“Estenda a vara”

—Êxodo 8:16

 

A pergunta que muitas de vocês estão se fazendo é: "Existe vida após o divórcio?" Absolutamente! Há uma vida maravilhosa após o divórcio, desde que você mantenha os olhos no Senhor e busque a vida abundante que Ele tem para você, com você como Sua noiva.

Aqui está uma observação de uma das membras do RMI, que mora no Texas com seus três filhos pequenos.

Queridas do RMI,

Oh, como eu amo Jesus. Nenhuma outra palavra pode expressar o quanto Ele é Querido para o meu coração. Eu sei que você entende o que estou dizendo, embora muitos não entendam. Sua vida e suas mensagens semanais me inspiraram a viver a vida que nunca pensei ser possível após o divórcio!

Tina no Texas

A vida abundante não é sempre (provavelmente nunca se formos honestas) a vida que "pensamos" que queremos. Na minha vida, eu sempre quis ser apenas uma mãe que fica em casa. Eu queria viver uma vida obscura. Adorava ficar em casa, nunca saindo muito. Esta é a vida que eu tentei segurar e implorei a Deus que tivesse. Mas a vida abundante Dele, a vida que você e eu fomos criadas para viver, e não o tipo de vida que provavelmente tentamos manter!

Fui divinamente criada para ministrar a um pequeno grupo de mulheres, "por um tempo como este" e, devido a isso, me pediram para viajar ao redor do mundo com convites contínuos para ir e falar. Embora em tenra idade eu entreguei minha vida a Deus e fiz de Jesus o “Senhor da minha vida”, eu sabia que não era tinha, porque Ele me comprou por um preço, Ele derramou Seu sangue para que eu pudesse viver. Mas, embora eu tivesse dito que Ele era meu Senhor, e obedecido a cada comando, princípio e Suas orientações, eu ainda estava tentando me apegar ao que pensava que me faria feliz!

Então, quando amadureci espiritualmente, escolhi deixar de lado o que achava que me faria feliz e, em vez disso, segurei em Quem eu sabia que me faria feliz, o Senhor, meu novo Marido. Cada dia e cada ano novo me leva (e minha família) a um nível mais alto de maturidade espiritual e mais alegria em todas as nossas vidas! E embora eu saiba que ainda não "cheguei", estou pelo menos um pouco mais longe da minha vida; estou finalmente em um lugar de rendição total e completa. Começou comigo enfrentando do divórcio pela segunda vez, a dívida que me foi deixada e a necessidade das mulheres em todo o mundo (depois de começar na minha igreja, depois procurar a minha comunidade), para me tirar da minha zona de conforto e para mim, começar a viver a vida abundante que Deus tinha para mim o tempo todo!

E agora está prestes a ser concluída depois que eu me afastar com nada além do que posso segurar em duas malas e uma mala de mão para morar na Europa. Todas as minhas posses mundanas, todas as pessoas que amo e todos os meus pertences, foram agora entregues a outra pessoa, para que eu seja livre para permitir que o Senhor me leve a uma vida que Ele prometeu quando me mostrou pela primeira vez que havia uma vida abundante que Ele morreu para a mim e a você!

Deus agora está me dando os desejos do meu coração que Ele me deu, mas eles não são os mesmos que estavam na minha mente, que eu havia sonhado por anos. E seu futuro, aquele que Ele coloca em seu coração, é tão incrível que parece “bom demais para ser verdade” e certamente “não é você!”

Pelo resto da minha vida, quem sabe, posso estar viajando (algo que sempre odiei fazer), mas meu coração está cheio de alegria que quer transbordar! Meus filhos estarão a quilômetros de mim (do outro lado do mundo), mas eu sei que o Pai Celestial os vigia, já que Ele é meu Marido; portanto, Ele é o Pai deles e está sempre com eles. E para sempre Ele sempre “nos cercará de graça”, como fez em nossas vidas desde que comecei a procurá-Lo acima de tudo.

“Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do Senhor por longos dias” Salmos 23:6.

E, por causa de minha obediência, entregando minha vida ao Senhor, especificamente viajando quando eu sou uma pessoa simples, as chuvas de bênçãos (financeiras e oportunidades) estão se abrindo e derramando por toda a minha família, meu ministério para mulheres e em mim! O mesmo acontecerá com você quando você render sua vida e esperar as bênçãos que Ele guardou para você. “As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem são as que Deus preparou para os que o amam” (1 Coríntios 2:9).

