te desampararei” (Hebreus 13:5). Seus filhos estão confusos agora, portanto dê-lhes direções claras. (Veja a lição 15 “Os Ensinamentos de Sua Mãe”, no livro “Uma Mulher Sábia”, para maiores esclarecimentos). Novamente, você terá dificuldades em reforçar isto em seus filhos se você demonstrar falta de domínio próprio.

Tome cuidado para não escolher a estrada “mais fácil”. Ela pode parecer ser a estrada mais fácil, mas no final é a estrada que leva a ainda mais tristeza, provações, dificuldades e mágoas do que a que você está experimentando agora. Nós, que passamos por casamentos difíceis, separação e/ou divórcio, queremos alertá-la sobre quaisquer idéias, livros ou pessoas que tentarão influenciá-la a seguir pelo caminho do mundo, o que sempre termina em desastre! Se o mundo endossa, nós, como Cristãos, sabemos que este é o caminho espaçoso que leva à destruição.

Apertado é caminho que leva para a vida e poucos são aqueles que o encontram! “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz à perdição,  muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta e apertado o caminho que leva à vida, poucos há que a encontrem” (Mateus 7:13-14). Você deve procurar por aquele caminho apertado em todas as suas decisões, na forma pela qual você fala com os outros e na forma com que você lida com as provações que SURGEM em seu caminho agora ou que surgirão no futuro.

Por favor, seja cuidadosa com o que você lê. Livros cuja fundamentação é a Filosofia ou aqueles escritos por psicólogos ou conselheiros matrimoniais encherão sua mente com pensamentos que não são das Escrituras. Essas ideias destrutivas que são contrárias aos princípios de Deus causarão que sua restauração ande para trás e não para frente. Seja cuidadosa a respeito de livros que cubram tópicos tais como: “amor difícil”, “temperando seu casamento” e aqueles com ensinamentos a respeito de “co-dependência”. Nós temos visto os danos que estas idéias causaram a casamentos e às mulheres que olharam para elas em seu desespero. Ao invés disso, renove sua mente com a Palavra de Deus. Se você meditar em Sua Palavra, Deus promete no Salmos 1 que você prosperará em tudo o que você fizer!!

Olhe para Deus e para aqueles de “mesma mentalidade” para encorajá-la a permanecer confiando em Deus por seu casamento. Por favor, vá ao Conselheiro (Palavra de Deus) que é gratuito e poupe seu dinheiro e seu casamento. Deus a quer para Ele! Fique longe dos “profissionais”. Todo profissional tem suas formas e crenças. Há milhões de conselheiros matrimoniais e livros escritos a respeito de problemas no casamento. Se eles soubessem todas as respostas, porque há uma epidemia de divórcios, especialmente na igreja?!

Por onde você começa, o que deve fazer? Comece a mover sua casa demolida para a rocha. “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; e desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha” (Mateus 7:24-25). “Toda mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola a derruba com suas mãos.” (Provérbios 14:1). “Com a sabedoria se edifica a casa, e com o entendimento ela se estabelece e pelo conhecimento se encherão as câmaras com todos os bens preciosos e agradáveis” (Provérbios 24:3-4).

Louve a Deus em TODAS as coisas. “Ofereçamos sempre por Ele, a Deus, sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o Seu nome” (Hebreus 13:15). “Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos” (Filipenses 4:4).

Aprenda verdadeiramente a orar. “E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que Eu não a destruísse; porém a ninguém achei” (Ezequiel 22:30). Permanecer na brecha NÃO significa ficar no caminho de seu marido!

Leve todo pensamento cativo. “Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas, destruindo os conselhos e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo” (2 Coríntios 10:4-5).

Comece a renovar a sua mente para ser como a mente de Cristo e para olhar para sua situação como Deus olha: de cima. Adquira o livro “Uma Mulher Sábia” e estude através dele com uma amiga. Adquira o “Livro de Promessas da Bíblia” em sua livraria cristã local e coloque-o em seu banheiro. Muitas mulheres usam seu banheiro como seu quarto de oração quando têm filhos ou seu marido em casa. Este é seu lugar de refúgio e você pode debruçar-se sobre Suas promessas para você.

Compre cartões 3x5 e escreva todos os versículos da Bíblia que acha que vão ajudá-la a renovar sua mente, a lutar no Espírito (a Espada do Espírito é a Palavra de Deus), ou a recorrer quando experimentar um ataque de medo, dúvida ou mentiras. Mantenha-os com você todo o tempo e leia-os continuamente. Pare de falar tanto sobre seus problemas, ouça a Deus e leia Sua Palavra. O Salmo 1 dá a você uma promessa: “Antes tem o seu prazer na lei do Senhor e na sua lei medita de dia e de noite.  Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão e tudo quanto fizer prosperará” (Salmos 1:2-3). Falando de forma prática, se você ler esse livro ao ponto dele ficar gasto ou tirar um tempo para fazer os cartões 3x5 com as Escrituras que você precisa, não terá como você evitar meditar em Sua Palavra. Quase todas as mulheres que eu conheci que tiveram o casamento restaurado fizeram umas dessas coisas ou as ambas.

Nenhum casamento é um caso perdido. “Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível” (Mateus 19:26). Novamente, lembre-se que não é verdade que somente você e seu marido, juntos, devem procurar ajuda para mudar o casamento. Nós temos visto os bons “frutos” de mulheres que pediram a Deus que mudasse o coração de seus maridos, que trabalhasse neles, e Deus foi fiel. (Leia sobre “Frutos” em Mateus 7:16-20). “E por que reparas tu no argueiro (cisco) que está no olho do teu irmão e não vês a trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão” (Mateus 7:3-5, Lucas 6:41-42). Oramos o seguinte por você: “que você veja claramente como realmente ajudar seu marido sendo uma mulher de Deus, com um espírito manso e quieto, que sorri para o futuro”.

