☊ Ouça Ariele no Brasil

No livro dos meus filhos que tenho escrito, Meu Primeiro Amor "Mais próximo que um irmão", mencionei que, desde então, queria estar em casa, onde me sinto segura. E ainda, por causa de Seu plano em minha vida, Ele me manteve em contínua movimentação - e até ao ponto, que eu tivesse deixado ir tudo o que eu possuía, então eu fiquei apenas com três malas! Depois que saí de casa, depois de abrir mão de tudo que possuía, também deixei ir meu país - nem mesmo sabendo quando ou se voltaria. Isso porque Deus não permite que você saiba dessas coisas, você apenas confia Nele e segue a Sua liderança.

Depois de alguns meses morando na Europa, acabei deixando ir ainda mais. Com apenas uma mala e sem casa para voltar, um lugar onde me sentisse segura (que é o que mencionei no livro infantil). Tudo isso acontecendo ao mesmo tempo, relembrando, que tudo isso me fez refletir e realmente ponderar e falar com Ele sobre o significado desta jornada que Ele me levou por muito, muito tempo mesmo.

Então, mais tarde naquele mesmo dia, enquanto eu estava ocupada resolvendo um monte de coisas e apenas seguindo Sua liderança (porque eu não tinha nenhum plano de sair e pessoalmente teria preferido ficar em casa o dia inteiro - mas é claro, o homem planeja seu caminho, mas Deus dirige seus passos) Eu resolvi me aventurar. Então, mais uma vez, em vez de apenas relaxar em (minha atual) “casa” depois de uma semana de ministração realmente maravilhosamente produtiva, mas exaustiva, acabei me sentindo impelida a me vestir.

Então, quando comecei a dirigir de um lugar para outro, continuei a sorrir e soltei um suspiro profundo (como a noiva apaixonada que sou) - apenas aproveitando cada momento que passo com Ele, o que quer que Ele queira que façamos, onde quer que Ele quer que eu vá, como eu sempre faço, apenas imagino que Ele está sentado bem aqui no carro,  ao meu lado e comecei a chorar, agradecendo a Ele pela oportunidade de viver assim. Estar vivendo aqui e vivendo a vida que estou vivendo. Foi quando me peguei dizendo "pelo tempo em que eu estiver aqui" e pensei - que presente!

Você sabe, muitas pessoas querem “se estabelecer” e encontrar seu “lar para sempre”, mas este mundo não é nosso lar. Somos peregrinos - viajantes - e sou apenas um exemplo extremo desse fato. Claro, muitas outras pessoas vivem assim, mas por razões diferentes. No entanto, é uma raridade não ter uma casa, não ter uma casa para a qual possa voltar. Então, isso significa que quando estou cansada de viajar, Ele é meu descanso. Quando quero sentir a segurança de uma casa e estar rodeada por coisas familiares, itens com os quais posso ter crescido, não posso porque eles foram doados.

Não consigo encontrar esse tipo de segurança. O tipo de segurança que sentia quando criança, estava onde encontrava minha serenidade e meu descanso. Agora, quando começo meu 14º ano de abandono de tudo, "deixo de lado as coisas infantis". Não por causa de qualquer coisa que eu fiz, mas é o que Ele fez e como Ele me ajudou a crescer até este ponto na minha vida.

Agora minha felicidade, minha segurança, meu descanso é onde estou com Ele, o que eu suponho que continuará por toda a eternidade. É por isso que adoro ponderar e pensar que, vivendo assim, posso apreciar cada momento da minha vida e tudo o que Ele faz por mim e cada momento que tenho - onde quer que eu esteja. Embora eu tenha certeza de que não estarei aqui, nesta casa, para sempre, porque não é minha casa. Porque eu não tenho casa, não tenho móveis; Não tenho nenhum eletrodoméstico, não tenho nada além de algumas malas e algumas outras coisas que Ele me levou a comprar, com as quais viajo (como uma panela de cerâmica que mencionei em nosso Grupo do Telegram -  Trabalhadoras no Lar   tendo apenas o que se encaixa bem e facilmente no meu carro. Sei que vou sair daqui em algum momento, portanto, isso me ajuda a valorizar cada dia solitário, cada momento, cada experiência, e viver assim, é viver a Vida Abundante!

Muitas pessoas só vivem assim quando se deparam com uma verdadeira situação de vida ou morte - mas muitas de vocês, a maioria de vocês, sentiram que estavam perto da morte quando seu marido foi embora. O momento da sua vida em que você sentiu que a dor pela qual estava passando era um sinal de que iria morrer. Mas agora você experimentou o quanto DEUS usou esta situação para o bem e que, na maioria das vezes, eu pessoalmente sinto que poderia voar - me sinto como se estivesse caminhando pelo ar. Eu sinto que poderia simplesmente flutuar nas nuvens.

Atualmente, na casa que estou alugando agora, Ele me abençoou com minha própria piscina no quintal e, à tarde, eu relaxo em um dispositivo flutuante e fico flutuando ao redor da piscina enquanto ouço romances históricos de 1855. Então Ele foi além,  ao ponto que muitas vezes eu choro porque Ele me levou a passar minha noite com  SL123 enquanto flutuo — parece que eu morri e fui para o céu!

Cada vez, eu não posso deixar de pensar o quão abençoada eu sou e que ISSO, isso é Viver a Vida Abundante! Uma vida abundante que desejo que cada uma de vocês viva. Quero que você viva a vida dessa maneira e, quando o fizer, não poderá deixar de querer dizer a todos como podem ter uma vida abundante - não importa quais sejam as circunstâncias. Quer você tenha uma casa ou não, porque Ele é nossa casa, nossa segurança e nosso descanso. Não, você não precisa viver como eu, não deixe o inimigo MENTIR para você. Cada uma de nós é chamada para um propósito diferente, único e especial e NINGUÉM é mais ou menos importante para Ele. Ninguém. Nem eu, nem você.

Portanto, hoje, querida linda noiva, espero que cada uma de vocês faça exatamente o que estou fazendo - simplesmente apreciando cada momento, viajando com Ele para fazer tudo - cumprindo suas tarefas com Ele, fazendo compras com Ele, sendo surpreendida por Ele. Acredite em mim, é a melhor vida de todos os tempos!