Seguir em frente

Após o divórcio, muitos de seus amigos e familiares tentarão encorajá-la a "seguir em frente". Aqueles que nos amam ou acreditam que sabem o que todo mundo deve fazer vão continuar pressionando você. Então, em vez de se preparar para mais pressão de amigos e entes queridos, eu encorajo você a “concordar” com eles e seguir em frente desenvolvendo um relacionamento mais íntimo com o Senhor! Você nunca sabe o que Ele tem para vocês dois à frente.

Quando for questionada, você não precisa ser específica, mas um relacionamento com o Senhor é a única coisa que fará o seu futuro brilhar e curará qualquer dor ou solidão que você tenha.

Atualmente, a maioria das pessoas (família, amigos e colegas de trabalho) acredita que é importante encontrar "você mesma" ou reservar um tempo para "você mesma". No entanto, o caminho para encontrar a verdadeira felicidade e alegria, alegria que ninguém pode tirar de você, é realmente descobrir quem você é em seu relacionamento com o Senhor. Aprender que alegria é ser Sua noiva, não apenas uma esposa para alguém.

Outro benefício em concordar é que, desde que seu ex-cônjuge tenha alguma inclinação para que você ainda o deseje e ainda não deixou ir seu casamento, verá seu cônjuge mais comprometido com o homem ou a mulher que seu cônjuge deixou você para estar! E mesmo que esse relacionamento termine, eles ficarão bravos e serão maus com você. E como eu disse anteriormente, se você perseguir o Senhor, seu ex começará a persegui-la e a seduzi-la, e não o contrário! Eu sei.

Isso aconteceu poucos dias depois do meu divórcio finalizar; na verdade, aconteceu mesmo antes disso! Quando penso nisso, na verdade começou no dia seguinte à assinatura dos papéis para o divórcio.

Meu marido começou a me dizer como eu era linda, deixando recados para mim e me seguindo pela casa quando ele estava lá para visitar as crianças. Ele até montou seu laptop (que ele pode usar em qualquer lugar da casa) ao meu lado o dia todo!

Por causa da minha situação financeira, e porque ele era puxado (os cabos que o prendiam) pela OM, ele foi forçado a se mudar horas longe de nos, morando com a mãe (no mesmo estado que a OM). “As maldades do ímpio o prendem; ele se torna prisioneiro das cordas do seu pecado” (Provérbios 5:22) Deus o afastou por um motivo, e parte disso foi a antecipação (ou devo dizer, medo?) de se afastar de nossos filhos e até de mim! Imagine isso!

Um dia antes de ele se mudar, eu estava voando para falar com mulheres de outro estado, e ele desaparecereu antes que eu voltasse. Sabendo que ele não me veria novamente, ligou mais tarde naquela manhã para ver se poderíamos sair para almoçar. Eu brinquei: "Oh, um almoço romântico?" e ele disse: “Sim, um encontro. Eu vou buscá-la para que possamos ter mais tempo para conversar no carro”. Mais uma vez assumindo a posição ofensiva, em vez de me encolher na posição defensiva, perguntei se ele tinha algo sério para "conversar" comigo. Ele me garantiu que não.

No entanto, senhoras, você e eu estamos dolorosamente cientes de que a maioria dos homens não está no mesmo campo emocional que uma mulher e também não são capazes de "entender" como as coisas podem ser dolorosas para nós. É por isso que a Bíblia aconselha os homens a perceber isso. Em 1 Pedro 3:7, diz: “Igualmente vós, maridos, coabitai com ela com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus coerdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações”.

Somente quando os homens viverem "pelo espírito" e forem guiados por Ele, poderão tratar as mulheres com "honra como o vaso mais fraco, já que [somos] mulheres". Esperar isso de um homem que não conhece o Senhor ou que não fez de Jesus verdadeiramente o Senhor da sua vida (da maneira como fizemos) é simplesmente nos prepararmos para a mágoa e a decepção.

Então, com isso em mente, mesmo que ele "tenha dito" que não havia nada a sério sobre o qual precisava falar comigo, eu sabia que tinha que me preparar. O Espírito Santo também estava à minha frente desde que fui guiada a jejuar naquela manhã. Quando ele chegou, ele entrou no meu quarto para ver se eu estava pronta, quando ele puxou um envelope que eu reconheci imediatamente, já que ele sempre o mantinha em segurança na gaveta da sua cômoda. Foi a primeira carta que lhe enviei, junto com a minha foto que ele manteve por 24 anos.

