Como tudo isso começou?

Antes de tudo quero dar glória a Deus e dizer que esse deserto foi necessário, pois como Jó disse: “antes eu ouvia falar de Deus, mas agora eu O conheço”. Obrigada Deus, Te louvo hoje e sempre, Tu és bom o tempo todo.

Eu ia a igreja de vez em quando, e comecei a acreditar que meu relacionamento dependia de mim e do meu marido. Por mais que ele não fosse cristão eu orava e Deus em Sua infinita misericórdia guardava meu casamento. Mas depois que eu perdi meu relacionamento com Deus, eu acabei perdendo o meu relacionamento com meu marido. Eu passei a ser rixosa, vivia de cara feia, brigava por tudo e era extremamente ciumenta. O relacionamento entre eu e ele só piorava, eu engravidei e as coisas pioravam. Ele me tratava mal e eu não conseguia recorrer a quem poderia me ajudar o Senhor. Enfim nossa filha nasceu e quando ela completou 11 meses ele saiu de casa. Ele via a nossa filha aos domingos, e foi assim por longos 3 meses e 15 dias.

Como Deus transformou você & Ele transformou a sua situação conforme você O buscou de todo o coração?

Quando passou um mês que ele havia ido embora eu comecei a juntar o que sobrou de mim. No princípio eu pensei no divórcio, pois estava muito ferida. Em seguida a barreira do ódio caiu e comecei a pesquisar sobre divórcio. Depois comecei a compreender que a resposta de tudo estava em Deus. Então passei a orar e ler a Bíblia, voltei para a igreja que eu frequentava. E passei a ler testemunhos de Restauração todos os dias, isso nutria a minha fé. Um belo dia eu comecei a ler o livro “Como Deus Pode e Vai Restaurar o Seu Casamento” . Com o livro aprendi muito e parei de ver somente o pecado do meu marido, tive que encarar e chorar diante dos meus pecados. Quando terminei de ler o livro eu vi o site do RMI e me inscrevi no Encorajamento Diário e no curso de 30 dias para Restauração. Fui me envolvendo nas coisas de Deus de tal forma que eu não sofria mais. Quando as pessoas vinham me falar que viram e ouviram eu dizia que não queria ouvir. Todos os dias passei a orar e jejuar, me encontrava com meu Marido Celestial e me contentava. Quando a minha sogra vinha buscar a minha filha com ele, eu sentia um aperto no peito, e começava a recitar os versículos que eu escrevi em um bloco que guardava comigo. Assim a aflição ia embora e eu ficava em paz novamente. Desde que ele havia ido embora eu não quis mais vê-lo, pois a princípio eu queria esquecê-lo. Depois que eu o perdoei, pois eu orava sempre por ele e assim eu consegui perdoá-lo… Deus é maravilhoso e eu cada vez mais mergulhando em tudo que Ele tinha pra me oferecer. Passei a ter muita paz e confiava de todo o coração que alguma hora tudo iria mudar.

Quais os princípios, da Palavra de Deus (ou princípios dos nossos recursos), que o Senhor te ensinou durante essa provação?

Com o livro “Como Deus Pode e Vai Restaurar o Seu Casamento” eu aprendi muitos princípios e comecei a seguir. Eu o deixei ir, por mais que eu queria ligar pra ele, ou por mais que ele me desafiasse, eu entregava tudo a Deus e apenas confiava que o Senhor é que iria mudar tudo.

Quais foram as horas mais difíceis que o Senhor te ajudou a atravessar?

O momento mais difícil foi que ele fez uma festa para minha filha de um ano e convidou a OM, eu fiquei triste, isso doeu muito, mas Deus é soberano e derramou Seu bálsamo sobre mim.

Qual foi o “ponto de virada” de sua restauração?

Eu não discutia e tudo que eu conversava com a mãe dele eu dizia que tudo estava bem.

Não pedia nada, quando ela perguntava o que estava faltando eu dizia e ponto.

Passei a depender apenas do Senhor. Acredito que isso passou a incomodar a eles, pois eu me afastei e nossos contatos eram apenas sobre nossa filha. O ponto de virada foi depender de Deus. Ele pegou nossa filha para ir à praia e eu me senti triste, pois sabia que a OM estava com eles. Eu orei e logo me senti melhor, falei para Deus que entre ter aquele relacionamento maravilhoso com Ele e ter meu marido de volta, eu preferia o Senhor. Quando foi a noite eu orei novamente e senti o desejo de repetir que prefiro o Senhor a meu marido, e que eu ficaria no centro da vontade Dele.

Compartilhe conosco COMO isso aconteceu. Seu marido simplesmente apareceu? Você suspeitou que isso estava perto disso acontecer?

Ele permaneceu pagando as contas de casa, porém ele começou a ficar sem dinheiro e não conseguiu mais pagar. Um dia ele veio a nossa casa, mas eu não estava. Aí depois nos falamos e ele disse que estava com saudade. Ele disse que queria reconstruir a nossa família. Conversamos pessoalmente e ele pediu para voltar para casa. Ele disse que se arrependeu e disse que não me procurou antes por orgulho. Disse que não queria dar o braço a torcer, e concordar que errou. Ele chegou a fazer planos com a OM e chegou a comprar casa para morar… Ele está há 15 dias de volta. Eu permaneço orando e jejuando, continuo no curso online, continuo lendo a bíblia e o Encorajamento Diário, e creio que o Senhor vai terminar a boa obra e logo ele vai se render aos pés do Senhor.

Eu sou uma nova mulher, agora busco honrá-lo e continuo entregando tudo a Deus. Confio que da mesma forma que o coração dele foi direcionado para mim, ele também será direcionado para Deus e ele se converterá e vai caminhar comigo. Pois eu creio que eu e minha casa serviremos ao Senhor.

Você recomendaria algum dos nossos materiais em particular que te ajudou ?

Os materiais que me ajudaram foram os vídeos, os livros  “Como Deus Pode e Vai Restaurar o Seu Casamento” “Uma Mulher Sábia”.

Mas vou continuar lendo e comprando mais materiais, pois quero  ter condições e base para ajudar a encorajar outras mulheres.

Você estaria interessada em ajudar a encorajar outras mulheres?

Sim

De qualquer forma, qual o tipo de encorajamento que você gostaria de deixar para as mulheres, em conclusão?

Não desista de sua família, Deus vai restaurar e vai dar dupla honra a você. Escreva seus versículos que lhe dão força e fé para ler sempre que puder, pois isso nos anima muito.

Se acheguem ao nosso Marido Celestial e seremos moldadas e teremos um caráter irrepreensível e todos verão que o Senhor é o mesmo, e irão adorá-Lo, pois Ele é fiel e digno de honra e glória.

~ Uma Iniciante no Rio de Janeiro