“Pequenas Mentiras”

Esta semana Ele achou por bem mudar completamente as nossas mensagens semanais para um novo tópico, algo que venho ponderando há vários dias. Na verdade, é uma nova revelação que eu tenho pensado, que eu não tenho certeza se minha mente absorveu ainda. É o tópico das mentiras e o que, em última análise, "escolhemos" acreditar.

Mentiras contadas para nós é algo que eu tenho pensado continuamente desde o final de março (devido a quando eu pessoalmente e nosso Ministério foram atacados). No entanto, é essa nova revelação que me fez ansiar por compreender completamente o impacto dessa nova verdade para compartilhá-la com todas vocês que são membros preciosos da nossa Comunhão, Suas noivas.

Espero que Ele me ajude a explicar isso a você bem o suficiente para que você possa refletir em seu coração também - e, ao fazê-lo, poderá não apenas compreendê-la, mas também abraçar essa verdade.

A verdade é, que existem mentiras sendo contadas em todos os lugares e estão ficando cada vez mais desenfreadas. O que é surpreendente para mim é que as mentiras estão se tornando quase que aguardadas, quase “óbvias” e, de certa forma, até mesmo toleradas e encorajadas. Isso está ocorrendo até na vida dos “cristãos” porque alguns racionalizam ou mentem para si mesmos que algo é verdade, quando na verdade, de FATO, é mentira.

Você pode ter experimentado isso em sua própria vida. Seu MT "marido terreno" pode ter mentido para você, e também mentido para si mesmo, dizendo que ele nunca amou você e, mais tarde, até admita que era uma mentira e ele sabia disso quando dizia isso. Não sei dizer quantos TCRs "Testemunhos de Casamento Restaurados" dizem a mesma coisa.

Você também pode ter experimentado pessoas contando mentiras sobre você. Muitos compartilham como seus MT e OM "outra mulher" vão a tribunal e acreditam que as suas mentiras serão aceitas para conseguirem um divórcio ou um veredicto de custódia. Alguma vez você já experimentou isto? E não importa o quanto você tente convencer os outros, é uma mentira - as pessoas escolhem acreditar em algo que é tão horrivelmente falso, tão errado, deixando você perplexa.

Essa é uma das razões pelas quais o Senhor nos mostrou como viver quando Ele diz em 1 Pedro 2: 21–23 “Pois vocês foram chamados para esse propósito, já que Cristo também sofreu por você, deixando um exemplo para você seguir Seus passos... e enquanto era injuriado, Ele não insultou em troca; enquanto sofria, Ele não proferiu ameaças, mas continuou confiando a Ele (Deus) que julga retamente. ”Ele também diz que“ não abriu a boca em defesa ”. E Isaías 53: 7—“ Ele foi oprimido e afligido, todavia não abriu a sua boca; como um cordeiro que é levado ao matadouro, e como uma ovelha que se cala diante dos seus tosquiadores, assim Ele não abriu Sua boca.

Aqueles que O perseguiram sabiam que Ele reagiria assim. Sabendo que Ele não iria lutar, Ele não tentaria se defender ou trazer a verdade à tona. Em vez disso, Ele escolheu confiar que Deus tinha um plano, um propósito e graças a DEUS Ele fez ou onde todos nós estaríamos? E é por isso que sempre escolho confiar no plano de Deus seguindo Seu exemplo. Embora eu adorasse trazer a verdade à tona, a menos que alguém pergunte, mas de uma maneira que eu saiba que eles estão perguntando honestamente e procurando a verdade (Mt 7: 7), eu não abro minha boca em nenhuma defesa.

Por mais maravilhoso que isso tenha sido pensado, não é a revelação que tenho tentado absorver. É a base ou fundamento e algo que eu acho que todos nós precisamos ponderar porque este princípio, de não abrir nossas bocas em defesa, é algo tão estranho, é até um absurdo entre os que creem. Então vamos parar e Selá neste pensamento para permitir que tudo seja realmente absorvido por nossos corações e medula.