Como mencionei anteriormente, novamente tomei a ofensiva para não desmoronar e disse com entusiasmo: “Oh, obrigada! Vou colocar essas fotos no nosso álbum de fotos da família. As crianças provavelmente vão gostar de vê-las algum dia. Mas não quero a carta que enviei, então, como você não a quer, vou jogá-la fora” e fui até a lixeira. Em vez de me machucar, a dor caiu sobre ele e perfurou seu coração, não o meu. Eu sei que ele esperava que eu o salvasse.

Minha intenção não é ferir mais ninguém. Meu objetivo é garantir que eu ande continuamente na perfeita vontade de Deus e aproveitar a vida abundante que Jesus morreu para me dar. Quando andamos em Seu amor perfeito, ele lança fora todo o medo e não experimentamos mais lágrimas e tristeza.

Cerca de uma semana depois, o Senhor me falou que, para cada incidente, havia apenas UM conjunto de mágoa, um conjunto de dor, um conjunto de vergonha. Se estamos dispostas a sofrer a dor ou a vergonha, então isso é entre nós! Mas se nós, pela liderança do Espírito Santo, recusarmos tomar a dor e a vergonha, então isso tudo cairá onde é necessário para provocar uma mudança na outra pessoa: nossos maridos e até na OM.

Na primeira vez, eu estava mais do que disposta, a levar tudo!! Toda a vergonha, dor, culpa, você escolhe, eu aceitei, toda emoção negativa. O resultado foi a minha dor na minha pequena casa, com medo de sair (para não encontrar "eles"). Eu que me fiz prisioneira de todas aquelas mágoas! Desta vez, louvado seja o Senhor, Ele me libertou!! E agora meu coração é libertar cada uma de vocês!!!

Não é apenas para que possamos nos libertar da dor, mas a Bíblia diz que os pecadores precisam experimentar "tristeza divina" sem arrependimento, que leva ao arrependimento! "Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, da qual ninguém se arrepende; mas a tristeza do mundo opera a morte" (2 Coríntios 7:10).

Nosso objetivo é trabalhar com Deus e estar ciente de como Ele faz as coisas; é aprender a entender os princípios da guerra espiritual, que muitos cristãos não têm ideia de como lutar corretamente. Não é simplesmente gritar com o diabo; é viver os princípios e leis espirituais pelas quais o universo foi criado.

No final do “encontro” do almoço, ele me manteve no carro tentando criar coragem para me perguntar o que ele realmente queria dizer antes de eu sair no dia seguinte. Ele finalmente teve a coragem de dizer o que queria dizer; meu ex-marido me perguntou se as coisas não dessem certo com a "outra pessoa" (ou seja, com a OM), eu consideraria casar com ele novamente?

Isso significa que, dentro de duas semanas após o divórcio ser finalizado, ele já havia começado a me perseguir ativamente, mas o plano de Deus era que ele não "me passasse a frente".

No dia anterior, eu estava encorajando outra mulher restaurada com um e-mail que estava enfrentando a mesma coisa com o marido saindo mais uma vez, para perseguir outra mulher. Então, eu a aconselhei a continuar dizendo ao Senhor como ELE era tudo o que ela queria, ELE era tudo o que precisava, e somente ELE poderia fazê-la feliz.

Como tudo o que passei estava fresco em minha mente, iniciei outra "dose" desta receita. Tanto que me vi no meu quarto de oração pedindo a Deus que isso fosse mantido “desse jeito” sempre! Naquela manhã, fiquei impressionado com esse desejo ardente: “Por favor, deixe que Você e eu, Senhor, reconsidere a restauração! Estou tão feliz só com Você e eu!

Então, quando meu ex-marido me perguntou, sem pensar (mas claramente guiada pelo Senhor), eu disse: "Não, nunca mais quero me casar". Ele meio que riu e disse (já que conhecia os princípios do ministério do RMI que eu ensinei em nossos estudos bíblicos na igreja) que só estava dizendo isso porque ele pensaria que eu estava perseguindo ele se dissesse que sim. Esse "não" era o que eu precisava dizer, pois precisava seguir os princípios que ensinei.