Quanto tempo? Muitas mulheres têm perguntado a mim “quanto tempo” seus maridos ficarão longe ou “quanto tempo” sua provação irá durar. Talvez ajude se você pensar nisto como uma jornada. Quanto tempo levará, muitas vezes depende de você. Enquanto Deus mostra a você uma área em que Ele está trabalhando, trabalhe “com Ele”. Não se desvie com as coisas de sua vida diária. Satanás trará “os cuidados do mundo” com objetivo de sufocar a Palavra em seu coração. Satanás também trará situações, emergências ou outras crises, que desviarão sua atenção de seu destino – sua família restaurada!

Muito frequentemente nossa jornada parece ter “parado”. Apenas dê o próximo passo de obediência. Quando você estiver cansada com a “espera”, não perca o ânimo. Este é o tempo que nosso Senhor está usando para alargar nossa fé e focar nossa atenção no trabalho de Deus em nossas vidas. Tudo que é requerido é nossa obediência, que liberará poder espiritual para trabalhar em nosso favor. Não é necessário que Deus nos dê uma explicação detalhada sobre o que Ele está fazendo. Nós temos que acreditar que Deus está trabalhando com pessoas e situações e arrumando as circunstâncias para o Seu melhor por nós.

Há MAIS Ajuda!

Quando as mulheres continuaram a vir até nós cansadas e precisando de esperança, fomos levados a criar uma comunidade em nosso site para dar mais ajuda, apoio, compaixão e orientação para aqueles que procuram restaurar seus casamentos e todos os relacionamentos em suas vidas.

Gostaríamos de convidá-la a se juntar a nossa comunidade. Temos recebido vários relatórios de louvor impressionantes sobre esta área do nosso ministério, e está crescendo de boca em boca. O que é ainda mais interessante é que temos visto mais relacionamentos restaurados regularmente do que jamais pensamos ser possível!

Nós também queremos ajudá-la a encontrar uma ePartner, que é uma parceira de encorajamento, oração e responsabilidade. As mulheres são unidas com outras mulheres que estão passando pelo mesma ou similar situação e tem um coração para restaurar todas as áreas de suas vidas. Se você gostaria de participar, visite nosso website em:

AjudaMatrimonial.com

 

Adicionalmente, todos os nossos livros são gratuitos para leitura e impressão em nosso website— e também há a comunidade formada por membros.

Muitas mulheres em sua situação se animaram sobre as mudanças nelas mesmas e em suas situações depois de lerem “UmUma Mulher Sábia”, que se mostra fundamental para a sua restauração.

Para te dar mais esperança quando todos continuam dizendo que sua situação não tem esperança, nós temos nosso livro de testemunho “Pela Palavra do Seu Testemunho”. Este livro é repleto de testemunhos de casamentos “sem esperança” que Deus miraculosamente restaurou. Se seus parentes, amigos, pastores ou colegas de trabalho pensam que você está ficando louca por acreditar que Deus pode restaurar seu casamento, dê-lhes este livro e observe-os começarem a encorajá-la ao invés de desencorajá-la!

Temos também um livro, Perguntas e Respostas, que provou ser extremamente útil para responder a muitas das perguntas que você pode ter sobre a restauração do casamento. Este livro contém mais de 300 perguntas, que são respondidas através das Escrituras. Neste livro você vai encontrar as respostas para a maioria, se não todas, as perguntas que você pode ter em termos de aplicação dos princípios que você agora está aprendendo.

Nosso recurso mais popular é uma série de vídeos que entra em mais detalhes e lhe dará mais ajuda para responder suas várias perguntas, a série de vídeo “Seja Encorajado”. Estes vídeos irão responder a maioria, se não todas, as perguntas que você possa ter agora em termos de aplicação prática dos princípios que você acabou de ler ou vai ler.

Como afirmado anteriormente, os nossos livros são GRATUITOS para ler ou imprimir e para se tornar membro também é GRATUITO. Então, por favor, tome um momento para visitar o nosso website hoje.

Ansiamos pela oportunidade de ajudá-la através de nosso website e de orar por você. Até lá, deixe-me orar por você agora...

“Querido Senhor, por favor, guie esta irmã tão especial durante os problemas em seu casamento. Quando ela desviar-se para a direita e quando desviar-se para a esquerda, que seus ouvidos ouçam atrás delas uma palavra dizendo: Este é o caminho, andai por ele (Isaías 30:21).

Por favor, reassegure-a, quando ela vir mil caírem a sua direita e dez mil a sua esquerda, ajudando-a, a saber, que, se ela seguir a Ti, isto não acontecerá com ela (Salmos 91:7). Esconda-a sob Tuas asas protetoras.

Ajude-a a achar o caminho estreito que irá conduzi-la à vida, a vida abundante que Tu tens para ela e para sua família. Senhor, eu oro por um testemunho, quando este casamento problemático ou partido for curado e restaurado, que Tu possas usar para a Tua glória! Nós Te daremos toda a honra e toda a glória, Amém.”

Se você está pronta para fazer esse compromisso com Deus, de começar a seguir os princípios que aprendeu nesta lição, então Clicando Aqui você concorda com o que aprendeu, e está pronta para documentar essa parte de sua Jornada da Restauração no formulário “O que Eu Aprendi”.