Eu garanti a ele que não, que era assim que eu realmente me sentia; que eu claramente não era uma boa esposa, e quando você não é boa em alguma coisa, você realmente não gosta daquilo. Eu disse que, desde que tudo isso aconteceu, nunca havia sido mais feliz em minha vida, e que queria dedicar-me aos meus filhos, ao Senhor e ao meu ministério, onde quer que isso me levasse.

Meu ex-marido se virou e, quando ele voltou, havia lágrimas nos olhos. Enquanto ele se afastava, percebi que o Senhor havia me preparado para dizer exatamente o que eu havia dito, e ele havia preparado meu ex-marido para ouvir que as portas estavam todas fechadas para ele. Que o único a quem ele poderia recorrer seria o Senhor, enquanto as coisas (com a OM) não estavam dando certo, sobre as quais ele falou comigo depois disso.

Honestamente, embora eu sentisse um pouco de pena dele, a maior emoção era que isso era mais incrível do que qualquer coisa que eu pudesse imaginar que aconteceria. Tenho admirado o Senhor há anos, mas isso estava além de qualquer coisa que eu já tinha ouvido ou visto! Isso fortaleceu minha fé e confiança em Deus como nunca antes, e eu pude ver, claramente, que todas as promessas que Ele havia me dado iriam acontecer!

Deus criou os homens para procurar uma mulher e, enquanto houver perseguição, ele é feliz e está em sua perseguição. Mas uma vez que um homem teve a mulher, ele não fica mais interessado e logo procurará algo ou outra pessoa. Como mulheres, nossos olhos precisam permanecer no Senhor. Fomos criados com um desejo insaciável por coisas espirituais; portanto, nossa “busca quente” precisa ser por nosso Senhor. Não estou falando de mais estudos bíblicos, seminários, livros ou conferências. É o “tempo reservado” sozinha com o Senhor, e passar o tempo em Sua Palavra (Suas cartas de amor para nós), em noites de encontros com Ele e nos momentos especiais que Ele planejou para você.

Embora passar bom tempo com o marido seja bom, é INCRIVEL passar um tempo sozinha com o Senhor! Assim como eu costumava “me aconchegar de manhã” ou “conversar a noite toda como uma festa do pijama” com meu marido quando estávamos casados, estou fazendo isso com meu novo Marido agora. Uau!! E este Marido não traz tristeza ou dor com Ele. Nenhum casamento é perfeito, mas alguns, como eu sei, sabem que são dolorosos. Com o Senhor, não há dor, nunca haverá!

Em vez de experimentar esse tipo de vida conjugal, hoje as mulheres estão perseguindo homens para se casar com elas e precisam continuar a persegui-los quando as deixam para outro relacionamento. Meus filhos (antes do casamento) estavam sempre enfrentando esse dilema, já que as meninas sempre os perseguiam, e isso os deixou totalmente desinteressados! Até as mães das meninas começaram a perseguir nossos filhos por suas filhas. É um mundo escuro e caído.

Somente quando estivermos dispostas a deixar tudo ir, veremos a salvação e as bênçãos do Senhor. Oro para que cada uma de vocês faça tudo o que for necessário para encontrar a vida abundante que Deus tem para você! Prender o Senhor com todo o seu coração pode significar restauração, não pode; mas isso significa: alegria, paz e um coração que transborda de alegria quando você acorda todos os dias.

*Para obter mais informações ou detalhes para encorajá-la a que existe vida após o divórcio, leia os próximos dois romances de Michele Michaels: Minha Jornada da Restauração uma novela da vida real: Encontrando a Vida Abundante, e depois Vivendo a Vida Abundante; que ela escreveu durante o divórcio e o que a levou muito além dos seus sonhos mais loucos!

Se você estiver pronta para fazer um compromisso com SENHOR sobre o que você leu, clique em seu DIÁRIO, assim você concorda que está pronta para registrar esta próxima parte da sua Jornada de Restauração no formulário "Meu Diário". Não se apresse, sente-se, pegue seu café ou chá e derrame seu coração em seu Diário.

Como “As mulheres mais velhas também ... ensinam o que é bom, para ENCORAJAR as moças…” (Tito 2:3), você terá a oportunidade de falar com as mulheres mais jovens que ainda são solteiras como parte de seu ministério.